Postado às 15h06 Servidor público Nenhum comentário Enviar por e-mail

Reitor Pedro Fernandes em audiência com a governadora Rosalba Ciarlini

A governadora Rosalba Ciarlini assegurou ao reitor da Universidade do Estado do Rio Grande do norte (UERN), professor Pedro Fernandes, que o Conselho de Política de Administração e Remuneração de Pessoal (COARP) está analisando o pedido de reajuste salarial de professores e técnicos administrativos dainstituição.

Embora não tenha anunciado data, Rosalba disse que o governo tem interesse em dar resposta ao pleito dos servidores nos próximos dias.

“Vamos nos reunir e com os Sindicatos das duas categorias fecharemos as negociações”, afirmou a governadora.

O reitor Pedro Fernandes ressaltou que a expectativa da administração, professores e técnicos administrativos é que haja entendimento com o governo, lembrando que praticamente as pautas entregues pelos dois sindicatos já estão sendo cumpridas pela UERN.

O ponto central que é o reajuste de 57.53% é que está na dependência do COARP.

“O diálogo foi aberto com o governo e também com a Assembleia Legislativa”, lembrou o reitor, acrescentando que todas as etapas das negociações estão sendo acompanhadas e conduzidas pelas representações dos servidores.

Na audiência que contou com a participação do secretário-chefe de gabinete civil do Estado, Carlos Augusto Rosado; chefe de gabinete da UERN, professora Fátima Raquel Rosado de Morais e pró-reitor de Planejamento, Orçamento e Finanças, Wogelsanger Oliveira Pereira, o reitor elogiou o dialogo com o governo e a postura da ADUERN e SINTAUERN nas negociações.


Postado às 14h26 Eleições 2014 Nenhum comentário Enviar por e-mail

Os candidatos Fafá Rosado e Leonardo Nogueira em visita ao titular do blog César Santos (Foto: Carlos Costa)

No gabinete do titular do blog, nesta sexta-feira (22), o deputado estadual Leonardo Nogueira (DEM), candidato à reeleição, e a ex-prefeita Fafá Rosado (PMDB), candidata à Câmara dos Deputados, demonstraram confiança nas urnas. O casal acredita na vitória, baseado, segundo eles, na reciprocidade do eleitor, principalmente de Mossoró.

A caminhada de Leonardo, que tenta o terceiro mandato consecutivo na Assembleia Legislativa, parece bem menos complicada.

Com base no segundo maior colégio eleitoral do Estado, onde ele obteve mais de 20 mil votos nas eleições de 2010, o deputado acredita que é possível ampliar essa votação.

“É o que sinto nas ruas. As pessoas estão nos procurando, nos abraçando e querendo depositar mais um voto de confiança”, justifica.

Leonardo Nogueira acredita que também ampliará a sua votação em outros colégios eleitorais, onde conquistou novos apoios. O deputado tem atuação em todos os municípios oestanos. “Estamos animados, acredito que a nossa campanha está no caminho certo”, disse.

Essa é a terceira campanha eleitoral de Leonardo Nogueira. Ele foi eleito pela primeira vez em 2006, com apoio da então prefeita Fafá, e renovou o mandato em 2010.

Já Fafá Rosado sabe que a luta é mais difícil, em virtude da grande concorrência na chapa para deputado federal. Mesmo assim, a ex-prefeita acredita que a sua candidatura tem despertado o interesse do eleitor e que ela poderá figurar entre os oito eleitos para a Câmara.

Segundo Fafá, o seu nome ultrapassou os limites de Mossoró.

Ela entende que as duas gestões de prefeita (de 2005 a 2012), com alto índice de aprovação popular, chegou ao conhecimento da população de outros municípios e regiões.

“Isso tem me surpreendido. Fiz uma caminhada no Alto Oeste, com Leonardo, e as pessoas me chamavam, querendo me conhecer. Acho que isso é resultado do trabalho que realizamos em Mossoró”, disse.

Fafá Rosado não faz previsão de quanto votos terá, no entanto, mostra-se confiante com a possibilidade de eleição. “Nosso nome tem boa aceitação, por isso, acredito que temos condições de receber uma boa votação.”

Essa é a quarta campanha eleitoral de Fafá Rosado. A primeira, em 2000, ela tentou se eleger prefeita de Mossoró, mas foi vencida pela então prefeita e candidata à reeleição Rosalba Ciarlini, atual governadora do RN.

Quatro anos depois, já com apoio de Rosalba, Fafá foi eleita prefeita de Mossoró, em 2004, e renovou no mandato nas eleições de 2008. Agora, a ex-prefeita sonha chegar a Câmara dos Deputados.


Postado às 05h03 Coluna Nenhum comentário Enviar por e-mail

Discurso de ocasião é certeza de calote eleitoral

Vou solucionar o problema da segurança. Como?

Vou garantir ensino público de qualidade. Como?

Vou assegurar ao cidadão acesso aos serviços de saúde pública. Como?

Essas três áreas, de importância vital para o cidadão que depende do serviço público, são as “armas” que os candidatos a governador do Rio Grande do Norte usam para cabalar votos.

Prometem, prometem, prometem… Porém, sem apresentar projeto concreto que possa transmitir um mínimo de confiabilidade.

Discurso de ocasião, de palanque, para ser mais preciso.

Por que os candidatos não conseguem ser honestos? Por que não dizem, enquanto candidatos, que não terão condições de solucionar esses graves problemas em quatro anos de mandato? Por que não falam que esses problemas não têm solução em curto prazo e que o cidadão terá de sofrer um pouco mais para ver esses serviços funcionando de forma plena? Não seria honesto?

Seria, claro.

No entanto, eles só pensam em ganhar o voto de qualquer forma, inclusive vendendo falsos sonhos.

Vejamos:

A crise na segurança pública não tem solução em curto prazo. Nem é problema exclusivo do Estado do Rio Grande do Norte. Faz parte de um sistema falido nacional, com raízes em outras áreas, como educação, saúde e social, que acabam, com as suas deficiências históricas, afetando o cidadão e o deixando à margem da sociedade.

O que acontece hoje no Rio Grande do Norte, com a escalada da violência vitimando as pessoas como um todo, de bem e bandidos, é consequência do que não foi feito nas últimas décadas, e muito provavelmente continuará assim pelos próximos anos. A crise no setor não se resolve no estalar de dedos. Quem promete isso, está enganando ou tentando enganar o eleitor.

A saúde agoniza na UTI há pelo menos 20 anos. Basta fazer uma pesquisa nos arquivos de jornais para ver reportagens mostrando o caos nos principais hospitais públicos do Estado, com filas intermináveis, mulheres parindo nas calçadas, falta de médicos, remédios e de materiais básicos.

Para resolver esse problema, é preciso, além de um plano bem elaborado, tempo, longo, para ser implantado. Apenas dizer que vai resolver é discurso flácido.

O mesmo se aplica na Educação, que, aliás, é uma das poucas áreas com pontos favoráveis. No atual governo, a Educação avançou, sob todos os aspectos. Isso é incontestável. Mesmo assim, ainda há muito a se fazer, e não é apenas com discurso de palanque que o ensino público de qualidade será consolidado.

Portanto, cuidado com o blablablá. Eles querem apenas o seu voto.

 

Leonardo e Larissa têm luta particular

Os deputados Leonardo Nogueira (DEM) e Larissa Rosado (PSB) centralizam a disputa pelo voto dos mossoroenses à Assembleia Legislativa e travam disputa acirrada, com leitura daqui a dois anos, nas eleições à Prefeitura de Mossoró. Leonardo e Larissa sabem que a boa votação neste ano encaminhará o processo sucessório municipal. Nas eleições de 2010, Leonardo ganhou a disputa, com certa maioria. Só que naquele ano, o deputado tinha o apoio do governo Fafá Rosado, sua esposa. Agora, a máquina da Prefeitura está à disposição do candidato Galeno Torquato.

 

Eleitor tem opções da terra

Na disputa à Câmara dos Deputados, o eleitor mossoroense tem três opções com registro de nascimento e vida fincada em Mossoró: Betinho Rosado Segundo (PP), Fafá Rosado (PMDB) e Sandra Rosado (PSB). Os dois primeiros tentarão o primeiro mandato, enquanto Sandra buscará a quarta vitória consecutiva à Câmara. São nomes da cidade, que respiram a cidade e que sempre trabalharam pela cidade.

 

Doe sangue

Para atender a demanda da cidade e região, o Hemocentro de Mossoró precisa colher pelo menos 277 bolsas de sangue. No entanto, tem conseguido apenas uma média de 100 bolsas; daí, a situação crítica do banco de sangue. O estoque está zerado. Só os doadores podem resolver.

 

Salve vida

Para doar sangue, você precisa apenas apresentar documento válido em todo o território nacional, fazer repouso mínimo de seis horas antes da doação e ter – claro – o sentimento da solidariedade.

 

Riachuelo ‘veste’ Aécio Neves

Os empresários Nevaldo e Flávio Rocha, pai e filho, abraçaram o candidato a presidente Aécio Neves (PSDB). Na área de produção da Guararapes, o tucano conheceu a força do grupo Riachuelo e seus personagens.

 

Tá ruim

A presidente da Petrobras, Graça Foster, caiu em desgraça. O Tribunal de Contas da União vai investigar a transferência de seus bens. Faz parte do lamaçal que inunda a estatal de petróleo.

 

Prefeito se nega a pagar piso salarial

Os servidores de Apodi estão uma “arara” com o prefeito Flaviano Monteiro, que é do PC do B. A categoria reclama que, desde janeiro, ele não cumpre o Plano de Cargos, Carreira e Salários, além de não pagar o piso salarial dos servidores da Educação e Saúde. A decepção se torna ainda maior porque os servidores tinham em Flaviano a esperança de melhor tratamento ao serviço público.

 

Alíquota zero

O Governo prorrogou até dezembro de 2018 a renúncia fiscal na venda de computadores e smartphones. Alíquota zero do PIS e Cofins. Com a renúncia fiscal, o Governo espera a compensação no aumento de produção e vendas.

 

Em baixa

O Brasil registrou o menor número de criação de empregos em julho dos últimos 15 anos. Foram abertos apenas 11.796 postos de trabalho em todo o País, e a presidente Dilma Rousseff vai amargando números negativos.

 

É NOTÍCIA

1 – Hoje, completa 11 anos da morte do médico e ex-vereador Jerônimo Lahyre de Mello Rosado. Era o pai do ex-deputado Laíre Rosado e avô da deputada Larissa e do vereador Lairinho Rosado.

2 – O prefeito Silveira Júnior (PSD) entregou três viaturas à Guarda Municipal e aproveitou a solenidade para cobrar a presença de policiamento nas ruas. Agora, a Guarda tem oito viaturas.

3 – O cantor mossoroense Ewerton Linhares leva hoje o seu MPBahia para o bar das piscinas do Thermas, a partir das 20h. A programação segue amanhã, com o talento de Elizabeth Freitas.

4 –  No lançamento da programação da Feira do Livro de Mossoró 2014, os organizadores confirmaram a presença dos escritores Xico Sá, Bráulio Tavares e Lira Neto. De 3 a 7 de setembro.

5 – O tradicional “Forró da Tenda” apresenta hoje a banda cearense Furacão. Vai se apresentar a partir das 23h, com a participação do cantor mossoroense David Almeida. Na Tenda de Tião da Prest.

 

FRASE

Eles são os mesmos políticos que governam há quarenta anos.”

ROBINSON FARIA – Criticando os adversários e se esquecendo que participou de todos os governos.


Postado às 05h00 Túnel do Tempo Nenhum comentário Enviar por e-mail

* De 1911 – Gioconda, obra de Leonardo da Vinci, é roubada do Louvre. Foi recuperada dois anos mais tarde.

* De 1932 – Primeiro combate aéreo no Brasil, na Revolução Constitucionalista, sem baixas.

* De 1942 – Segundo Guerra: Brasil declara guerra à Itália e Alemanha.

* De 1954 – Brigadeiros, no Clube Aeronáutica, exigem renúncia de Vargas, que responde: “daqui só saio morto”.

* De 1976 – JK morre em acidente automobilístico considerado suspeito na Via Dutra (30 mil pessoas comparecerem ao enterro em Brasília).

* De 1981 – Morre o jornalista e cineasta Glauber Rocha.

* De 2003 – Morre o médico e ex-vereador de Mossoró Jerônimo Lahyre de Mello de Rosado, filho do primeiro Rosado legítimo de Mossoró, Jerônimo Rosado Filho, pai do ex-deputado Laíre Rosado e avó da deputada Larissa Rosado e do vereador Larinho Rosado.


Postado às 23h33 Eleições 2014 Nenhum comentário Enviar por e-mail

A deputada Luiza Erundina (SP) foi designada pelo presidente nacional do PSB como coordenadora-geral da campanha da coligação Unidos Pelo Brasil, que tem Marina Silva como candidata à Presidência e Beto Albuquerque como vice.

A notícia foi divulgada na noite de hoje (21) em nota oficial no site do PSB.

Luiza Erundina substitui Carlos Siqueira, que abandonou a coordenação-geral da campanha de Marina Silva pouco após a nomeação da ex-senadora como candidata à Presidência no lugar de Eduardo Campos, morto em um acidente aéreo no litoral de Santos no último dia 13.


Postado às 23h31 Justiça Eleitoral Nenhum comentário Enviar por e-mail
Ministro João Otávio Noronha durante sessão do TSE.

O Plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) elegeu, na sessão administrativa desta quinta-feira (21), o ministro João Otávio de Noronha para o cargo de corregedor-geral da Justiça Eleitoral.

Ele vai assumir no lugar da ministra Laurita Vaz, que deixará o TSE para assumir a Vice-Presidência do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

O presidente do TSE, ministro Dias Toffoli, informou, durante a sessão administrativa, que a ministra substituta Maria Thereza Rocha de Assis Moura já foi eleita pelo STJ para ocupar o cargo de ministra efetiva do TSE. A posse de Maria Thereza como ministra efetiva será no dia 2 de setembro em sessão solene. No mesmo dia, o ministro João Otávio tomará posse no cargo de corregedor-geral eleitoral.

João Otávio de Noronha, oriundo do Superior Tribunal de Justiça (STJ), tomou posse no TSE como ministro efetivo no dia 30 de setembro de 2013. Mineiro de Três Corações, João Otávio tem 57 anos e é ministro do STJ desde 3 de dezembro de 2002. Formou-se em Direito pela Faculdade de Direito do Sul de Minas, em Pouso Alegre, em 1981, e se especializou, na mesma faculdade, em Direito do Trabalho, Direito Processual do Trabalho e Direito Processual Civil.

* TSE


Postado às 23h27 Cultura Nenhum comentário Enviar por e-mail

A governadora Rosalba Ciarlini participou, na noite desta quinta-feira (21), do lançamento do livro “Perdão”, de Francisco Rodrigues da Costa. O evento foi realizado na sede da Academia norte-rio-grandense de Letras, em Natal, e contou com a presença de imortais e personalidades da capital e do oeste potiguar.

O livro, o quinto do escritor natural de Areia Branca, de 81 anos, é o romance de estreia e foi lançado pelo selo da Sarau de Letras. No escrito, Francisco Rodrigues da Costa registra passagens da própria vida. A obra já havia sido lançada em Mossoró, no dia 31 de julho deste ano.

O autor lançou o primeiro livro, “Saudades”, aos 72 anos. De lá para cá, ele assinou as obras “Folhas de Outonos”, “Caminhos de Recordações” e Becos, Ruas e Esquinas”, com registros da sua atuação como cronista e como colaborador em artigos para jornais de Mossoró.

* Ascom/RN


Postado às 18h59 Cultura Nenhum comentário Enviar por e-mail

A Câmara Municipal de Mossoró realizou Sessão Solene na tarde desta quinta-feira (21), em homenagem aos 60 anos da publicação do Dicionário do Folclore Brasileiro, obra do potiguar Luís da Câmara Cascudo e o Folclore Brasileiro, atendendo proposição do vereador Soldado Jadson, que presidiu a solenidade.

A Sessão contou com a presença do Presidente Nacional do Folclore, Severino Vicente; da Secretária Municipal de Cultural, Isolda Dantas; do Presidente da Comissão Mossoroense do Folclore, Francisco Rogenildo Dantas (COMFOLC); da Presidente da Academia de Letras e Artes Mossoroense (AFLAM), Joana D’Arc Coelho; e de Quinaura Joana da Silva, conhecida na cultura mossoroense como a Rainha do Boi, grande homenageada da sessão.

Dona Quinaura Joana, “Rainha do Boi”, foi homenageada

A vida de Quinaura foi retratada através de um vídeo exibido aos presentes. Aos 97 anos, Quinaura mantém viva a tradição do Bumba meu Boi em Mossoró. O presidente da Comissão Mossoroense do Folclore , Rogenildo Silva, solicitou, durante a sessão, para que Mossoró institua a lei do patrimônio vivo, com o objetivo de preservar as manifestações culturais e populares da cultura mossoroense através de uma pensão vitalícia aos representantes dessa cultural.

O presidente do Folclore, Severino Vicente, chamou a atenção para a necessidade de investimento na preservação da cultura popular. “A cultura é a maior forma de inclusão social. O Brasil possui a maior diversidade cultural do planeta e o folclore organiza essa diversidade. É preciso mapear a cultura popular de Mossoró e salvaguardar o que ainda existe da cultura popular de Mossoró”, afirmou.

O vereador Soldado Jadson colocou seu mandato à disposição do Comitê do Folclore e afirmou que irá elaborar e apresentar o projeto na Câmara.

Além do Soldado Jadson, esteve presente à sessão, os vereadores Nacízio Silva e Vingt-Un Neto.

* Ascom/Câmara Municipal de Mossoró


Postado às 17h49 Eleições 2014 Nenhum comentário Enviar por e-mail

Na visita a fábrica Guararapes, em Natal, o candidato a presidente Aécio Neves (PSDB) recebeu o apoio dos empresários Nevaldo Rocha e Flávio Rocha, pai e filho, donos da gigante Riachuelo.

Aécio conheceu o parque industrial e foi apresentado pelos Rochas como o nome capaz de transformar o País.

Nevaldo, como sempre gosta de fazer, dirigiu o caro que percorreu toda a área de produção. Aécio conversou e abraçou as pessoas, pedindo o voto de confiança.

O tucano saiu empolgado da visita.


Postado às 06h03 Eleições 2014 Nenhum comentário Enviar por e-mail

Que o prefeito de Pau dos Ferros, Fabrício Torquato (DEM), não engoliu a adesão do seu grupo, liderado pelo ex-prefeito Leonardo Rêgo (DEM), ao palanque do PMDB do adversário Nilton Figueiredo, não é segredo na capital do Alto Oeste.

Todo mundo sabe que Fabrício ficou constrangido com a mudança de discurso de Leonardo Rêgo, ao se transferir para o palanque liderado por Figueiredo, que era acusado pelo próprio Leonardo como responsável por arrasar a cidade de Pau dos Ferros.

Além disso, Leonardo deu várias entrevista afirmando que era político de palavra e que a possibilidade de subir no palanque do PMDB era zero.

Como Leonardo mudou da camisa e de discurso e agora é aliado do PMDB de Nilton Figueiredo, o prefeito pau-ferrense tem a oportunidade mostrar à população de sua cidade que ele não muda de discurso, nem de palavra, e que não aceita conviver com quem arrasou Pau dos Ferros.

Ademais, Fabrício não suporta Nilton Figueiredo, acusado por ele de ter expulsado a sua mãe, ex-vice-prefeita Maria do Rêgo Torquato, dos quadros do PMDB. Por isso, não queria dividir palanque com o inimigo em nome da candidatura de Henrique Alves ao Governo do Estado.

A imposição de Leonardo Rêgo fez o prefeito engolir a seco, pelo menos de público.

Nos bastidores, porém, há quem diga que Fabrício não descarta a possibilidade de fazer a travessia para apoiar a candidatura de Robinson Faria (PSD).

Pessoas próxima de Fabrício são os maiores incentivadores. Eles defendem que o prefeito tem que romper agora com o ex-prefeito, pois sabem que em 2016 Leonardo Rêgo vai querer a Prefeitura de volta, e como tem o controle do DEM local, não dará legenda para Fabrício concorrer à reeleição.

Fabrício deu sinais de que pode seguir para o palanque distante de Nilton, Leonardo e o PMDB.

Na noite de ontem (20) anunciou apoio à candidatura da deputada petista Fátima Bezerra ao Senado Federal. A decisão contraria o comandante do DEM, senador José Agripino, que não suporta o PT nem Fátima.

O prefeito levou todo o seu grupo para Fátima Bezerra, com destaque para o presidente da Câmara, Bolinha, os vereadores Gordo do Bar, Guga Bessa, Gibson Rêgo e Eraldo Alves, além do vereador licenciado Manuel Florêncio e a vereadora Marta, afastada para ser secretária.

Como se sabe, Fátima é a senadora de Robinson Faria.

Por gravidade, fica aberto o caminho para a travessia do prefeito.

Se vai acontecer, só o futuro bem próximo dirá.