Postado às 05h03 Coluna Nenhum comentário Enviar por e-mail

Vale tudo

A campanha presidencial, levando-se em conta o que eles têm dito até aqui, parece o repeteco das disputas anteriores. As mesmas promessas para os mesmos problemas. Requentadas. De mudança, apenas os personagens. E só. Veja alguns exemplos que, certamente, serão levados quando tiver início a propaganda eleitoral do rádio e TV.

1 – A presidente Dilma Rousseff (PT) promete realizar as reformas tributárias e trabalhistas, caso o povo lhe permita mais quatro anos de mandato. Essa promessa ela fez na disputa de 2010, repetindo o que o seu antecessor, Lula, havia prometido em 2002 e 2006.

Ou seja, em 12 anos de governo do PT, essas reformas não saíram do papel, mas persistem no guia eleitoral a cada quatro anos.

2 – Aécio Neves, o principal adversário de Dilma, promete cortar pela metade o número de ministérios, além de elevar o investimento do PIB de 24 para 28 por cento, sem – claro – dizer como conseguirá essa façanha.

Ora, veja: o PSDB, partido de Aécio, elevou o número de ministérios nos oito anos que governou o País com FHC; logo, não tem autoridade para garantir a poda na Esplanada dos Ministérios. Quanto à meta de alcançar investimento do PIB de quase 30%, o governo do seu partido, embora tenha pegado o melhor momento da economia mundial, não conseguiu escalar os degraus a tanta altura.

Portanto, promessa vaga, de palanque mesmo, sem nenhuma garantia de seu cumprimento.

3 – O terceiro colocado nas pesquisas, Eduardo Campos (PSB), apresenta discurso de efeito, dizendo que “a política do País esclerosou”, ao defender a reforma político-eleitoral. Aí, ficou parecido com todos os outros políticos de Brasília.

Lembre-se que desde a campanha de 2002 que a reforma política é prometida pelos candidatos a presidente, sem exceção. E o mais fervoroso em defesa da reforma, Lula, teve oito anos para fazê-la, mas não moveu uma palha apenas da base sólida no Congresso Nacional. O curioso é que, mesmo não sendo candidato, Lula lançou campanha, via internet, em prol da reforma política.

Francamente.

Então, o alerta: eles vão aparecer no rádio e na televisão debatendo os mesmos temas, que, aliás, são importantes, necessários e urgentes, mas requentando promessas. Retóricas, nada mais. Melhor que fosse diferente e que a campanha presidencial se transformasse numa grande mesa de debate, séria, como via de solução dos grandes problemas que afetam o País.

Infelizmente, não teremos isso, porque a nossa política eleitoral não alcançou tal maturidade. O que importa, para eles, é ganhar o voto, vencer o pleito, nem que seja à base do vale-tudo.

 

Justiça castiga a cidade de Baraúna

O TRE-RN decidiu, outra vez, afastar Lúcia Oliveira (PMDB) da Prefeitura de Baraúna. Ela, certamente, reverterá no TSE. E o entra e sai vai continuar, para a desgraça do município. Mas, nada a fazer, porque a Justiça Eleitoral quer assim, valendo-se de interpretações tendo em vista que a lei não é uma verdade única. Aliás, se fosse, o município deveria ter o prefeito que foi escolhido pelo povo, que foi Isoares Martins (PR). É o único referendado pelo povo voto. Mas a Justiça entendeu diferente e transformou a Prefeitura de Baraúna em “sombra” de ocasião para alguns, em detrimento do município e de sua gente.

 

Mossoró não sente campanha

Estamos terminando julho e não há nenhuma movimentação de ruas da disputa majoritária em Mossoró. Os dois principais candidatos a governador, Henrique Alves (PMDB) e Robinson Faria (PSD), estiveram na cidade apenas para eventos fechados com a militância de candidatos proporcionais. Evidentemente, a ausência dos candidatos e a falta de empatia popular têm colaborado para a atmosfera gélida da campanha.

 

Momento difícil

Só no campus de Angicos, na região Central, a Universidade Federal Rural do Semiárido (UFERSA) está investindo R$ 10 milhões em obras de construção e ampliação. Enquanto isso, a Prefeitura de Mossoró não tem um centavo de real em obras estruturantes. É o retrato fiel do momento delicado por que a cidade vive.

 

Segue

A última grande obra realizada em Mossoró foi o complexo de lazer ao longo da Avenida Rio Branco, no valor de R$ 10 milhões. Isso ocorreu em 2006, ou seja, há oito anos.

 

Túnel do tempo

Nesta data, em 1992, o governo Collor inaugurava o Centro Integrado de Apoio à Criança (CIAC), hoje denominado Caic, no bairro Carnaubal. Na solenidade, presença do secretário nacional da Cultura, Sérgio Paulo Rouanet.

 

Sem água

Desde o final do mês de junho que o município de Macau enfrenta problemas com abastecimento de água. A população está sendo socorrida por carros-pipa ou com a lata d’água na cabeça. A Caern não tem solução em curto prazo.

 

RN é o primeiro do NE em TV paga

Para cada 100 domicílios no Rio Grande do Norte, 22,16 possuem televisão por assinatura, o que coloca o Estado em primeiro lugar no Nordeste, que tem média de 13,34 para cada 100 domicílios. São 228.671 números de acessos em operação no Estado, segundo a Agência Nacional de Telecomunicações (ANATEL). O Brasil fechou o mês de junho com 18,97 milhões de assinantes de TV paga.

 

Infarto

O Ministério da Saúde incluiu o trombolítico, medicamento para infarto, no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência. A estimativa é de que a incorporação reduza em 17% o número de óbitos por infarto no Samu.

 

Negócio de família

O ex-prefeito José Robson, de Afonso Bezerra, foi condenado a mais de 12 anos de prisão, em regime fechado, por ter contratado os serviços da própria mãe. Ou seja, transformou a Prefeitura em negócio de família.

 

É NOTÍCIA

1 – Hoje, início da noite, na Biblioteca Municipal Ney Pontes Duarte, o escritor Francisco Rodrigues da Costa lança o livro “Perdão”. O trabalho do areia-branquense recebeu selo da Sarau das Letras.

2 – O Quarteto Belmonte, do Rio de Janeiro, inicia por Mossoró uma série de apresentações no RN, dentro do projeto Sonora Brasil. Hoje, às 20h, no auditório do Serviço Social do Comércio (SESC).

3 – O Santa Cruz, de PE, ao lado do Cruzeiro, de BH, são os únicos clubes brasileiros na lista dos 100 que mais levam torcedores aos estádios. A média de público Santinha é de 26,6 mil/jogo.

4 –  O Governo do Estado paga hoje 91% dos salários de julho dos servidores. Ou seja, 93.464 servidores recebem dentro do mês. Os outros 9% (9.377 servidores) receberão no dia 8 de agosto.

5 – O deputado estadual Gilson Moura (Pros) desistiu de tentar a reeleição. Ele foi afastado do mandato por envolvimento em crime de corrupção. Moura teria se beneficiado de esquema no Ipem-RN.

 

FRASE

É inadmissível aceitar qualquer interferência de qualquer sistema financeiro na atividade eleitoral.”

DILMA ROUSSEFF – Presidente, respondendo ao Santander.


Postado às 05h00 Túnel do Tempo Nenhum comentário Enviar por e-mail

* De 1821- Uruguai é incorporado ao Brasil com o nome de Província Cisplatina.

* De 1943 – Segundo Guerra: avião da FAB põe submarino alemão a pique e recolhe 12 sobreviventes.

* De 1965 – Mariner IV envia as primeiras fotos de Marte.

* De 1992 – Mossoró ganha o primeiro Centro Integrado de Apoio à Criança (CIAC), do governo Collor. A solenidade de inauguração teve a presença do ministro da Cultura, Sérgio Paulo Rouanet, do governador José Agripino e da prefeita Rosalba Ciarlini. Hoje, chamado de Caic, é batizado de Monsenhor Francisco de Sales Cavalcanti.

* De 1992 – A Secretaria Municipal de Saúde, em Mossoró, ganha sede própria, na rua Seis de Janeiro, bairro Santo Antônio, pelas mãos da prefeita Rosalba Ciarlini.


Postado às 23h31 Eleições 2014 Nenhum comentário Enviar por e-mail

O candidato Anthony Garotinho (PR) lidera a disputa pelo governo do estado do Rio de Janeiro, com 21% das intenções de votos.

A pesquisa Ibope, divulgada nesta quarta-feira (30), aponta para uma disputa acirrada.

Logo atrás de Garotinho aparece Marcelo Crivella (PRB), com 16% e o governador Luiz Fernando Pezão (PMDB), candidato à reeleição, com 15%.

Com a margem de erro, eles estão tecnicamente empatados, segundo o Ibope.

O ex-senador Lindberg Farias (PT) tem 11%.

Veja os números do Ibope para a pesquisa estimulada:

Anthony Garotinho (PR) – 21%

Marcelo Crivella (PRB) – 16%

Luiz Fernando Pezão (PMDB) – 15%

Lindberg Farias (PT) – 11%

Dayse Oliveira (PSTU) – 2%

Ney Nunes (PCB) – 1%

Tarcísio Motta (PSOL) – 1%

Brancos e nulos – 21%

Não sabem ou não responderam – 12%

A pesquisa do Ibope foi realizada entre os dias 26 a 28 de julho. Foram entrevistados 1.204 eleitores. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%.

* Fonte: G1


Postado às 23h20 Eleições 2014 Nenhum comentário Enviar por e-mail

Se as eleições fossem hoje, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), renovaria o mandato ainda no primeiro turno.

É o que aponta a pesquisa Ibope divulgada nesta quarta-feira.

Alckmin aparece em primeiro lugar com 50% das intenções de voto. Em seguida, aparecem o presidente licenciado da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf (PMDB), com 11%, e o ex-ministro da Saúde Alexandre Padilha (PT), com 5%.

Veja o percentual de todos candidatos:

Geraldo Alckmin (PSDB) – 50%
Paulo Skaf (PMDB)  – 11%
Alexandre Padilha (PT) – 5%
Gilberto Natalini (PV) – 1%
Laércio Benko (PHS) – 1%
Raimundo Sena (PCO) – 1%
Wagner Farias (PCB) – 1%
Gilberto Maringoni (PSol) – 1%
Walter Ciglioni (PRTB) – 0%
Brancos e nulos: 15%

A pesquisa foi realizada entre os dias 26 e 28 de julho. Foram entrevistados 1.512 eleitores em 78 municípios do estado.  A margem de erro é de três pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%.

* Fonte: G1


Postado às 14h02 Eleições 2014 Nenhum comentário Enviar por e-mail

Os Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) têm até terça-feira, 5 de agosto, para limpar os pedidos de registro de candidaturas.

A data está prevista no Calendário Eleitoral 2014.

Até lá, os TREs analisarão os processos e os pedidos de impugnação apresentados pelas Procuradorias Regionais Eleitorais (PREs).

No Rio Grande do Norte, as atenções estão voltadas para os registros de candidatura do deputado federal Betinho Rosado (PP), que está na lista de impugnações do PRE, e do ex-deputado Francisco José (Pros).

Também estão na lista nomes como o da ex-governadora Wilma de Faria (PSB), que pediu registro de candidatura ao Senado.

Todos eles garantem que estão aptos a ter o registro confirmado.


Postado às 13h55 Eleições 2014 Nenhum comentário Enviar por e-mail

Deu na Agência Brasil

O candidato do PSDB à Presidência da República, Aécio Neves (PSDB), disse há pouco a empresários do setor industrial que, caso eleito, pretende elevar, até 2018, a taxa de investimento do país em relação ao Produto Interno Bruto (PIB), dos atuais 18% para 24%, conforme o candidato.

O tucano disse ainda que terá “como obsessão” a recuperação da competitividade da economia e irá propor mudanças na relação com o Mercosul para facilitar a negociação de acordos brasileiros com a União Europeia e outros países.

Aécio Neves participa de sabatina da Confederação Nacional da Indústria (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

 

Durante sabatina promovida pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) com os três presidenciáveis melhores colocados nas pesquisas de intenção de voto, Aécio Neves prometeu reduzir e simplificar a carga tributária, “isonomia “no tratamento dos vários setores da economia, além de medidas para criação de um ambiente de negócio “seguro” e “claro”.

NOTA DO BLOG: Discurso fácil, de ocasião, de palanque. Nada mais, nada menos.


Postado às 13h45 Servidor público Nenhum comentário Enviar por e-mail

As Secretarias de Estado do Planejamento e das Finanças (Seplan) e da Administração e dos Recursos Humanos (Searh) divulgaram o calendário de pagamento dos salários dos servidores estaduais relativo ao mês de julho, que será da seguinte forma:

Nesta quinta-feira (31) será creditado o pagamento de todos os servidores da Segurança, Saúde e Educação (inclusive UERN), bem como todos os servidores do DETRAN, IDEMA, DEI, JUCERN e IPEM, independente do valor do salário, que representam um total de 60.055 servidores;

Ainda na quinta-feira, a partir do meio-dia, recebem os servidores ativos e inativos das demais áreas que ganham até R$ 2 mil líquidos – que somam 33.409 servidores;

No dia 8 de agosto, uma sexta-feira, serão creditados os salários dos servidores ativos e inativos que recebem acima de R$ 2 mil líquidos – 9.377 servidores no total.

93.464 servidores receberão o pagamento dentro do mês, o que equivale a 91% da folha do Estado.

Os outros 9% (9.377 servidores) receberão no dia 08 de agosto.

* Ascom/RN


Postado às 11h42 Eleições 2014 Nenhum comentário Enviar por e-mail

A ex-presidente do PMDB de Mossoró, vereadora Izabel Montenegro, disse que fez uma escolha pela “seriedade” com a coisa pública quando declarou apoio a candidatura de Fátima Bezerra (PT) ao Senado.

Menos de 24 horas depois, surgiu a informação que ela havia desistido de livrou a espontânea pressão de Henrique Alves (PMDB) para trocar Fátima por Wilma de Faria (PSB).

Se é verdade, qual será a justificativa de Izabel para votar em Wilma? Seriedade?

Bom.

O fato é que Izabel não suporta Dilma. Inclusive, foi da vereadora peemedebista a sugestão de batizar o presídio federal de Mossoró de “Wilma de Faria”, como forma de a cidade mostrar a sua revolta pela ex-governadora trazer o “caldeirão do diabo” para a terra de Santa Luzia.


Postado às 05h03 Coluna Nenhum comentário Enviar por e-mail

É hora de luta – 252

Governo Federal editou medida provisória, publicada no Diário Oficial da União, criando o Programa de Desenvolvimento da Aviação Regional, que visa fortalecer a malha aeroviária nas regiões, a partir da interligação das cidades de médio porte, sobretudo com características turísticas.

O programa prevê um pacote de renúncia fiscal e de outros incentivos que vai alcançar valores de mais de R$ 1 bilhão. Esses recursos serão aplicados na reforma e ampliação de aeroportos e, principalmente, para subsidiar passagens aéreas, através de parceria com as empresas de aviação.

Segundo o ministro da Aviação da Civil, Moreira Franco (PMDB), os subsídios serão aplicados à metade dos assentos [das aeronaves], mas limitados a um total de 60 assentos. Serão subsidiados aqueles que tenham como origem ou destino um dos 270 aeroportos regionais previstos no programa, exceto os das capitais.

Os valores exatos dependem de regulamentação, mas é certo que a Região Norte terá um subsídio maior, em função de suas peculiaridades.

Em geral, aeroportos menores terão subsídios maiores.

Mossoró, como cidade de médio porte, porém com força econômica indiscutível, tem o perfil traçado pelo programa do governo. Porém, é pouco provável que seja beneficiada. O motivo é antigo e de conhecimento de todos: não temos aeroporto.

O velho campo de aviação Dix-sept Rosado apresenta problemas crônicos que o levaram a ser impedido pela Anac a desenvolver atividade comercial, limitando-se a receber aeronaves particulares ou de governo. Aí, a coluna volta a lembrar a luta pelo novo aeroporto.

Em ano eleitoral, esse tema deve ser permanente, principalmente para que os políticos envolvidos no pleito assumam compromisso com a causa. Não cabe, porém, requentar promessa, como parte de discurso fácil e descompromissado.

Aliás, Mossoró é vítima da palavra de ocasião, inclusive, o projeto do novo aeroporto. O ministro Moreira Franco, ainda em 2013, prometeu que técnicos da Anac estariam em Mossoró no início de 2014 para escolher o terreno onde ficaria localizado o novo aeroporto. Até aqui, não apareceu ninguém.

E para não dizer que Franco se esqueceu da causa, ele próprio se apressou para requentar o prometido, transferindo para o início de 2015 o processo de elaboração do projeto.

Sinceramente, não é fácil acreditar na palavra do ministro, até porque não se sabe se no próximo ano ele continuará ministro. No entanto, é preciso hipotecar mais um voto de confiança e, paralelamente, exigir que a classe política faça a devida cobrança.

Daqui, neste canto de página, continuaremos fazendo a nossa parte, porque é hora de luta.

 

A política dos ‘filhinhos do papai’

O deputado federal Felipe Maia, filho do presidente nacional e estadual do Democratas, senador José Agripino Maia, ocupou parte da entrevista a uma emissora de rádio de Natal para desvincular sua carreira política da vontade e influência do pai. Repetiu que não é só o filho do senador, mas um deputado de dois mandatos. Apesar do esforço de Felipe, a imagem de “filhinho de papai” está grudada e ficou ainda mais forte quando Agripino deu o “golpe” no projeto de reeleição da governadora Rosalba Ciarlini, negando-lhe legenda, para priorizar projeto político-pessoal do herdeiro. Posição que ficou bem clara.

 

Eleitorado cresce 5,17%

São Paulo continua o maior colégio eleitoral do Brasil, com quase o dobro de eleitores do segundo colégio, que é Minas Gerais: São 31.998.432 eleitores paulistas contra 15.248.681 mineiros.  São seguidos pelos Estados do Rio de Janeiro (12.141.145), Bahia (10.185.417) e Rio Grande do Sul (8.392.033). Segundo o Tribunal Superior Eleitoral, o País tem 142.822.046 eleitores, aumento de 5,17% em relação a 2010.

 

Grosso

A ex-presidente do PMDB de Mossoró vereadora Izabel Montenegro passou a receber forte pressão depois de anunciar apoio a Fátima Bezerra (PT) ao Senado. O presidente do PMDB e candidato a governador, Henrique Alves, falou grosso com a vereadora, exigindo seu apoio a Wilma de Faria (PSB). Ela deve ceder.

 

Sal

A Justiça começou a intimar as partes envolvidas na “Operação Sal Grosso”, para instrução processual e sentença. São vereadores e ex-vereadores marcados pelo escândalo.

 

Esqueceram-se de mim

Nesta data, em 1993, era exibido o último filme no Cine e Teatro Cid. A fita “Esqueceram de mim 2″ é bem sugestiva à situação do Teatro Lauro Monte Filho, fechado e com tapumes que indicam uma obra esquecida.

 

Velho Guerreiro

Hoje, completa 26 anos da morte de José Aberlardo Barbosa de Medeiros, Chacrinha, um dos maiores animadores da televisão brasileira e dono da máxima: “Quem não se comunica, se trumbica”. Bem atual na era da informação.

 

Mossoró corre atrás do Selo Unicef

Mossoró inicia a busca pelo Selo Unicef 2013-2016, certificado que o município não recebe desde 2009. Para marcar o processo, o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Comdica) realiza hoje o 1.º Fórum Comunitário. Servirá para preparar uma série de medidas voltadas para o cumprimentos das metas exigidas pela Unicef. O evento acontece na Biblioteca Municipal.

 

Biometria

Dos 142.822.046 eleitores brasileiros aptos a votar no dia 5 de outubro, 16,7% vão usar a impressão digital. Os grandes colégios eleitorais, como São Paulo e Minas, avançaram na estrutura do processo eleitoral.

 

Vacina

O Ministério da Saúde está ampliando o calendário básico de imunização da criança, introduzindo a vacina contra hepatite A. Os postos de saúde de todo o País devem vacinar três milhões de crianças em 12 meses.

 

É NOTÍCIA

1 – A Feira de Beleza de Mossoró está de volta, para apresentar as novidades de beleza e estética. O evento será realizado nos dias 17 e 18 de agosto, no centro de eventos do VillaOeste.

2 – Nesta data, em 2002, a então prefeita Rosalba Ciarlini (DEM) inaugurava a primeira Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) de Mossoró, localizada no Grande Alto de São Manoel (zona leste).

3 – Caiu uma laje do Centro Tecnológico de Mossoró, em construção no conjunto Walfredo Gurgel (zona leste). Três trabalhadores atingidos. Felizmente, nenhum caso grave. A obra será lacrada.

4 –  O prefeito Silveira Júnior (PSD) promete anunciar hoje medidas para impedir a interdição do estádio Nogueirão. Também deve apresentar estudo preliminar do projeto de municipalização.

5 – Espetacular a entrevista de Ariano Suassuna exibida pelo Programa do Jô em 2007, em homenagem ao escritor falecido. A entrevista preencheu a ausência de Jô, internado com infecção pulmonar.

 

FRASE

Não sou apenas o filho (do senador José Agripino), mas também deputado de dois mandatos.”

FELIPE MAIA – Deputado federal do DEM.


Postado às 05h00 Túnel do Tempo Nenhum comentário Enviar por e-mail

* De 1882 – Manchete da Gazeta de Campinas: “Os deputados, entregues à mais criminosa vadiagem, desertam de seus postos…”

* De 1930 – Uruguai conquista a primeira Copa do Mundo, em casa.

* De 1977 – Banco Mundial faz relatório apontando manipulação da taxa de inflação de 1973, quando Delfim Neto era o ministro da Fazenda.

* De 1988 – Morre José Abelardo Barbosa de Medeiros, “Chacrinha”, um dos maiores animadores da televisão brasileira.

* De 1993 – Exibido o último filme no Cine e Teatro Cid – “Esqueceram de mim 2″. A partir do dia seguinte, o Cid passou a ser administrado pela Cooperativa de Artistas, Técnicos, Produtores Culturais de Mossoró (COOCAR). Hoje, Teatro Estadual Lauro Monte Filho, fechado para obras.

* De 2002 – Inaugurada pela prefeita Rosalba Ciarlini a primeira Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) de Mossoró, no Grande Alto de São Manoel.