Postado às 06h05 Eleições 2014 Nenhum comentário Enviar por e-mail

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou hoje (22) o perfil dos candidatos às eleições de outubro. Segundo o tribunal, 24,9 mil candidatos vão disputar 1.709 vagas para os cargos de deputado federal, estadual e distrital, senador, governador e presidente da República, além de suplentes para o Senado e vices.

De acordo com o levantamento, o cargo mais concorrido é o de deputado distrital. São 1.003 candidatos para 24 vagas, o que representa uma concorrência de 41,79 por vaga. Deputado federal e estadual têm concorrência de 13,19 candidatos por vaga e 15,71 candidatos por vaga,  respectivamente.

O partido que mais tem candidatos é o PT, com 1.323, seguido pelo PSB (1.264); PSOL (1.221); PMDB (1.198); PV (1092) e PSDB (1086). A legenda com menos candidatos é o PCO (46).

De acordo com o grau de instrução, 45 % dos candidatos (11.429) têm curso superior completo. Cerca de 30% tem ensino médio completo, e 1% (254) apenas lê e escreve.

O número de mulheres que vão disputar as eleições de outubro subiu em relação ao pleito de 2010, quando 5.056 registraram candidaturas (22,4 %  do total). Este ano, serão 7.437 mulheres (29,81% do total de candidatos).

Com relação à faixa etária, os dados mostram que 60% dos registros são de candidatos que têm entre 40 e 59 anos. Três registros são de pessoas maiores de 100 anos. A maioria dos pedidos de registros são de empresários (9,3%); advogados (5,5%); deputados (4,28%) e vereadores (4,21%).

Os números poderão ser atualizados até o dia da eleição, pois os pedidos de registro ainda serão julgados pelos juízes eleitorais e novas informações devem ser recebidas pelos tribunais regionais eleitorais.  Após a decisão da Justiça Eleitoral, os candidatos estão aptos a concorrer. Além disso, as coligações podem mudar os candidatos que escolheram.

A entrega do registro não garante a participação do político nas eleições. Após parecer do Ministério Público Eleitoral, os pedidos são julgados por um juiz eleitoral, que verifica se as formalidades foram cumpridas.

Para estar apto a concorrer às eleições de outubro e ter o registro deferido pela Justiça Eleitoral, além de não se enquadrar na Lei da Ficha Limpa, os candidatos devem apresentar declaração de bens, certidões criminais emitidas pela Justiça, certidão de quitação eleitoral que comprove inexistência de débito de multas aplicadas de forma definitiva, entre outros documentos, como previsto na Lei das Eleições (Lei 9.504/97).

O primeiro turno do pleito deste ano será em 5 de outubro. O segundo está marcado para o dia 26, nos casos de eleições para governador ou à Presidência da República em que o primeiro colocado não obtiver 51% dos votos válidos, excluídos os brancos e nulos.

* Agência Brasil


Postado às 05h06 Eleições 2014 Nenhum comentário Enviar por e-mail

Nova pesquisa Ibope, publicada na noite desta terça-feira (22), mostra a presidente Dilma Rousseff (PT) com 38% da intenção de votos, seguida do senador Aécio Neves (PSDB), com 22%, e o ex-governador Eduardo Campos (PSB), com 8%.

Na pesquisa anterior, Dilma apareceu com 39%; Aécio com 21% e Campos com 10%. Houve então uma subida tímida do tucano, ligeira queda de Dilma e descida de Campos, mas tudo dentro da margem de erros.

Veja os números da pesquisa:

- Dilma Rousseff (PT): 38%

- Aécio Neves (PSDB): 22%

- Eduardo Campos (PSB): 8%

- Pastor Everaldo (PSC): 3%

- Luciana Genro (PSOL): 1%

- Zé Maria (PSTU): 1%

- Eduardo Jorge (PV): 1%

- Eymael (PSDC): 0%

- Levy Fidelix (PRTB): 0%

- Mauro Iasi (PCB): 0%

- Rui Costa Pimenta (PCO): 0%

- Branco/nulo: 16%

- Não sabe/não respondeu: 9%

Encomendada pela TV Globo e pelo jornal “O Estado de S. Paulo”, a pesquisa é a primeira do Ibope após o registro das 11 candidaturas a presidente no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), no último dia 5.


Postado às 05h02 Coluna Nenhum comentário Enviar por e-mail

Quem tem coragem de acabar o camelódromo?

O problema de acessibilidade no centro comercial de Mossoró continua desafiando as autoridades. As calçadas tomadas por quiosques, bancas e depósitos de produtos e parte da pista de rolamento obstruída por tudo que se imagina. Na Rua Coronel Gurgel, a principal artéria do centro da cidade, o caos tomou conta faz tempo.

O quadro se repete na Vicente Saboia, Santos Dumont, Augusto Severo, Idalino de Oliveira e, principalmente, na Praça da Independência, área que compreende o Mercado Público Central “Manoel Teobaldo dos Santos”.

Há um sem número de pequenos comerciantes atuando em todo o centro comercial. Provavelmente, sem o devido registro ou controle do Município. Eles foram chegando e se instalando, não respeitando critérios, muito menos respeitando o Código de Postura.

Aliás, ninguém ou quase ninguém respeita o Código de Postura.

O fato é que o problema se tornou grande e de solução difícil, tendo em vista que, além da questão da acessibilidade, tem o papel social.

Como retirar os camelôs das calçadas, sem um local para alojá-los e deixá-los sem o ganha-pão de cada dia?

O Ministério Público se envolveu na questão e definiu prazos para o Município encontrar uma solução, além de definir data para a saída dos camelôs do centro comercial. Não aconteceu uma coisa nem outra.

A Câmara Municipal, por meio do vereador Jório Nogueira (PSD), estabeleceu o debate, com sugestão de a Prefeitura estruturar o novo espaço para os pequenos comerciantes. Ideia aceitável, porém não avançou.

Antes, na primeira gestão da prefeita Fafá Rosado (PMDB), foi sugerido transformar o Mercado Público Central em shopping popular, para concentrar o comércio do centro comercial, alojando os pequenos comerciantes e camelôs.

O projeto, infelizmente, não prosperou e não surgiu qualquer outro projeto. E, pelo visto, não há solução, muito menos previsão de que o problema possa ser resolvido.

Pior para a população, que continua enfrentando enorme dificuldade para circular nas calçadas e ruas obstruídas pela enorme feira livre em toda a extensão do centro comercial.

 

Mossoró vai com três ‘dobradinhas’

O eleitor mossoroense terá a opção de três dobradinhas (federal/estadual) nas eleições de outubro: 1 – Sandra Rosado/Larissa Rosado (PSB); 2 – Fafá Rosado (PMDB)/Leonardo Nogueira (DEM); 3 – Betinho Rosado (PP)/Francisco José (Pros). Cada uma com a sua história: Sandra e Larissa, mãe e filha, são candidatas juntas desde as eleições de 2002; Fafá e Leonardo, casados, vão experimentar pela primeira vez; e Betinho e Francisco José repetirão a parceria vitoriosa das eleições de 1994, quando se elegeram pela primeira vez à Câmara dos Deputados e Assembleia Legislativa, respectivamente.

 

Números abalam a presidente

Nunca, um governante conseguiu reeleger-se com menos de 35% de aprovação popular. A presidente Dilma Rousseff (PT) aparece na pesquisa Datafolha, com 32%, o menor índice desde o primeiro mês do seu governo. A sua reprovação alcança patamares altíssimos, com 29% de ruim e péssimo. A tendência é piorar, na medida em que os adversários forem ganhando maior projeção no cenário da sucessão presidencial.

 

Daqui a pouco…

O ex-Polegar Rafael Ilha foi preso de novo, indiciado por tráfico internacional de armas. Daqui a pouco, assim como nas outras vezes em que foi preso por tráfico de drogas, assalto, sequestro e formação de quadrilha, ele deverá reaparecer em algum programa de televisão, como se fosse uma vítima. Chorando, claro.

 

Segue

É preciso entender que Rafael Ilha há tempo deixou de ser uma criança desprotegida e passou a representar uma ameaça à sociedade. É assim que ele deve ser visto. E preso.

 

Sinalização

A direção do Partage Shopping Mossoró decidiu instalar placas indicando a sua localização, devido à ineficiência de sinalização do município. As placas estão distribuídas nas principais avenidas de acesso ao centro comercial.

 

IstoÉ

O senador José Agripino Maia tá uma “pilha” com a revista IstoÉ, que o acusou de negociar o silêncio do seu partido, o DEM, em troca da liberação de emendas parlamentares. Maia jura que não fez isso.

 

Pena milionária deve servir de alerta

A condenação de um servidor público de Serra do Mel para pagar mais de R$ 1 milhão serve de alerta a quem embolsa ou deixa embolsar recursos públicos. Na decisão da Justiça Federal, Joanilson Andriely da Silva terá de devolver mais de R$ 300 mil e pagar uma multa de R$ 901 mil. Ele desviava recursos do Imposto Sobre Serviços (ISS). Ele já havia sido condenado em outra ação penal.

 

Dunga, Dunga, Dunga…

Dunga, apresentado ontem como novo técnico da Seleção Brasileira, disse que não se sente rejeitado pela torcida. Bem ao seu estilo, ignora os 85% dos brasileiros que rejeitam o seu nome na Canarinha.

 

Chá beneficente

A Associação de Apoio aos Portadores de Câncer de Mossoró e Região (AAPCMR) agendou para o dia 7 de agosto a 17.ª edição do “Chá Beneficente”. O evento tem objetivo de arrecadar recursos para a manutenção da casa.

 

É NOTÍCIA

1 – Em Natal, a Prefeitura sancionou a lei municipal que torna obrigatório o registro e licenciamento de ciclomotores, as populares “cinquentinhas”. Em Mossoró, elas continuam livres. E leves.

2 – A UFRN marcou para a próxima sexta-feira, 25, a aula inaugural do Curso de Medicina Multicampi em Caicó. A turma da nova graduação inicia o primeiro semestre letivo segunda-feira, 28.

3 – O desembargador aposentado Manoel Onofre Jr. lança hoje o livro “Chão dos Simples”, edição comemorativa de 30 anos, pela Sarau. Às 18h, na Academia Norte-rio-grandense de Letras.

4 –  O Senac está oferecendo  160 vagas para cursos presenciais pelo Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica. Inscrição até sexta-feira, 25: sisutec.mec.gov.br.

5 – O caraubense Alexandre Henrique, que foi locutor de Wilma de Faria (PSB) desde as eleições de 2002, mudou de palanque. Vai trabalhar com o candidato a governador Robinson Faria (PSD).

 

FRASE

Foi uma notícia irresponsável, sem fontes nem fatos..”

JOSÉ AGRIPINO MAIA – Defendendo-se da acusação de ter negociado o silêncio do DEM com o governo do PT.


Postado às 05h00 Túnel do Tempo Nenhum comentário Enviar por e-mail

* De 1840 – Pedro II – decretação de maioridade, o que o torno imperador aos 14 anos.

* De 1883 – O primeiro sistema de iluminação elétrica é inaugurado em Campos, no Rio de Janeiro.

* De 1922 – Fundação do Partido Comunista Chinês, com apenas 57 militantes.

* De 1932 – Morre Santos Dumont. Suicídio teria sido motivado pela depressão pelo uso militar do seu invento.

* De 1991 – Última Hora deixa de circular, já sem o domínio do fundador Samuel Wainer.


Postado às 14h30 Eleições 2014 Nenhum comentário Enviar por e-mail

Até as 14h de ontem (21), o Sistema de Divulgação de Candidaturas (DivulgaCand 2014) do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) havia contabilizado 11 pedidos de registro de candidatos a presidente da República, 171 a governador de Estado, 181 a senador, 6.749 a deputado federal, 16.235 a deputado estadual e 1.003 a deputado distrital (DF) nas Eleições Gerais de 2014.

Os pedidos de candidaturas estão em avaliação pela Justiça Eleitoral. É importante destacar que o DivulgaCand 2014 está sujeito a atualização  de dados, sendo que eventuais números podem apresentar alterações em futuras consultas.

São Paulo e Alagoas, com nove cada um, e Minas Gerais, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, com oito cada, são os estados com mais pedidos de registro de candidatos a governador. Para o cargo de senador o estado do Pará lidera (11), seguido de Amapá e São Paulo, os dois com dez pedidos de registro cada.

São Paulo e Rio de Janeiro detêm mais pedidos de candidatos a deputado federal, no caso 1.354 e 1.068. São Paulo (1.987) e Rio de Janeiro (1.977) têm também mais pedidos de registro a deputado estadual. São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro são os estados com mais vagas na Câmara dos Deputados, respectivamente 70, 53 e 46.

Acre, Roraima e Ceará, com quatro cada um, têm menos pedidos de registro de candidatos a governador. Igualam-se, com quatro candidatos ao Senado cada, o Acre e o Ceará.

Tocantins (55) e Acre (63) têm menos pedidos para deputado federal. Já Sergipe (174) e Piauí (245) foram os estados que receberam os menores números de registro para deputado estadual.

* TSE


Postado às 13h56 Gerais Nenhum comentário Enviar por e-mail

O estado de saúde do escritor Ariano Suassuna é grave, mas estável, segundo boletim do Real Hospital Português, do Recife, onde Suassuna está internado. O escritor está em coma e respira com a ajuda de aparelhos.

Ele passou mal em casa, na noite de ontem (21), e foi levado ao hospital por volta das 20h, após sofrer um acidente vascular cerebral (AVC) do tipo hemorrágico. Às 23h, terminou a cirurgia de emergência para a colocação de dois drenos, com o objetivo de controlar a pressão intracraniana provocada pelo AVC. Desde então, o escritor está internado na UTI Neurológica, sem previsão de alta.

No ano passado, o escritor sofreu um infarto, e dois dias depois de receber alta, deu entrada novamente ao hospital por causa de um aneurisma cerebral.

Na última sexta-feira (18), Ariano Suassuna participou de uma aula-espetáculo, no Festival de Inverno de Garanhuns, no agreste pernambucano

O escritor, dramaturgo e poeta Ariano Suassuna, 87 anos, nasceu na Paraíba, mas mora no Recife. É autor de peças teatrais, como O Auto da Compadecida, e de romances, como A Pedra do Reino.

* Agência Brasil


Postado às 11h36 Saúde Nenhum comentário Enviar por e-mail

O sistema telefônico do Serviço Móvel de Atendimento de Urgência (SAMU 192/RN) está passando por uma manutenção.

As pessoas que precisarem do serviço na Região Metropolitana de Natal e interior do estado deverão fazer seus chamados pelo telefone 190.

Já as ligações para o SAMU Natal e SAMU Mossoró podem ser feitas normalmente pelo 192.

* Sesap/RN


Postado às 11h24 política Nenhum comentário Enviar por e-mail

A revista IstoÉ, edição da semana, acusa o senador José Agripino Maia, presidente do DEM nacional e do Rio Grande do Norte, de ter negociado o silêncio do partido em troca de liberação de emendas parlamentares.

De acordo com a publicação, o senador teria feito parte de um jogo que não chegar ao conhecimento do eleitor, que é exatamente negociar interesses individuais em detrimento da seriedade da atividade pública.

Maia nega que tenha feito isso. Inclusive, desafia algum membro do governo a provar que ele fez tal negociata.

“Foi uma notícia irresponsável, sem fontes nem fatos. A única possível fonte citada pela revista é o ministro Ricardo Berzoini, com quem eu teria me reunido. Desafio o ministro a provar a existência de qualquer reunião comigo ou com qualquer representante do DEM”, disse, em entrevista ao Novo Jornal, de Natal.


Postado às 10h34 Eleições 2014 Nenhum comentário Enviar por e-mail

O candidato a governador Henrique Alves (PMDB) conquistou o apoio do prefeito de Assu, Ivan Júnior (Pros), e mais 12 vereadores. De governo e de oposição.

Ivan Júnior, porém, jura que não subirá no mesmo palanque que estará o deputado George Soares (PR), seu desafeto político e pessoal.

O prefeito diz que Henrique fará campanha na cidade na sua companhia; e o vice de Henrique, deputado João Maia (PR), ficará com George Soares. Ou seja, dois palanques em torno da mesma chapa.


Postado às 05h20 Eleições 2014 Nenhum comentário Enviar por e-mail

O dramalhão do grupo político do deputado Getúlio Rêgo (DEM) tem mais um capítulo na próxima quinta-feira (24).

O deputado reunirá a sua militância em Pau dos Ferros para ouvir os candidatos a governador Fábio Faria (PSD) e ao Senado Fátima Bezerra (PT), para o pedido de apoio que os dois farão.

A reunião acontecerá no Cândice Buffet, em horário a ser definido.

Na última sexta-feira (18), o grupo de Getúlio ouviu o pedido de apoio dos candidatos Henrique Alves (PMDB) e Wilma de Faria (PSB).

Antes, Henrique e Wilma se reuniram com o grupo do ex-prefeito Nilton Figueireido, inimigo político e pessoal de Getúlio e do seu filho, ex-prefeito Leonardo Rêgo (DEM).

Getúlio sabe que os seus correligionários não admitem dividir palanque com Nilton Figueiredo, mas se mantém próximo de Henrique por pressão do senador José Agripino Maia, mandatário do Democratas.