Postado às 12h24 Eleições 2016 Nenhum comentário Enviar por e-mail

Caminhada Bom Pastor (58)

Em meio a extensa agenda, a candidata à Prefeitura do Natal, Márcia Maia (PSDB), tem priorizado entre seus compromissos de campanha a presença nos bairros de Natal.

Reuniões, caminhadas, visitas a espaços públicos têm servido como ponto de encontro entre a socióloga e moradores dos respectivos lugares.

Nas últimas 48 horas, Márcia visitou oito bairros de diferentes regiões da cidade. O objetivo, segundo ela, é garantir a construção de um projeto democrático e pautado pela voz popular.

“Temos as diretrizes do nosso plano de governo definidas, mas não significa que é um projeto fechado. Temos contado de forma constante com a colaboração de cada pessoa que temos ouvido nos postos de saúde, nas ruas, em cada recanto da cidade”, destaca.

Márcia reforça a importância dessa postura depois das eleições. Para a candidata da coligação A Favor de Natal, o gestor não pode se distanciar da população e decidir os rumos da cidade por “ouvir falar” sobre os problemas.

“É fundamental que o gestor esteja conectado com o cidadão. Ele precisa vivenciar o dia a dia para promover uma gestão para as pessoas, diferente do que Carlos Eduardo tem feito à frente da Prefeitura, ele está longe da realidade das pessoas”, apontou.

Antes mesmo do registro, a candidata participou de uma série de reuniões temáticas com especialistas, ex-gestores e representantes de comunidades de Natal e região Metropolitana para aprofundar o debate e formular propostas para melhorar a administração pública em diversas áreas.


Postado às 12h11 política Nenhum comentário Enviar por e-mail

Lula PB

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, tomou a decisão mais controversa da Operação Lava-Jato na semana passada. Diante da repercussão da reportagem de capa de VEJA, Janot informou que as negociações de delação do empreiteiro Léo Pinheiro, ex-presidente da OAS, estão encerradas.

O vasto material produzido ao longo de cinco meses de tratativas entre a Procuradoria e o empreiteiro foi enviado para o incinerador, eliminando uma das mais aguardadas confissões sobre o escândalo de corrupção na Petrobras.

Para quem vive atormentado desde 2014, quando surgiu a Lava-­Jato, a decisão de Janot representa um alívio ou até a salvação.

Léo PinheiroLéo Pinheiro se preparava para contar os detalhes de mais de uma década de simbiose entre o poder e a corrupção. Em troca de uma redução de pena, o empreiteiro ofereceu aos investigadores um calhamaço com mais de setenta anexos.

São capítulos que mostram como a corrupção se apoderou do Estado em diversos níveis.

VEJA teve acesso ao conteúdo integral de sete anexos que o procurador-­geral decidiu jogar no lixo. Eles mencionam o ex-­presi­den­te Lula, a campanha à reeleição da presidente afastada Dilma Rousseff e, ainda, dois expoentes do tucanato, o senador Aécio Neves e o ministro José Serra. A gravidade das acusações é variável.

Para Lula, por exemplo, as revelações de Léo Pinheiro são letais. Lula é retratado como um presidente corrupto que se abastecia de propinas da OAS para despesas pessoais.

O relato do empreiteiro traz à tona algo de que todo mundo já desconfiava, mas que ninguém jamais confirmara: Lula é o verdadeiro dono do famoso tríplex no Guarujá, no litoral de São Paulo — comprado, reformado e mobiliado com dinheiro de uma conta em que a OAS controlava as propinas devidas ao PT.

triplex de lula no guarujá 2O tríplex do Edifício Solaris é o tema de um dos anexos que narram crimes praticados pelo ex-presidente. O empreiteiro conta que, em 2010, soube, por intermédio de João Vaccari, então tesoureiro do PT, que Lula teria interesse em ficar com o imóvel no prédio.

Vaccari, que está preso, pediu ao empreiteiro que reservasse a cobertura para o ex-presidente. Não perguntou o preço. E quem pagou? Léo Pinheiro responde: “Ficou acertado com Vaccari que esse apartamento seria abatido dos créditos que o PT tinha a receber por conta de propinas em obras da OAS na Petrobras”.

Ou seja: dinheiro de propina pagou esse pequeno luxo da família Lula. Para transformar o que era um dúplex em um tríplex mobiliado, a conta, segundo a perícia, ficou em pouco mais de1 milhão de reais.

Pinheiro esclarece até mesmo se Lula sabia que seu tríplex era produto de desvios da Petrobras. “Perguntei para João Vaccari se o ex-presidente Lula tinha conhecimento do fato, e ele respondeu positivamente”, diz o anexo.

Leia o conteúdo completo na edição impressa da revista VEJA


Postado às 10h28 política Nenhum comentário Enviar por e-mail

Após ouvir cinco depoimentos, o julgamento final do processo de impeachment da presidenta afastada Dilma Rousseff (PT) entra no seu terceiro dia com os depoimentos do ex-ministro da Fazenda Nelson Barbosa e do professor de direito da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj) Ricardo Lodi Ribeiro.

Os dois falam em defesa de Dilma; Barbosa como testemunha e Lodi Ribeiro como informante.

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, que preside o julgamento, acatou pedido de senadores contrários ao impeachment e aceitou o horário com a condição de que não haja pausa nos depoimentos para almoço, como ocorreu nos dias anteriores.


Postado às 05h04 Coluna Nenhum comentário Enviar por e-mail

É hora de luta – 327

O crédito da notícia é do ex-ministro do Turismo e presidente do PMDB do Rio Grande do Norte, Henrique Alves: o novo aeroporto para Mossoró foi incluído entre as prioridades do Ministério de Portos, Transportes e Aviação Civil, dentro do projeto de regionalização aeroportuária.

Segundo Henrique, o governo do presidente Michel Temer (PMDB) vai regionalizar 156 aeroportos em todo o país, sendo 53 no primeiro instante, entre eles Mossoró.

A notícia foi confirmada pelo ministro Maurício Quintella.

A notícia é animadora e respaldada pelo projeto de construção do novo aeroporto de Mossoró que está na gaveta do ministério, antiga Secretaria de Aviação Civil da Presidência Pública, noticiada em 2013 pela coluna, resultado da luta encampada neste canto de página, que chamou a atenção de Henrique, na época presidente da Câmara dos Deputados, que usou a sua influência no Planalto para reforçar o processo.

Por várias vezes a coluna noticiou o projeto acompanhando de perto o seu andamento em Brasília.

Numa correspondência, via e-mail, da Secretaria de Aviação Civil, autorizada pelo então ministro Moreira Franco, a coluna foi informada que o Governo Federal havia previsto investimento de R$ 100 milhões para o novo aeroporto de Mossoró e que os estudos haviam sido contratados, inclusive, com a vinda de técnicos da Agência Nacional da Aviação Civil (ANAC) para escolher a área que receberia o empreendimento.

A Prefeitura de Mossoró, na curta gestão da prefeita cassada Cláudia Regina (DEM), chegou a oferecer cinco opções de terreno, nas saídas para Governador Dix-sept Rosado, região Oeste, e para Tibau, litoral da Costa Branca.

Vale lembrar que a então deputada federal Sandra Rosado (PSB) fez aprovar emenda parlamentar no valor de R$ 40 milhões, no orçamento geral da União de 2013, direcionada para o projeto do novo aeroporto de Mossoró.

Só que o projeto acabou não prosperando, muito por conta da crise econômica que fez o governo Dilma Rousseff (PT) recuar o plano de regionalização de aeroportos.

Inclusive, descendo a plano menor o planejamento de fortalecer a malha aeroviária regional, que incluiria voos a partir de Mossoró.

Pois bem.

A novidade trazida por Henrique Alves é animadora. Se levada a termo, a segunda maior e mais importante cidade do Rio Grande do Norte terá o imprescindível equipamento para retomar o caminho do desenvolvimento local e regional.

É importante que a classe política potiguar se engaje nesse processo, assuma a sua legítima posição em defesa dos interesses da cidade e do Estado.

E daqui, deste canto de página, vamos continuar a campanha pela construção do novo aeroporto, porque é hora de luta.

 

Desemprego

Em sete meses de 2016, o Rio Grande do Norte fechou 15.679 postos de trabalho, segundo o Cadastro Geral de Empregos e Desempregos. Natal foi quem mais sofreu, com 5.910 trabalhadores demitidos.

 

McDia Feliz

Toda a receita do McDonald’s neste sábado, 27, será revertida para entidades que cuidam de crianças com câncer. Para participar, basta ir a um restaurante McDonald’s e pedir um Big Mac. 58 instituições serão beneficiadas no país.

 

Final de semana será movimentado

Mossoró viverá o primeiro final de semana de intensa movimentação de campanha eleitoral. As principais coligações agendaram carreatas, passeatas e comícios em todas as regiões da cidade.

A campanha ganha ritmo, bem no seu início, mas como se já tivesse na reta final, devido o tempo encurtado pela minirreforma eleitoral.

À porta do mês de setembro, estamos a apenas 34 dias das eleições, com dois feriados e cinco domingos no meio do caminho.

O guia eleitoral do rádio e TV, iniciado ontem, não trouxe novidades, mas pode ser dito que as equipes trabalham bem na visualização do conteúdo da TV.

 

Silveira e Tião estão registrados

Silveira Júnior (PSD) e Tião da Prest (PSDB) são os primeiros candidatos à Prefeitura de Mossoró com registros deferidos pela Justiça Eleitoral.

Os demais candidatos aguardam o “ok” do juiz Cláudio Mendes, da 34.ª Zona Eleitoral.

No caso de Rosalba Ciarlini (PP), da coligação Força do Povo, Mendes vai julgar a impugnação apresentada por Silveira e Tião.

O juiz tem prazo até 12 de setembro para deferimento.

 

Atraso

O Governo do Estado vai repassar o duodécimo de agosto aos Poderes somente no dia 30, devido à crise de caixa. É o segundo mês de “atraso”, quebrando o calendário de repasse do dia 20 de cada mês.

O Legislativo, Judiciário, Ministério Público e TCE consomem R$ 113,3 milhões/mês.

 

Segue

A equipe econômica do governo Robinson Faria (PSD) ainda não tem previsão do pagamento dos salários dos servidores referente a agosto. É provável, porém, que repita o calendário de julho, entre os dias 5 e 12.

 

Caso triplex deixa Lula sem saída

A Polícia Federal indiciou o ex-presidente Lula, a sua mulher Marisa Letícia e mais três pessoas por crimes como corrupção ativa, passiva e lavagem de dinheiro.

Trata-se do caso do triplex do Edifício Solaris, no Guarujá, no litoral de São Paulo, e no depósito de bens do ex-presidente.

São indícios fortes, com laudos da PF, que indicam que o cerco está fechado contra Lula.

 

Secretário

O bioquímico George Antunes assume a missão de recolocar nos trilhos a saúde pública do Rio Grande do Norte. O novo secretário tem competência comprovada em gestões passadas. Boa sorte, secretário.

 

Vacina contra H1N1 na “Nossa Clínica”

Em falta em todo o território nacional, a vacina contra o H1N1 é possível encontrar na Nossa Clínica, em Mossoró.

A quantidade é pequena, segundo o empresário Cláudio Montenegro, mas o esforço para conseguir a vacina vai oferecer oportunidade aos mossoroenses.

Lembrando que as unidades públicas de saúde não dispõem da vacina contra a chamada gripe influenza.

 

É NOTÍCIA

1- A Caern suspendeu o abastecimento de água nos conjuntos Abolição III e IV (zona oeste de Mossoró), para consertar o poço 14. A previsão é de restabelecimento na segunda-feira, 29.

2- O Governo do Estado abriu licitação para contratar empresa de vigilância para a sede do DER-RN em Mossoró e do aeroporto Dix-sept Rosado. O pregão será realizado no dia 9 de setembro.

3- Nesta data, em 1987, por decreto do prefeito Dix-huit Rosado, era batizado o Largo Manoel Duarte Ferreira, um dos heróis da resistência ao bando de Lampião. Hoje, Praça da Convivência.

4- O professor Josué Moreira, candidato a prefeito de Mossoró pela coligação PSDC/Psol, será sabatinado hoje pelos advogados. É o segundo encontro da OAB com os postulantes ao Poder.

5- O pagamento da primeira parcela do 13.º dos aposentados e pensionistas colocará R$ 244 milhões em circulação na economia potiguar. Um alento em tempos de poucas vendas.

 

FRASE

“…(tem) uma cracolândia em seu gabinete.”

RONALDO CAIADO – Senador do DEM para o senador Lindberg, do PT, no confronto de baixo nível.


Postado às 05h00 Túnel do Tempo Nenhum comentário Enviar por e-mail

De 1828 – Acordo Brasil-Argentina reconhece o Uruguai como estado tampão.

De 1955 – Presidente Costa e Silva sofre “trombose” e fica afastado do cargo.

De 1955 – Circula a primeira edição do Guiness Book, o livro dos recordes.

De 1974 – Morre o cantor e compositor Lupicínio Rodrigues.

De 1900 – Morre o político brasileiro Afonso Arinos de Mello Franco, que foi deputado, senador e ministro.

De 1999 – Morre dom Hélder Câmara aos 90 anos.


Postado às 18h07 Eleições 2016 Nenhum comentário Enviar por e-mail

Certidão de Quitação Eleitoral de jrio

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) certificou, nesta sexta-feira (26), que o vereador e candidato à reeleição Jório Nogueira (PSD) está em dia com a Justiça Eleitoral.

A certidão (cópia acima) justifica questionamento do Ministério Público, de que Jório estaria em débito, e resolve a situação jurídica do candidato.

Segunda-feira (22), o Ministério Público Eleitoral impugnou (contestou) o pedido de registro da candidatura de Jório Nogueira, entendendo que ele não comprovara, suficientemente, regularização de débito de multa eleitoral, da eleição de 2012.

Entretanto, o vereador reuniu mais documentos e conseguiu provar, oficialmente, de que está adimplente, conforme a Certidão de Quitação Eleitoral, emitida pelo TRE-RN, a pedido do juiz da 34ª Zona Eleitoral, Cláudio Mendes Júnior.

Dessa forma, está sanada toda e qualquer pendência que evite o registro da candidatura de Jório Nogueira à reeleição. “O Ministério Público cumpriu seu papel, e a situação agora está completamente esclarecida”, afirma o candidato.


Postado às 17h55 Eleições 2016 Nenhum comentário Enviar por e-mail
Eleitora mostra à Rosalba o cartaz da primeira campanha pela Prefeitura de Mossoró em 1988 (foto: Carlos Costa)

Eleitora mostra à Rosalba o cartaz da primeira campanha pela Prefeitura de Mossoró em 1988 (foto: Carlos Costa)

A campanha de Rosalba Ciarlini e Nayara Gadelha, candidatas a prefeita e vice-prefeita pela coligação Força do Povo, ganhou ritmo no comércio da Avenida Cunha da Mota, bairro Pereira, na zona central de <ossoró.

Rosalba e Nayara foram recebidas com carinho por moradores e comerciantes, ouviram as demandas das pessoas e apresentaram suas propostas, acompanhadas de candidatos à vereador e militantes da Coligação Força do Povo.

A alegria e o interesse de comerciantes e funcionários da localidade em chegar junto à Rosalba, era visível. Alguns relembravam benefícios feitos por ela em suas gestões anteriores à frente da Prefeitura de Mossoró.

Foi o caso de Junior Pintor, de 55 anos, morador da Ilha de Santa Luzia, que fez questão de ir ao encontro da candidata. “Ela fez muita coisa em Mossoró. Quem foi o outro que fez?! Minha rua mesmo foi pavimentada por ela, por isso vou votar de novo na Rosa”, destacou.

As moradias existentes na avenida também abriram suas portas para receber Rosalba e Nayara. Crianças, jovens, adultos e idosos tinham a mesma atitude sempre que elas chegavam: sorrisos, abraços e muitas selfs para guardar de recordação.

Rosalba 1

A dona de casa, Izélia da Silva, de 67 anos, exaltou as gestões de Rosalba e reclamou da situação atual do posto de saúde da comunidade, a UBS Dr. Heleno Gurgel. “Eu queria que assim que ela assumisse, que resolvesse o problema do posto de saúde. Aí vive faltando médicos. Eu mesma não vou mais lá”, ressaltou ela.

A presença da candidata à vice, Nayara Gadelha, também chamou a atenção, principalmente da juventude. O professor Wladimir Duarte, de 24 anos, e um grupo de amigas, aproveitou a passagem das candidatas para registrar o momento em fotos. Para ele, a presença jovem na chapa enriquece e soma com a experiência de Rosalba.

“Foi a combinação perfeita, porque a juventude tem vigor, dinamismo, criatividade e coragem, que são importantes porque Rosalba também vem com esses alicerces, desde a sua primeira gestão na prefeitura”, afirmou Wladimir.

 


Postado às 16h40 política Nenhum comentário Enviar por e-mail

G1 – Brasília

LulaBandeiraMarcelloCasal4A Polícia Federal (PF) indiciou, nesta sexta-feira (26), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a mulher dele, Marisa Letícia, e mais três pessoas por crimes como corrupção ativa, passiva e lavagem de dinheiro.

O indiciamento foi protocolado no sistema eletrônico da Justiça Federal, no Paraná, no início desta tarde. Os cinco são investigados por supostas irregularidades na aquisição e na reforma de um apartamento tríplex do Edifício Solaris, no Guarujá, no litoral de São Paulo, e no depósito de bens do ex-presidente.

Os outros três indiciados pela PF são o ex-presidente da OAS, José Adelmario Pinheiro Filho (conhecido como Léo Pinheiro); o arquiteto Paulo Gordilho; e, por fim, o presidente do Instituto Lula Paulo Okamotto.

Veja os crimes pelos quais cada um foi indiciado:

Lula – corrupção passiva, falsidade ideológica e lavagem de dinheiro
Marisa Letícia – corrupção passiva e lavagem de dinheiro
Léo Pinheiro – corrupção ativa, falsidade ideológica e lavagem de dinheiro
Paulo Gordilho – corrupção ativa e lavagem de dinheiro
Paulo Okamotto – corrupção passiva, falsidade ideológica e lavagem de capitais

“Foi possível apurar que o casal Luiz Inácio Lula da Silva e Marisa Letícia Lula da Silva foi beneficiário de vantagens ilícitas, por parte da OAS, em valores que alcançam R$ 2.430.193,61 referentes as obras de reforma no apartamento 164-A do Edifícios Solaris, bem como no custeio de armazenagem de bem do casal”, afirmou o delegado federal Márcio Adriano Anselmo, que assina o indiciamento.

O delegado afirma que a reforma no apartamento ocorreu possivelmente no segundo semestre de 2014. Eles afirmam que o valor estimado da obra foi de R$ 777.189,13; os móveis custaram R$ 320 mil; e os eletrodomésticos mais R$ 19.257,24.

triplex de lula no guarujá 2

No documento, o grupo de trabalho da PF para a Operação Lava Jato expõe conversas e trocas de mensagens entre os investigados e ainda fotos do tríplex.

O delegado Márcio Adriano Anselmo menciona “estranheza” pelo fato de Lula negar conhecer Paulo Gordilho, sendo que os dois aparecem juntos em fotos, “demonstrando dessa forma haver relação de proximidade entre os mesmos”.

Granero
De acordo com a Polícia Federal, foi possível depreender que a OAS pagou por cinco anos (entre 2011 e 2016) R$ 21,5 mil mensais para que bens do ex-presidente ficassem guardados em depósito da empresa Granero.

Os pagamentos totalizam, conforme citado pelo delegado, R$ 1,3 milhão. Segundo ele, o montante corresponde a vantagens indevidas pagas pela Construtora OAS em benefício de Lula.

Conforme a PF, as obras de reforma do sítio em Atibaia, no interior de São Paulo, são objeto de apuração em outro inquérito. O mesmo ocorre em relação às suspeitas de que a Lils Palestras – empresa do ex-presidente – foi utilizada para receber valores de empresas citadas na Lava Jato.

O ex-presidente da OAS já foi condenado no âmbito da Operação Lava Jato, em primeira instância, a 16 anos e quatro meses de prisão acusado de cometer os crimes de corrupção ativa, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

Outro lado
O Instituto Lula e a defesa de Paulo Okamotto informaram que, como não tiveram acesso aos detalhes do indiciamento, não têm como se pronunciar. Por meio do Instituto Lula, o ex-presidente reiterou que não é proprietário de nenhum imóvel no Guarujá.

O G1 ligou para Edward de Carvalho, advogado de Léo Pinheiro, mas, até a última atualização desta reportagem, ele não havia atendido. A ligação para o celular de Paulo Gordilho é direcionada para a caixa postal, e a reportagem também tenta contato com a empresa Granero.


Postado às 14h54 Eleições 2016 Nenhum comentário Enviar por e-mail
Tião da Prest, Fafá Rosado, Leonardo Nogueira e Jorge do Rosário no anuncio de apoio (foto: cedida)

Tião da Prest, Fafá Rosado, Leonardo Nogueira e Jorge do Rosário no anuncio de apoio (foto: cedida)

O casal ex-deputado Leonardo Nogueira (DEM)/ex-prefeita Fafá Rosado,(sem partido) anunciou apoio ao candidato a prefeito Tião da Prest (PSDB).

A decisão tomada há alguns dias, mas confirmada no início da tarde desta sexta-feira (26).

Leonardo e Fafá e se juntam a ex-prefeita Cláudia Regina (DEM) no palanque de Tião.

Com isso, o candidato tucano encerra de vez o discurso contra as oligarquias e políticos tradicionais.

No palanque de Tião, assim como nos outros principais concorrentes à Prefeitura, tem representantes dos Rosados, Maias e Alves.


Postado às 11h58 Eleições 2016 Nenhum comentário Enviar por e-mail

Emílio FerreiraO candidato a vereador Emílio Ferreira (PSD) desistiu de desistir.

Ele continua candidato, após uma conversa com o presidente do partido, prefeito Silveira Júnior.

A informação chega ao blog através de sua mãe e líder político, ex-vereadora Maria Lúcia Ferreira.

O blog havia noticiado que Emília tinha desistido, conforme Miranda, outro candidato que havia desistido (leia AQUI).

É a segunda vez que Emílio tenta se eleger vereador para ocupar a cadeira que foi de sua mãe. Nas eleições de 2012 ele foi bem votado, com quase 1.800 votos, ficando na primeira suplência de sua coligação.

Nas eleições desse ano, a disputa é mais concorrida. A sua coligação é formada pelo PSD, PPL e PEN e tem quatro vereadores candidatos à reeleição: Jório Nogueira, Cícera Nogueira, Flavinho Tácito e Claudionor dos Santos, vistos como favoritos.

Além deles, tem ainda os candidatos preferidos do prefeito: Nando, que é tio da primeira-dama Amélia Ciarlini, Fábio Bento e Filhinho, que foram auxiliares do prefeito.