Postado às 10h17 esporte Nenhum comentário Enviar por e-mail

O técnico Dunga acaba de convocar a Seleção Brasileira para os amistosos contra a Turquia (12 de novembro) e Áustria (dia 8), em Istambul e Viena, respectivamente.

A novidade ficou por conta da volta do zagueiro Tiago Silva, capital na Copa do Mundo no Brasil.

Para não desfalcar os times na reta final do Campeonato Brasileiro, Dunga convocou apenas jogadores que atuam fora dfo País.

Veja a lista:

 

GOLEIROS

Rafael Cabral
Neto
Diego Alves

ZAGUEIROS

David Luiz
Marquinhos
Thiago Silva
Miranda

LATERAIS

Mario Fernandes
Alex Sandro
Filipe Luís
Danilo

MEIO-CAMPISTAS

Luiz Gustavo
Rômulo
Fernandinho
Casemiro
Oscar
Firmino
Willian
Philippe Coutinho

ATACANTES

Neymar

Lucas
Luiz Adriano
Douglas Costa


Postado às 05h05 Coluna Nenhum comentário Enviar por e-mail

A Justiça decidiu limpar o horário eleitoral

O candidato Henrique Alves (PMDB) já perdeu quase 12 minutos de tempo no horário eleitoral do rádio e televisão. A última condenação, ontem, lhe tirou seis minutos, transferidos para o seu concorrente ao Governo do Estado, Robinson Faria (PSD), que fará uso para repor a verdade dos fatos.

É a decisão do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN), que viu prática lesiva no marketing eleitoral do peemedebista. Esse tempo perdido poderá ser ainda maior, se a Corte julgar a tempo outros processos movidos pelos advogados de Robinson contra a propaganda agressiva de Henrique.

As sentenças, por si só, já expõem a falta grave de uma campanha movida pelo alto nível de agressividade. Essa é a leitura simples. Para comprovar, basta o eleitor puxar pela memória e relembrar os programas que estavam indo ao ar até o veto judicial.

Pois bem…

O que leva um candidato a abrir mão de suas convicções como uma opção para governador do Estado, para aderir à prática de desconstrução do adversário? Seria desespero da derrota anunciada?

Não cabe o exercício da adivinhação.

Porém, vale lembrar que a prática da desconstrução sempre é levada a termo por candidato em desvantagem. Invariavelmente, é assim. É fato. Os péssimos exemplos de campanhas recentes, inclusive em Mossoró, com os desprezíveis jornais apócrifos, comprovam essa cultura político-eleitoral.

Alguns entendem, e há até razão para isso, que a estratégia da desconstrução surte efeito. Quem pensa assim, pode até justificar na forma como a presidenciável Marina Silva (PSB) foi alijada do processo eleitoral. Quando surgiu na condição de favorita, apontada pelas pesquisas, Marina sofreu ataques de todas as ordens e acabou desnutrida eleitoralmente, como prova de que esse tipo de campanha, desprezível, pode fazer vítima.

A própria Marina, com seu jeito simples e já abatida, mandou recado a quem a atacou, mas principalmente para o eleitor que ainda cai nessa onda: “É melhor perder ganhando do que ganhar perdendo.”

Em outras palavras, ela não praticaria tal comportamento para vencer uma campanha a todo custo.

Voltando para o Rio Grande do Norte, onde a baixaria se agravou de acordo com a posição de cada candidato, resta saber qual a reação do eleitor: se se contaminou com a overdose de sujeira, ou se dará a resposta a esse tipo de campanha imunda.

Essas eleições terão, também, um papel educativo para os políticos: se a campanha da baixaria for condenada, teremos melhor nível em embates futuros.

Do contrário, é continuar produzindo lama.

 

A última chance diante do eleitor

Robinson Faria (PSD) e Henrique Alves (PMDB) estarão frente a frente hoje, no debate promovido pela Intertv Cabugi, afiliada da Globo no RN. É a última oportunidade dos candidatos a governador para conquistar o voto dos indecisos. Por isso, seria interessante que eles travassem um debate ético, honesto e centralizado nos grandes temas. Porém, é pouco provável que eles façam um programa de alto nível, levando-se em consideração a baixaria que tomou conta da campanha eleitoral e, também, a falta de preparo de ambos para discutir as demandas da população. O debate tem início às 21h.

 

A importância dos indecisos

O debate dos presidenciáveis na Rede Globo amanhã, 24, terá espaços para eleitores indecisos fazerem perguntas a Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB). Eles serão selecionados pelo Instituto Ibope em todos os Estados e estarão na plateia. A produção do programa escolherá as oito perguntas mais bem formuladas. Dilma e Aécio vão debater ideias e responder as perguntas em um cenário em forma de arena.

 

Palavra do prefeito

O prefeito Silveira Júnior (PSD) faz contato para corrigir nota da coluna sobre orçamento da Educação 2015. Garante que a peça orçamentária contempla a Lei de Responsabilidade Educacional, pois destina mais de 30% da receita para a educação, ultrapassando o previsto em lei.

 

Segue

Silveira também corrige os números colocados na coluna de ontem, lembrando que não houve um decréscimo de R$1,5 bilhão, como publicado, se o orçamento geral é de pouco mais de R$ 700 milhões.

 

Agenda internacional

O prefeito Silveira Júnior (PSD) recepcionou o cônsul geral Richard Reiter. Ele veio conhecer as potencialidades econômicas de Mossoró. Estava acompanhado de membros do consulado americano no Brasil.

 

Merecido

Fábio Porcino foi escolhido o Empresário do Ano 2014 e receberá a comenda “Mérito Senador Jessé Pinto Freire”, conferida pela Fecomercio. A entrega será feita no dia 6 de dezembro.

 

PSV dará acesso a 40% das vagas

O último vestibular da Uern, para ingresso em 2015, oferecerá apenas 865 vagas das 2.184 ofertadas e distribuídas nos mais diversos cursos. É que a instituição adotou o sistema misto, dividindo o acesso entre o antigo PSV (40%) e o sistema Enem/Sisu (60%). A inscrição poderá ser feita até o dia 6 de novembro, pelo site www.uern.com. As provas serão aplicadas nos dias 14 e 15 de dezembro.

 

A reação do mercado

A quatro dias das eleições, as ações da Petrobras caíram 13% e o dólar disparou para 2,48%. A Bolsa também despencou, acumulando queda de 5,94% nos últimos três dias. É o mercado em ebulição.

 

Segurança

O curso de Especialização em Segurança Pública da Uern vai colocar em debate a insegurança em Mossoró. Será durante o I Simpósio de Segurança Pública e Cidadania, entre os dias 10 e 13 de novembro.

 

É NOTÍCIA

1 – A Igreja Católica vai celebrar os 80 anos da Paróquia de Santa Luzia de Mossoró, entre os dias 14 e 18 de novembro. Na programação, ordenação de novos padres e shows religiosos.

2 – A Câmara Municipal de Mossoró realiza audiência pública hoje, para debater e procurar solução para os problemas que atingem o serviço de oncologia. O encontro terá início às 9h.

3 – O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou o envio de tropas federais para mais dez municípios do RN. Agora, serão 47 que receberão o reforço no segundo turno das eleições.

4 – O diretor da Petrobras, José Carlos Cosenza, faltou a depoimento da CPMI da Petrobras marcado para ontem. Enviou atestado médico, para fugir do ataque tucano a quatro dias das eleições.

5 – A Uern está retomando as obras de construção do campus de Natal, depois de quatro anos paralisadas. Previsão de conclusão em 18 meses, com investimentos de R$ 5,5 milhões do Pró-invest.

 

FRASE

Eles querem saber até a cor da roupa íntima que nós usamos..”

LULA – Ex-presidente, acusando a imprensa de ser contra o PT.

 


Postado às 20h55 Eleições 2014 Nenhum comentário Enviar por e-mail

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Dias Toffoli, anunciou, na sessão plenária desta noite (22), a homologação de acordo histórico firmado na Justiça Eleitoral entre as coligações Com a Força do Povo, da candidata Dilma Rousseff (PT), e Muda Brasil, do candidato Aécio Neves (PSDB), para a desistência de todas as representações ajuizadas, até o momento, pelas duas coligações no Tribunal, envolvendo tão somente os dois candidatos.

As representações contestavam conteúdos da propaganda eleitoral, no rádio e na televisão, do candidato à Presidência adversário.

A desistência dos processos foi anunciada na tribuna do Plenário da Corte pelos advogados das coligações, que registraram requerimento no TSE com o pedido.

“Eu queria, em nome do Tribunal Superior Eleitoral, dizer do imenso gesto para a democracia brasileira que as duas campanhas demonstram neste momento. Se comprometendo a fazer campanhas propositivas e programáticas e desistindo de todas as representações. É um momento histórico para esta Corte”, ressaltou o ministro Dias Toffoli, enaltecendo a atitude das coligações e dos candidatos.

O presidente do Tribunal parabenizou, emocionado, os ministros do Tribunal e os candidatos à Presidência da República pelo acordo formulado.

“Agradeço aos eminentes advogados, cumprimento as respectivas candidaturas pelo gesto que fortalece o Estado Democrático de Direito no Brasil, a democracia brasileira”, enfatizou o ministro.

* TSE


Postado às 11h38 Eleições 2014 Nenhum comentário Enviar por e-mail

Do blog da jornalista Thaísa Galvão:

Os juízes auxiliares da propaganda eleitoral, Cícero Macedo e Alceu Cicco, acabam de acatar mais pedidos de direitos de resposta do candidato a governador Robinson Faria (PSD) nos programas de TV do candidato Henrique Alves (PMDB).

Os três processos julgados há pouco no TRE-RN dizem respeito ao programa do PMDB que mostrou que Robinson não montou, como afirma, uma equipe técnica na Secretaria de Recursos Hídricos, quando foi titular da pasta no governo Rosalba.

Por isso, Robinson terá três minutos nos programas de Henrique: 1 minutos durante três programas seguidos

Citado na matéria como despreparado para assumir uma coordenação na Secretaria, Lindolfo Vidal também terá três minutos, distribuídos em três programas.

Ao todo a propaganda de Henrique perde seis minutos, reduzindo dois minutos em três programas seguidos.

Os primeiros dois minutos já deverão ser subtraídos do programa de Henrique hoje (22) à noite, repetindo-se nos dois programas desta quinta-feira (23).

A assessoria jurídica de Robinson Faria ainda entrou com mais pedidos de direito de respostas nos programas de Henrique.

O caso dos 98 apartamentos ainda vai render.

 

NOTA DO BLOG: Muito ruim para Henrique Alves a decisão do TRE-RN, por dois motivos relevantes:

1 – Ao ser condenado a ceder espaço no seu programa para o adversário repor a verdade, significa que a sua propaganda eleitoral está levando falso contra Robinson Faria. Essa leitura é simples e de fácil entendimento do eleitor.

2 – Perder tempo de rádio e televisão na reta final da campanha é um prejuízo incalculável, que certamente terá peso no resultado final.

Portanto, a forma condenável de fazer campanha atacando, procurando sujar o nome de adversário, pode e deve ter efeito contrário. Isso está acontecendo com a campanha de Henrique Alves, que tenta atingir a imagem do adversário para tentar vencer a disputa eleitoral.

Isso é inaceitável, sob todos os aspectos, principalmente éticos.


Postado às 11h25 Eleições 2014 Nenhum comentário Enviar por e-mail

Dos 63 candidatos aos governos estaduais que sofriam algum processo na Justiça e nos Tribunais de Contas no início da campanha eleitoral, 6 foram eleitos no primeiro turno e outros 19 disputam o segundo turno.

Ou seja, enquanto a “taxa de sucesso” de candidatos sem pendências foi de 16,2%, candidatos processados tiveram melhor desempenho: 39,7%, o que significa que quase quatro em cada dez candidatos com problemas foram imediatamente eleitos ou seguem na disputa.

Dos 19 processados (Tabela I) que disputam o segundo turno, 10 já chegaram a sofrer alguma condenação ou tiveram contas julgadas irregulares (ver Tabela II, ao fim do relatório). Para saber mais detalhes e acessar o hiperlink da íntegra dos processos, basta consultar cada candidato na ferramenta Quem Quer Virar Excelência (www.excelencias.org.br/quemquer).

 

Candidatos com processos que disputam o segundo turno:

 

AMAPÁ

Waldez (PDT) – É alvo de inquéritos no TRF-1 e no STJ que apuram a prática de crimes de corrupção ativa e passiva, peculato, fraude em licitações e lavagem de dinheiro, além de formação de quadrilha. É réu em várias ações civis públicas por improbidade administrativa. Tem condenação.

Camilo Capiberibe (PSB) – É Alvo de ação de investigação eleitoral no TRE-AP que apura abuso de poder econômico.

 

AMAZONAS

Eduardo Braga (PMDB) – É alvo de ações civis públicas, algumas por improbidade administrativa, movidas pelo Ministério Público do Estado e/ou do Trabalho. Também é investigado no STF por desordem eleitoral em inquérito movido pelo Ministério Público Eleitoral.

 

DISTRITO FEDERAL

Jofran Frejat (PR) - É alvo de ações civis públicas por improbidade administrativa movidas pelo Ministério Público no TJ-DF e no TRF1.

Rollemberg (PSB) -  O TCU Investiga a tomada de contas de 2006 da secretaria-executiva do Ministério da Ciência e Tecnologia e de suas unidades; à época, o parlamentar, apontado como responsável no processo, era secretário de Inclusão Social da pasta.

 

GOIÁS

Iris Rezende (PMDB) – Alvo de ação civil pública movida pelo Ministério Público no TJ-GO e teve contas de campanha rejeitadas.

Marconi Perillo (PSDB) -  É alvo de ação civil pública de improbidade administrativa (dano ao erário) movida pelo Ministério Público Estadual no TJ-GO.

 

MATO GROSSO DO SUL

Delcídio do Amaral (PT) – Alvo de inquérito no STF que apura crimes de funcionários públicos contra a administração em geral.

Reinaldo Azambuja (PSDB) – É alvo de ação de investigação judicial eleitoral no TRE-MS que apura uso indevido de meio de comunicação social e de representação que apura captação ou gasto ilícito durante campanha. O TCE-MS detectou irregularidades na execução de contratos celebrados pela prefeitura de Maracaju e multou o ex-prefeito.

 

PARÁ

Helder Barbalho (PMDB) – Responde a duas ações por improbidade administrativa no TRF-1.

 

PARAÍBA

Cassio Cunha Lima (PSDB) – É alvo de inquérito no STF que apura crimes da Lei de Licitações. Tem várias condenações.

Ricardo Coutinho (PSB) – É alvo de ação civil pública movida pelo Ministério Público no TJ-PB. Tem duas multas do TCE-PB. RJ Luiz Fernando Pezão PMDB É alvo de várias ações por improbidade administrativa. Tem condenação e multa aplicada pelo TCE e pelo TCU.

 

RIO GRANDE DO NORTE

Henrique Eduardo Alves (PMDB) – É alvo de ação civil por improbidade administrativa / enriquecimento ilícito movida pelo Ministério Público Federal no TRF-1.

 

RIO GRANDE DO SUL

José Ivo Sartori (PMDB) -  Foi multado pelo TCE-RS.

Tarso Genro (PT) – Tem condenação por improbidade administrativa e foi multado pelo TCE-RS.

 

RONDONIA

Confucio Moura (PMDB) – É réu por improbidade administrativa, tem condenação e foi multado pelo TCE-RS.

Expedito Júnior (PSDB) – É réu em ação penal que apura crimes de captação ilícita de votos ou corrupção eleitoral. Tem condenação e contas de campanha rejeitadas.

 

RORAÍMA

Chico Rodrigues (PSB) – É réu em processo por crime da Lei de Licitações no TRF-1.


Postado às 09h57 Eleições 2014 Nenhum comentário Enviar por e-mail

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) informa que a eleição no estado transcorrerá normalmente das 8h às 17h e os primeiros boletins do resultado da eleição para governador deverão ser divulgados por volta das 17h30.

Quanto ao resultado da eleição presidencial, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) vai bloquear a divulgação até as 20h (horário de verão – 19h, aqui), em função do horário de verão em alguns estados da Federação e fuso horário diferenciado.

O TRE-RN trabalha com a previsão de concluir a apuração dos votos por volta das 21h.


Postado às 09h30 Eleições 2014 Nenhum comentário Enviar por e-mail

Pesquisa Datafolha divulgada nesta quarta-feira (22) aponta os seguintes percentuais de votos válidos no segundo turno da corrida para a Presidência da República:

Dilma Rousseff (PT): 52%

Aécio Neves (PSDB): 48%

Para calcular esses votos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição.

A pesquisa foi encomendada pelo jornal “Folha de S.Paulo”.

De acordo com o Datafolha, na reta final da eleição, os candidatos continuam empatados, no limite da margem de erro, de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

No levantamento anterior do instituto, divulgado no dia 20, o resultado foi o mesmo: Dilma tinha 52%, e Aécio, 48% dos votos válidos.

 

Votos totais

Se forem incluídos os votos brancos e nulos e dos eleitores que se declaram indecisos, os votos totais da pesquisa estimulada são:

- Dilma Rousseff (PT): 47%
- Aécio Neves (PSDB): 43%
- Em branco/nulo/nenhum: 6%
- Não sabe: 4%


Postado às 05h09 Gerais Nenhum comentário Enviar por e-mail

O Sindicato dos Servidores do Departamento de Polícia federal do Rio Grande do Norte – SINPEFRN informa que a paralisação dos Agentes Federais, programada para ter início nesta quarta-feira (22) e seguir até sexta-feira (24), foi cancelada.

A desistência dos Agentes Federais aconteceu em virtude da garantia dada pelo Governo Federal em relação à aprovação da MP 650, sem emendas, no próximo dia 28 de outubro, no Senado, bem como a manutenção de canais abertos junto ao governo visando à definição das atribuições de nível superior dos cargos de Agentes, Escrivãs e Papiloscopistas.


Postado às 05h05 Coluna Nenhum comentário Enviar por e-mail

O Velho Alcaide

Poucos homens públicos amaram tanto a sua terra quanto Jerônimo Dix-huit Rosado Maia. Não há exagero na assertiva. Foi esse amor que por vezes o próprio Dix-huit chamava de obsessão e que o fez trabalhar até os últimos dias de sua vida por Mossoró.

Queria morrer no ambiente de trabalho, em seu gabinete no Palácio da Resistência, e por pouco não concretizou o desejo. Ele estava em casa no momento em que o coração parou de pulsar. Dia 22 de outubro de 1996, quando cumpria o último ano do terceiro mandato de prefeito.

O 18.º filho do farmacêutico Jerônymo Rosado com Isaura Rosado Maia, nascido em 21 de maio de 1912, viveu para servir ao seu povo e sua terra.

Vocação herdada do berço.

Missão cumprida, com a coragem e a determinação de um vencedor, em mais de 60 anos de vida pública. A solidez de sua obra explica – hoje – o desenvolvimento da cidade, pois nela fincaram-se os alicerces para o futuro. O prefeito das “milobras” – como se autodenominava – fez muito mais, uma vez que as obras de suas três administrações – uma, a cada dez anos, a partir de 1973 – foram decisivas para colocar Mossoró nos trilhos do desenvolvimento.

A dicotomização e a tricotomização do rio Mossoró merecem um destaque especial. Ao construir os “braços” do rio, na década de 1980, o prefeito solucionou em definitivo o problema das enchentes que tomavam o centro comercial da cidade, arrastando a nossa economia a cada período de chuvas intensas, provocando prejuízos irrecuperáveis.

Saúde, educação, cultura e desenvolvimento social tiveram, pelas mãos de Dix-huit, o zelo que precisavam. Antes de se eleger prefeito pela primeira vez, nas eleições de 1972, Dix-huit já olhava e fazia muito por sua terra, na condição de deputado estadual (duas vezes), deputado federal (duas vezes), senador da República e presidente do Instituto Nacional de Desenvolvimento Agrário (INDA), que tinha status de ministério. Foi à frente desse órgão que ele fundou a Escola Superior de Agricultura de Mossoró (ESAM), hoje Universidade Federal Rural do Semiárido (UFERSA).

Para ser um grande administrador, como o foi, Dix-huit teve de ser um vencedor na política, avocando a saga iniciada pelo velho Jerônymo: “O que eu não puder fazer, um filho meu fará.”

Deixou a medicina, afastou-se da condição de militar, para enfrentar os desafios da política. A partir do final dos anos 1940, já deputado estadual, filiado à UDN, ele abraçou a causa de Eduardo Gomes, elegendo-se deputado federal Constituinte, e intensificou a carreira política vitoriosa concluída em 1996, quando morreu administrando Mossoró pela terceira vez.

Há 18 anos.

 

O lamaçal pago pelo contribuinte

A campanha de Henrique Alves (PMDB) decidiu emporcalhar de vez a disputa ao Governo do Estado. Na televisão, no espaço dito gratuito, mas pago pelo bolso do contribuinte, o programa do peemedebista intensificou o arremesso de lama, e agora está acusando o adversário Robinson Faria (PSD) de tudo quanto é ruim. Das duas, uma: ou Robinson é esse “monstro” que Henrique acusa, ou Henrique está desesperado com a derrota que se aproxima. Só que o eleitor-telespectador não tem nada com isso, e a Justiça Eleitoral tem a obrigação de tirar do ar a propaganda com odor fétido.

 

TSE fez a limpeza em nível nacional

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) resolveu a questão da disputa presidencial, tirando do ar os programas que estavam emporcalhando o horário eleitoral de rádio e televisão. Não deixou uma inserção, de conteúdo agressivo, continuar agredindo o eleitor brasileiro. A decisão do TSE deveria – e deve – ser seguida pelo Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN). Essa sujeira não pode continuar.

 

Novos números

O Instituto Certus, o único do RN que se arriscou a tabular números do segundo turno das eleições para governador, libera hoje o resultado de sua pesquisa. Será publicado no blogdobg.com.br. No primeiro turno, Certus foi o único instituto que se aproximou do resultado final.

 

Segue

Até aqui, apenas uma pesquisa foi publicada no segundo turno das eleições potiguares. O Ibope/Intertv Cabugi cravou a virada de Robinson Faria (PSD) com 54% contra 46% do candidato Henrique Alves (PMDB).

 

Onda azul

Estudantes de Medicina da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), em Mossoró, aderiram ao movimento nacional em prol da candidatura do presidenciável Aécio Neves (PSDB).

 

Condenado

O deputado Protógenes Queiroz (PC do B) foi condenado pelo STF a dois anos e seis meses de prisão. Seu crime: vazou informações da Operação Satiagraha a jornalistas quando era delegado da Polícia Federal. Essa operação abriu a porta da política para ele.

 

Sem mandatos, mas candidatos

Dois deputados estaduais que não conseguiram renovar o mandato nas eleições deste ano serão candidatos a prefeito de suas cidades em 2016: Vivaldo Costa (Pros) disputará a Prefeitura de Caicó, um desejo antigo dele; Larissa Rosado (PSB) tentará se eleger prefeita de Mossoró. Lembrando que será a quinta campanha de Larissa à Prefeitura. Nas outras quatro, ela não obteve sucesso.

 

Para descongelar

Os policiais federais estão com os salários “congelados” há seis anos. Essa é a principal razão da paralisação de advertência que a categoria inicia hoje e vai até sexta-feira, 24. A greve de 72 horas também atingirá o RN.

 

Sem futuro

A partir do próximo mês, a operadora de telefonia móvel Vivo vai cortar o sinal da internet do usuário no momento em que acabar os créditos do pré-pago. A mudança vale a partir do dia 6 de novembro.

É NOTÍCIA

1 – Prisão de eleitor, só se for em flagrante, é o que prevê a legislação eleitoral. De acordo com o calendário eleitoral, desde ontem está proibida a prisão de eleitores, imunes até o voto cair na urna.

2 – Uma missa campal vai marcar o aniversário de 172 anos da Paróquia de Santa Luzia. Na próxima segunda-feira, 27, na Praça Vigário Antônio Joaquim, em frente à Catedral de Santa Luzia.

3 – A inflação acumulada dos últimos 12 meses alcança 6,62%, superando o teto da meta do Governo, que é de 6,5%. O IPCA registrou uma taxa de 0,48% em outubro, castigando o consumidor.

4 – A Prefeitura de Mossoró antecipou para segunda-feira, 27, o feriado do Dia do Servidor Público, que transcorre no dia 28. Dessa forma, o Município evita “enforcar” um dia de trabalho.

5 – A peça orçamentária enviada pela Prefeitura à Câmara Municipal para o exercício de 2015 não contempla a Lei de Responsabilidade Educacional. Quase R$ 1,5 bilhão a menos do que o previsto em lei.

 

FRASE

Quem não faz um pouco mais por sua terra, não fará nada pela terra de ninguém.”

JERÔNIMO DIX-HUIT ROSADO MAIA – Prefeito três vezes de Mossoró.


Postado às 05h00 Túnel do Tempo Nenhum comentário Enviar por e-mail

* De 1938 – Invenção da xerox.

* De 1948 – Criação da Escola Superior e de Guerra.

* De 1954 – Morre Oswald de Andrade (José Oswald de Souza Andrade), jornalista, poeta, ensaísta, romancista, dramaturgo e um dos articuladores da Semana de Arte Moderna.

* De 1969 – Congresso é reaberto depois de 10 meses, com objetivo de eleger (referendar) o general Emílio Garrastazu Médici presidente.

* De 1996 – Morre Jerônimo Dix-huit Rosado Maia, três vezes prefeito de Mossoró, duas vezes deputado estadual, duas vezes deputado federal, senador da República e presidente do Instituto Nacional do Desenvolvimento Agrário (INDA).