Postado às 10h29 política Nenhum comentário Enviar por e-mail

Vuco Vuco

Depois do episódio das “pragas do Égito”, que amarelou o prefeito Silveira Júnior (PSD) no mercado do vuco-vuco, ele voltou ao local para tentar melhor sorte.

Não foi feliz, mais uma vez.

Acompanhado de assessores, o prefeito anunciou que estava ali para inaugurar uma Base Avança da Guarda Municipal, sem ter colocado um só equipamento no local.

De pronto, um pequeno comerciante curtiu: “o prefeito está inaugurando um adesivo”, em referencia a peça colada na parede do mercado (veja foto acima).

O mercado do vuco-vuco conta com um guarda municipal para garantir a segurança. E só.

Prefeito Silveira Júnior levou assessores para inaugurar o adesivo da "Base Avançada" no vuco-vuco

Prefeito Silveira Júnior levou assessores para inaugurar o adesivo da “Base Avançada” no vuco-vuco


Postado às 10h11 política Nenhum comentário Enviar por e-mail

Mais de 500 mil pessoas assinaram um documento pedindo a realização de mais um referendo sobre a saída da Grã-Bretanha da União Europeia (UE).

O texto foi publicado no site do Parlamento da Grã-Bretanha. Segundo os últimos dados, o documento já foi assinado por 516 mil pessoas. Para ser apreciada pelo Parlamento, uma petição deve ter pelo menos 100 mil assinaturas.

“Solicitamos ao governo que aplique o direito, segundo o qual quando os votos a favor ou contra a saída da UE somam menos de 60%, no caso de um comparecimento menor de 75% às urnas, deve ser feito mais um referendo”, diz a petição.

Outro documento, com pedido de reconhecer a independência de Londres do resto da Grã-Bretanha e de adesão da cidade à UE, foi publicado no site change.org e encaminhado ao prefeito da capital inglesa, Sadiq Khan. Essa petição já foi assinada por 99 mil pessoas.

Segundo dados oficiais, 51,9% dos britânicos votaram no referendo de quinta-feira (23) pela saída do país da União Europeia.

Fonte: Agência Sputnik Brasil


Postado às 10h01 política Nenhum comentário Enviar por e-mail

Ivan Júnior e Robinson na procissão de São João em Assu

O governador Robinson Faria (PSD) prestigiou a procissão de São João Batista, padroeiro da cidade de Assu, nesta sexta-feira (24). A procissão marcou o encerramento dos festejos religiosos do padroeiro.

Com um percurso de mais de cinco quilômetros a procissão partiu da igreja matriz e percorreu as principais ruas da cidade. Milhares de fiéis acompanharam a imagem de São João Batista.

Robinson Faria percorreu todo o trajeto e ajudou a conduzir a imagem em parte do percurso acompanhado do prefeito Ivan Júnior (Pros).

“A cidade de Assu tem uma das mais antigas celebrações juninas que incorporam a parte religiosa e a parte festiva e que agora está completando 290 anos. Estamos aqui participando e prestigiando esse ato de fé, de devoção e de agradecimento. Ao lado do povo reafirmamos o compromisso de levar o governo para aqueles que mais precisam e melhorar a qualidade de vida de todos os norte-rio-grandenses”, afirmou o Governador.


Postado às 05h05 Coluna Nenhum comentário Enviar por e-mail

Organização criminosa

O jornalista Josias de Souza conta, de forma contundente, como o PT ampliou o esquema de pilhagem sem respeitar sequer o pobre servidor, da ativa e aposentados, com o desvio de milhões do empréstimo consignado.

Leia:

“Desde que explodiu a Lava Jato, há dois anos e três meses, o país procura um significado maior de qualquer coisa que resuma essa época. Os brasileiros do futuro talvez selecionem como um destes episódios maiores o assalto do Partido dos Trabalhadores aos aposentados e servidores públicos endividados.

Dirão que foi um fato histórico porque só então, com a invenção da propina descontada no contracheque, o PT atingiu o ápice do despudor e da desfaçatez.

O consignado, como se sabe, é um tipo raro de empréstimo. É bom para quem toma dinheiro emprestado porque as taxas de juros são baixas. É ótimo para o banco que empresta porque a prestação é descontada mensalmente do salário do servidor ou da pensão do aposentado. No aperto, milhares de brasileiros aproveitaram.

E tornaram-se, sem saber, uma oportunidade que o PT aproveitou. Entre 2010 e 2015, os milhares de brasileiros que se penduraram no consignado pagaram uma taxa de administração inusual.

Estava embutida em cada parcela mensal a cifra de R$ 1,25. Dinheiro destinado a um intermediário chamado Consist Software, contratado pelo Ministério do Planejamento a pretexto de administrar o serviço.

Descobriu-se que a Consist retinha em sua caixa registradora apenas R$ 0,40. Os outros R$ 0,85 viravam propina. De centavo em centavo, foram assaltados R$ 100 milhões. Perto dos bilhões pilhados na Petrobras e no setor elétrico, parece dinheiro de troco.

No entanto, entre todos os roubos praticados na era petista, foi esse que acabou com o que restava do melhor legado daquele ex-PT da fase sindical: a sensibilidade social e o respeito ao trabalho. Andrey Borges de Mendonça, um dos 30 procuradores da República que se ocupam da investigação, resumiu o descalabro: R$ 100 milhões foram desviados de funcionários públicos e pensionistas endividados, que se privaram de medicamentos, e de suas necessidades básicas para abastecer os cofres de corruptos.

Isso tem que nos causar indignação, isso não pode ser algo natural da nossa sociedade.”

E o jornalista arremata:

“No futuro, quando puderem analisar a conjuntura atual sem ter de tapar o nariz, os brasileiros concluirão: o que assustou as almas mais ingênuas foi a facilidade com que se operou a autodissolução do PT como partido político e a rapidez com que a legenda estruturou a coalizão que dava suporte aos seus governos como uma lucrativa organização criminosa.”

 

O preço das eleições

As eleições municipais de 2016 no Rio Grande do Norte custarão R$ 6,81 milhões, quase 20% menor do que a previsão inicial de R$ 8,49 milhões. O TRE-RN reduziu o orçamento mas garante que não irá comprometer o pleito.

 

Cadê o ônibus?

Os moradores do antigo “Promorar”, entre o Abolição IV e o Santa Delmira, estão sem linha de transporte coletivo. Eles são obrigados a “pegar” o ônibus da Cidade do Sol nas paradas dos conjuntos vizinhos. Revolta é grande.

 

Larissa cumpre prazo eleitoral

A ex-deputada Larissa Rosado (PSB) e o vereador Lairinho Rosado (PSB) se despedem hoje de seus programas de rádios que eles apresentam aos sábados na FM 93,7. Para cumprir a legislação eleitoral.

De acordo com calendário das eleições de 2016, quem pretende disputar o pleito de 2 de outubro só pode apresentar programa de rádio e TV até o dia 30 de junho.

Ao se despedir do programa, Larissa fica à disposição para disputar a Prefeitura de Mossoró mais uma vez, embora ela não esteja com disposição para novo embate. Só vai se for única alternativa.

Já Lairinho é candidato a renovar o mandato na Câmara.

 

Gilson também sairá do ar

O radialista Gilson Cardoso (PRB) também vai sair do ar para disputar as eleições. Ele se despedirá das manhãs da FM 93,7 e do programa “Comunidade” na TV Mossoró na próxima quarta-feira, 29, um dia antes do prazo previsto pela legislação eleitoral.

Cardoso disputará uma vaga na Câmara Municipal, com boas perspectivas. Em 2012, ele foi candidato pelo PSB, recebendo mais de 1,3 mil votos.

 

Alô, MP

Para receber atendimento odontológico na rede municipal de saúde, o cidadão precisa primeiro passar numa farmácia para comprar luva. O material está faltando nas Unidades Básicas de Saúde (UBS). Algumas delas também não têm um simples rolo de papel higiênico.

 

Segue

Se não tem uma simples luva ou papel higiênico, imagine medicamentos de alto custo. Não tem insulina há meses. Enquanto isso, procura-se onde o Município gasta 32,7% de sua receita própria em saúde.

 

Entregue à própria sorte

A Escola Estadual Dom Jaime Câmara, no bairro Costa e Silva, foi arrombada duas vezes em menos de 24 horas. Já são 12 arrombamentos em menos de 1 ano, todos com boletim de ocorrência. A força de segurança, porém, nada fez até aqui.

 

Tá liberado

A Justiça gaúcha autorizou a presidente afastada Dilma Rousseff a utilizar avião da FAB para as suas viagens políticas, desde que pague as despesas. O governo interino Temer havia proibido o uso dos jatos.

 

Brasileiros afetados no Reino Unido

A decisão do Reino Unido de deixar a União Europeia mexe com a vida dos brasileiros que vivem no Reino Unido com passaporte europeu ou são parentes de cidadãos europeus.

Perdem o benefício das regras de livre circulação e devem se submeter a regras estabelecidas pela legislação britânica.

Quem não tinha de passar pelo crivo da imigração, agora vai passar a ter.

 

É NOTÍCIA

1- O Rio Grande do Norte vai mandar 50 policiais para reforçar a segurança dos Jogos Olímpicos do Rio. O Governo Federal havia pedido 400 policiais. O Estado já sofre com o déficit na PM.

2- A campanha “Doar Dá Mais Cores à Sua Vida” será lançada neste sábado, 25, com abraço à sede da Liga de Apoio a Pacientes com Câncer. Espera-se a participação de todos. Às 8h30.

3- A dupla Victor e Léo é a atração na penúltima noite de shows do Mossoró Cidade Junina 2016. Os irmãos sobem ao palco principal da Estação das Artes às 23h. Ainda tem André da Mata e Jonas.

4- Se o Rio Grande do Norte é o maior gerador de energia eólica do país e o maior produtor de petróleo do Nordeste, como atesta o IBGE, por que vive crise interminável? Difícil de entender.

5- A diretora-fundadora do Colégio e Faculdade Mater Christi, Auxiliadora Azevedo, receberá a Medalha do Mérito Educacional “Professor Solon Moura”. Homenagem justa da Câmara Municipal.

 

FRASE

“Não é um divórcio amigável, mas não era uma relação sólida de amor.”

JEAN-CLAUDE JUNCKER – Presidente da Comissão Europeia, sobre decisão britânica.


Postado às 05h00 Túnel do Tempo Nenhum comentário Enviar por e-mail

De 1817 – Correio Braziliense era proibido de circular pela terceira vez.

De 1854 – Lançamento do Jornal Paulistano.

De 1892 – Museu Nacional é instalado na Quinta da Boa Vista, no Rio de Janeiro, antiga residência da família Imperial.

De 1978 – Argentina conquista a Copa do Mundo ao superar a Holanda.

De 1984 – Morre o filósofo francês Michel Foucault.

De 1989 – Leonel Brizola é lançado candidato à presidência do Brasil pelo PDT.

De 1991 – Câmara dos Deputados aprova o fim de reserva de mercado para a informática.

De 1992 – Tribunal de Contas da União (TCU) rejeita, pela primeira vez em 56 anos, as contas do governo.

De 1997 – Morre Jacques Cousteau, militar, oceânico e documentarista francês.

De 2000 – Morre o cantor Wilson Simonal.


Postado às 17h36 Cultura Nenhum comentário Enviar por e-mail

caminhos 3

A nova mostra fotográfica de Fernando Chiriboga tem início no dia 30 deste mês e segue até o dia 31 de agosto, no 3º piso do Shopping Midway Mall, aberto ao público no horário de funcionamento do shopping.

A exposição intitulada de “Caminhos”, reúne imagens inéditas e as já publicadas sob as lentes desse equatoriano radicado em Natal.

Caminhos 4

A mostra “Caminhos” faz um passeio por diversos cenários e contextos, quilômetros percorridos entre ícones arquitetônicos coloniais, paisagens naturais e exóticas do mundo, além das curiosidades e flagrantes da vida selvagem.

Para os interessados em levar algum dos trabalhos de Chiriboga para casa, durante a exposição, os 13 livros já lançados estarão à venda no local.

“Caminhos” conta com parceiros como Cíntia Senna que inspirada nos registros projetou o ambiente, Inove Decor (Neiwaldo Guedes), Midway Mall (Diego Fernandes e Suely Campelo), Viveiro Marina (Paulo Saldanha), Grupo ArtKasa Movéis/Mac (Rafael Monte), G7 Comunicação (Gustavo Farache) e FastFrame (George Ferreira).

caminhos 2

SERVIÇO

Exposição Caminhos – por Fernando Chiriboga

Local: 3º piso do Midway Mall – ao lado da Track & Field

Data: de 30.06.2016 a 31.08.2016

Horário: de segunda a sábado das 10h às 22h | Domingos e feriados das 13h às 21h

Entrada gratuita


Postado às 10h57 política Nenhum comentário Enviar por e-mail

A decisão britânica de sair da União Europeia deve afetar as vida de milhares de brasileiros que vivem no Reino Unido com passaporte europeu ou são parentes de cidadãos europeus.

Opção para deixar o bloco europeu venceu por mais de 1,2 milhão de votos. Veja AQUI

Quem hoje se beneficia das regras de livre circulação no bloco passará a se submeter a regras estabelecidas pela legislação nacional britânica.

Para quem já está no Reino Unido com visto gerido por essa legislação – com visto de trabalho, estudo ou cônjuges de britânicos – pouco deve mudar.

“Quem não tinha de passar pelo crivo da imigração vai passar a ter”, disse à BBC Brasil o consultor de imigração da Associação Brasileira no Reino Unido (Abras), Ricardo Zagotto.

“Aqueles que satisfizerem os critérios poderão ficar. Mas eles vão ter mais dor de cabeça e mais custos”, diz o consultor.

Porém, ele enfatiza que “nada está claro”, porque nenhuma proposta concreta foi apresentada durante a campanha.

“Não é que vão mandar os europeus embora, mas será criada uma nova bucroacia e eles vão ter de cumprir requisitos que a gente ainda não sabe quais são.”

britânicos

Que sistema?

Durante a campanha, os proponentes da saída enfatizaram que preferem substituir as regras de livre circulação da UE por um sistema de pontos e cotas, como acontece na Austrália.

Nesse sistema, os imigrantes vão acumulando pontos de acordo com os critérios que cumprirem, e são aceitos em vagas disponíveis nas diferentes categorias de cotas.

Ricardo Zagotto explica que o Reino Unido já possui um sistema baseado em categorias, que rege a entrada de estudantes, visitantes, trabalhadores qualificados e trabalhadores com pouca qualificação, por exemplo.

Porém, nem todas as categorias são preenchidas, porque o livre fluxo de cidadãos da UE naturalmente atende à demanda por imigrantes. Setores que empregam mão de obra pouco qualificada, como construção civil, agricultura e limpeza, por exemplo, são tipicamente abastecidos com trabalhadores do Leste Europeu.

Em teoria, muitos europeus poderiam simplesmente continuar a viver no Reino Unido dentro das novas categorias. Igualmente, explica Zagotto, cidadãos com passaporte brasileiro que querem entrar no Reino Unido poderiam ser aceitos dentro de uma dessas categorias expandidas.

A grande incógnita da equação é desvendar qual o nível de imigração que um Reino Unido fora da União Europeia vai comportar.

No ano passado, entraram no país 330 mil imigrantes, metade deles, da União Europeia. O primeiro-ministro, David Cameron, prometeu reduzir esse número para menos de 100 mil por ano e tem estado sob forte pressão por não conseguir cumprir essa promessa.

Após o anúncio dos resultados – em que a opção de sair da União Europeia venceu a opção de ficar por 51,9% a 48,1% – Cameron anunciou que vai deixar o cargo até outubro.

reino unido

Mudança gradual

Sejam quais forem as próximas regras, analistas e políticos dizem que a mudança será gradual e que ninguém terá de deixar o país da noite para o dia.

“Quero tranquilizar os britânicos vivendo na União Europeia e os cidadãos da União Europeia vivendo no Reino Unido que não haverá mudança imediata (nas suas circunstâncias)”, disse Cameron em discurso na manhã desta sexta-feira.

Atualmente, cerca de 3 milhões de cidadãos europeus vivem no Reino Unido, principalmente da Polônia (850 mil), República da Irlanda (330 mil) e diversos países do antigo bloco soviético.

Zagotto explica que, atualmente, estes cidadãos podem pedir a residência permanente no Reino Unido quando completarem cinco anos vivendo no país.

Porém, essa autorização, o Certificado de Residência Permanente para Cidadão da UE, deve deixar de valer.

Já quem vive no Reino Unido com um visto regido pela legislação nacional recebe o Indefinite Leave to Remain – a autorização para viver no Reino Unido indefinidamente – e não é provável que isto seja modificado.

Em ambos os casos, a cidadania só é obtida um ano depois, mediante o cumprimento de requisitos como domínio da língua e conhecimento básico do funcionamento da sociedade britânica.

Alguém tranquilo?

O especialista da Abras acredita que, para efetuar uma transição suave, as autoridades britânicas vão: 1) criar provisões temporárias para lidar com a questão dos europeus que já vivem aqui e 2) impor restrições aos que vão entrar.

“Até o brasileiro europeu que ficou aqui cinco anos e pediu o documento de residência permanente está em uma situação incerta. Só está 100% tranquilo aquele brasileiro que já se naturalizou”, disse Zagotto.

“Mas tem muito brasileiro que só se preocupa com a papelada quando acontece um evento, um fato. Agora aconteceu o evento.”

Fonte: G1


Postado às 09h01 Economia Nenhum comentário Enviar por e-mail

Cerâmica Elizabeth

O governador Robinson Faria (PSD) assinou protocolo de intenção com três empresas interessadas em integrar o polo industrial de Goianinha, município da região metropolitana de Natal.

Foi durante a visita do governador as instalações da Cerâmica Elizabeth, a primeira a fincar estrutura na área industrial.

A Elizabeth é originalmente paraibana – onde tem três unidades-, mas, em razão dos incentivos oferecidos pelo governo potiguar, a aposta de crescimento é feita no Rio Grande do Norte.

A previsão é de que a indústria comece suas atividades ainda em julho – em fase de testes – e em agosto atinja o pleno funcionamento, com produção de 1 milhão de m² por mês de pisos e revestimentos.

“O programa RN Gás+, os benefícios do Proadi (Programa de Apoio ao Desenvolvimento Industrial) e política de desenvolvimento do estado só nos encorajam a continuar investindo no estado”, assinalou o diretor-presidente da Cerâmica Elizabeth, George Crispim.

A empresa prospecta mais duas expansões. A primeira delas ainda em 2017 e a seguinte com mais um ano. Em cada ampliação, o número de empregos deve saltar. De imediato, a expectativa é criar 800 vagas de emprego, entre diretas e indiretas.


Postado às 08h46 política Nenhum comentário Enviar por e-mail
O primeiro-ministro britânico, David Cameron, durante pronunciamento após referendo optar por sair da UE (Foto: Stefan Wermuth / Reuters)

O primeiro-ministro britânico, David Cameron, durante pronunciamento após referendo optar por sair da UE (Foto: Stefan Wermuth / Reuters)

Após os britânicos decidirem em plebiscito sair da União Europeia, o primeiro-ministro David Cameron afirmou que o Reino Unido “deve buscar um novo primeiro-ministro” e anunciou que vai renunciar ao cargo, em pronunciamento nesta sexta-feira (24) em frente ao número 10 de Downing Street, residência oficial do premiê britânico. Ele deve deixar o cargo em outubro.

Foi o próprio Cameron que propôs a realização do referendo – ele havia prometido convocar a consulta popular se vencesse com maioria as eleições gerais de 2015. No entanto o primeiro-ministro era favorável à permanência no bloco.

“Os britânicos votaram pela saída e sua vontade deve ser respeitada”, afirmou Cameron. “A vontade dos britânicos deve ser seguida”. O premiê ponderou que o país precisa de uma nova liderança para levar adiante a decisão do referendo. “A negociação deve começar com um novo primeiro-ministro”, disse o político.

A vitória do “Brexit” derrubou também as Bolsas na Ásia e os mercados futuros da Europa e dos Estados Unidos antes mesmo do resultado oficial ser divulgado. A libra esterlina, moeda do Reino Unido, despencou e atingiu o menor valor frente ao dólar em 31 anos.

“Agora que a decisão foi tomada, precisamos encontrar o melhor caminho. Farei o que for preciso para ajudar”, afirmou Cameron, projetando deixar o cargo até outubro. “Eu amo esse país e me sinto honrado de ter servido a ele.”

Leia tudo sobre o assunto no G1 clicando AQUI


Postado às 05h05 Coluna Nenhum comentário Enviar por e-mail

Pra que serve a Câmara Municipal?

O Conselho Municipal de Saúde (CMS) cobrou o destino de R$ 180 milhões da saúde pública de Mossoró. As instituições com obrigação de fiscalizar o patrimônio público vão dar o silêncio como resposta? Com a palavra o Ministério Público Estadual e Federal e a Câmara Municipal.

O caso é grave, é gravíssimo.

O relatório do CMS condena as contas da saúde municipal referentes ao último quadrimestre de 2015 e denuncia uma série de irregularidades, verificadas na aplicação dos recursos sem transparência e, principalmente, na apropriação indébita do dinheiro do Sistema Único de Saúde (SUS), transferido pelo Ministério da Saúde e não repassado aos prestadores de serviços.

Inclusive, a direção do Hospital Wilson Rosado, um dos mais prejudicados, denunciou o crime ao MPF e pediu investigação.

A situação torna-se ainda mais grave à medida que a secretária de Saúde, Leodise Cruz, afirma que a Prefeitura gastou em 2015 quase 33% em saúde, porém sem justificar o destino do dinheiro, uma vez que o sistema encontra-se em situação falimentar. Falta até papel higiênico nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs), conforme reclamações da população.

Vale registrar que representantes da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-RN), presentes na audiência pública realizada pela Câmara Municipal, afirmam que o Tribunal de Contas da União (TCU) detectou 32 irregularidades na aplicação dos recursos da saúde em Mossoró.

O caso é rumoroso e sugere, no mínimo, a abertura de um processo de investigação. Obrigação do Legislativo, que tem como papel fundamental fiscalizar o Executivo. Só que a Casa tem se negado a cumprir o seu dever.

A bancada governista, formada por 14 dos 21 vereadores, já avisou que não permite a instalação de uma Comissão Especial de Inquérito (CEI), vetando qualquer tentativa da oposição. Eles não estão nem aí se o desmantelo da saúde está castigando a população, sacrificando vidas.

Também pouco importa se a atitude agrava o desgaste do Legislativo junto à sociedade. Prevalecem os interesses individuais, devidamente atendidos pelo Palácio e a estrutura de campanha prometida pelo governo para facilitar a renovação de mandato. Grave, porém, é o que acontece.

Agora, cabe ao cidadão, dono da eleição e do mandato de cada um dos vereadores, ter a responsabilidade na hora de votar.

Daqui a pouco o eleitor será chamado para eleger a nova formação da Câmara Municipal e terá a oportunidade e o dever de fazer a escolha certa.

Do contrário, será merecedor das consequências que virão.

 

É grave

O RN registrou 52.750 casos suspeitos de dengue em 2016, segundo novo boletim da Secretaria de Saúde.  7.523 foram confirmados, sendo 7.440 para dengue, 72 como dengue com sinais de alarme e 11 como dengue grave.

 

É grave II

Os casos de chikungunya notificados no RN já chegam a 11.707, sendo 1.559 confirmados. Quanto ao zika vírus, são 4.250 casos suspeitos, sendo quatro casos confirmados. Dados da Secretaria de Saúde do Estado.

 

Wilma aproxima o PT do B de Rosalba

O PT do B vai apoiar a candidatura de Rosalba Ciarlini (PP) à Prefeitura de Mossoró. Posição encaminhada pela presidente estadual da sigla, ex-governadora e vice-prefeita de Natal Wilma de Faria.

A aliança PP e PT do B foi discutida na reunião de Wilma com o ex-deputado Carlos Augusto, esposo de Rosalba, testemunhada pelo presidente do PT do B de Mossoró e pré-candidato a vereador Franklin Robson.

A coligação na proporcional, no entanto, não foi discutida, ficando para outro momento.

Wilma de Faria também concentra as atenções nas eleições de Natal onde será mais incisiva.

 

Jório se rende aos colegas

O presidente da Câmara Municipal de Mossoró, Jório Nogueira (PSD), foi pressionado pelos seus colegas a ressuscitar a verba de gabinete, por ele enterrada.

À base de muito grito e ameaça de novo processo de impedimento, dessa vez para valer, Jório acabou cedendo o que ele até pouco considerava ilegal.

Para não retroceder sozinho, o presidente foi ouvir conselheiros do Tribunal de Contas (TCE).

 

Saúde infantil

A deputada Márcia Maia (PSDB) anunciou que vai destinar R$ 400 mil de suas emendas ao OGE-2017 para ampliação de leitos de UTIs infantis. O deputado Fernando Mineiro (PT) e a deputada Cristiana Dantas (PC do B) se comprometeram com R$ 200 mil cada um. É o esforço para reduzir o déficit de leitos no RN.

 

Segue

Levantamento feito pela deputada Márcia aponta que existe um déficit de 300 leitos de UTIs infantis. Por consequência, a assistência à saúde de crianças está comprometida.

 

Milho verde

A seca prolongada não foi suficiente para tirar o milho do São João. Na região de Mossoró, há em abundância. A venda nos últimos dias cresceu para as noites de Santo Antônio, São João e São Pedro. A espiga custa R$ 0,50.

 

Custo Brasil

Segundo o MPF, dinheiro desviado do sistema de gestão de crédito consignado do Ministério do Planejamento, serviu para bancar despesas de Paulo Bernardo, marido da valente senadora Gleisi Hoffman (PT). Ele está preso na PF.

 

Tem que acabar com a intolerância

A intolerância religiosa que ainda persiste será tema de debate na Assembleia Legislativa, por iniciativa do deputado Fernando Mineiro (PT).

A audiência pública marcada para segunda-feira, 27, contará com líderes dos segmentos católico, evangélico e da Comissão de Terreiros de Umbanda e Candomblé.

Em um estado declarado laico é abusar a divisão criminosa.

 

É NOTÍCIA

1- Os números da microcefalia no RN continuam assustadores: são 435 casos notificados; 133 confirmados; e 18 óbitos. Os dados são da Secretaria de Saúde Pública do Estado.

2- Nesta data, em 1988, era fundado o Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), tendo Mário Covas como primeiro presidente. Hoje, nas mãos de Aécio, Serra, Alckmin e companhia.

3- Hoje, tem Farra de Rico, Pegada de Luxo e Toca do Vale na Estação das Artes Elizeu Ventania, na reta final do Mossoró Cidade Junina 2016. Também tem música ao vivo na Cidadela. Às 21h.

4- As repartições públicas estarão fechadas hoje e só retomam as atividades na segunda-feira, 27. O ponto facultativo decretado por Governo e Prefeitura estica o fim de semana do servidor.

5- O advogado Cyrus Benavides vai acumular a função de diretor do Instituto de Pesos e Medidas (IPEM-RN) com o cargo de coordenador geral do Procon. Por decisão do governador Robinson.

 

FRASE

“A reunião foi muito boa, porque há interesse de ambas as partes.”

WILMA DE FARIA – Sobre encontro com Carlos Augusto que discutiu aliança em Mossoró.