Sexta-Feira, 19 de janeiro de 2018

Postado às 15h00 | 10 Jan 2018 | Ney Robson  A importância da vitamina D em nosso organismo

A Vitamina D é, na realidade, um hormônio lipossolúvel essencial para o perfeito funcionamento do nosso organismo, afinal ele controla 270 genes e, participa de diversos processos fundamentais em nosso organismo. Atua no metabolismo dos ossos e dos dentes, no sistema imunológico, no aparelho cardiovascular. É também importante na proteção contra o desenvolvimento de câncer, através do controle da expressão dos genes. Junto à C ela é sempre lembrada na prevenção de gripes e de resfriados.

Sabemos que a  principal fonte desta Vitamina é o Sol, através dos raios ultravioletas do tipo B, que são capazes de ativar a síntese desta substância, no entanto alguns alimentos podem fornecer Vitamina D em especial Peixes como Salmão, Sardinha, Atum, Frutos do Mar, Ovos Caipira, Manteiga entre outros.


https://www.annamenezes.com.br/wp-content/uploads/2017/08/03-anna-menezes-blog-4.jpg
A importância da Vitamina D está ligada principalmente ao sistema imunológico fortalecendo a defesa do nosso corpo, entretanto estudos mostram influência no desenvolvimento cerebral, sistema respiratório, equilíbrio muscular e na prevenção de câncer.


https://www.annamenezes.com.br/wp-content/uploads/2017/08/02-anna-menezes-blog-4.jpg
Sabendo que o Sol é responsável por 80 a 90% da Vitamina D que o corpo recebe, é interessante tomar um banho de sol diário de 10 a 20 minutos.

Em se tratando de casos de deficiência de Vitamina D pela produção do organismo, esta pode ser suplementada. Procure sempre orientação médica especializada e faça exames regulares para o equilíbrio do seu corpo.

https://www.annamenezes.com.br/wp-content/uploads/2017/08/01-anna-menezes-blog-4.jpg
 

Alguns alimentos, especialmente peixes gordos, são fontes de vitamina D, mas é o sol o responsável por 80 a 90% da vitamina que o nosso corpo recebe. Além dos alimentos e raios solares, a vitamina D pode ser obtida através de suplementação quando há a deficiência e para a prevenção e tratamento de diversas doenças.

A vitamina D é indicada para a manutenção do tecido ósseo, ela também influencia no sistema imunológico, sendo essencial para o tratamento de doenças autoimunes, como a artrite reumatoide e a esclerose múltipla e no processo de diferenciação celular. A ausência deste nutriente favorece 17 tipos de câncer.

Além disso, a vitamina D age na secreção hormonal e em diversas doenças crônicas não transmissíveis, entre elas a síndrome metabólica que tem como um dos componentes o diabetes tipo 2.

Vitamina D Benefícios:

- Fortalece os ossos: a vitamina D é necessária para a absorção do cálcio pelos ossos. O cálcio é responsável por fortalecer ossos e dentes. A deficiência deste nutriente pode causar o raquitismo na infância e a osteoporose na vida adulta;

- Protege o coração: ela participa do controle das contrações do músculo cardíaco, necessárias para bombear o sangue para o corpo. Além disso, ela permite o relaxamento dos vasos sanguíneo e influencia na produção do principal hormônio regulador da pressão arterial, a renina;

- Gravidez segura: ela é muito importante para as gestantes. No primeiro trimestre a falta dela pode levar a abortos. Em casos de abortos múltiplos no início da gravidez, pode ser que o sistema imunológico da mãe esteja rejeitando a implantação do embrião. Como a vitamina D age no sistema imunológico, ela pode auxiliar nesse problema;

- Benéfica para os músculos: a vitamina D contribui para a força muscular, portanto, sua ausência leva a perda dessa força e aumenta o risco de quedas e fraturas..

Vitamina D, com a Cardiologista Claudinelli Aguilar

O sol em horários das 10 às 16 horas é essencial para a absorção da Vitamina D no organismo. De 15 a 20 minutos, e sua dose já estará sendo aproveitada, principalmente, nos ossos.

Estudos indicam que 80% dos adultos, sofrem com a deficiência da vitamina D, pela baixa exposição ao sol. Para resolver o problema, vale lançar mão da suplementação, tudo sob orientação profissional.

 

É fundamental e muito simples saber como anda o nível de Vitamina D em seu organismo ,basta que seu médico solicite um exame de sangue intitulado 25-Hidroxivitamina D. Mantenha a prática pelo menos a cada 180 dias, para monitorar o alcance das metas .É importante salientar que não há uma dose padrão para a reposição. Isso é individual e deve ser determinado pelo grau de deficiência aferida no exame de sangue. Por outro lado, é necessário acompanhamento médico e laboratorial dos níveis paratormônios (o hormônio da paratireoide) e de cálcio no sangue. Este último deve ser medido também na urina, para não ultrapassar os níveis saudáveis.

 A importância da vitamina D em nosso organismo .

A Vitamina D é, na realidade, um hormônio lipossolúvel essencial para o perfeito funcionamento do nosso organismo, afinal ele controla 270 genes e, participa de diversos processos fundamentais em nosso organismo. Atua no metabolismo dos ossos e dos dentes, no sistema imunológico, no aparelho cardiovascular. É também importante na proteção contra o desenvolvimento de câncer, através do controle da expressão dos genes. Junto à C ela é sempre lembrada na prevenção de gripes e de resfriados.

Sabemos que a  principal fonte desta Vitamina é o Sol, através dos raios ultravioletas do tipo B, que são capazes de ativar a síntese desta substância, no entanto alguns alimentos podem fornecer Vitamina D em especial Peixes como Salmão, Sardinha, Atum, Frutos do Mar, Ovos Caipira, Manteiga entre outros.


https://www.annamenezes.com.br/wp-content/uploads/2017/08/03-anna-menezes-blog-4.jpg
A importância da Vitamina D está ligada principalmente ao sistema imunológico fortalecendo a defesa do nosso corpo, entretanto estudos mostram influência no desenvolvimento cerebral, sistema respiratório, equilíbrio muscular e na prevenção de câncer.


https://www.annamenezes.com.br/wp-content/uploads/2017/08/02-anna-menezes-blog-4.jpg
Sabendo que o Sol é responsável por 80 a 90% da Vitamina D que o corpo recebe, é interessante tomar um banho de sol diário de 10 a 20 minutos.

Em se tratando de casos de deficiência de Vitamina D pela produção do organismo, esta pode ser suplementada. Procure sempre orientação médica especializada e faça exames regulares para o equilíbrio do seu corpo.

https://www.annamenezes.com.br/wp-content/uploads/2017/08/01-anna-menezes-blog-4.jpg
 

Alguns alimentos, especialmente peixes gordos, são fontes de vitamina D, mas é o sol o responsável por 80 a 90% da vitamina que o nosso corpo recebe. Além dos alimentos e raios solares, a vitamina D pode ser obtida através de suplementação quando há a deficiência e para a prevenção e tratamento de diversas doenças.

A vitamina D é indicada para a manutenção do tecido ósseo, ela também influencia no sistema imunológico, sendo essencial para o tratamento de doenças autoimunes, como a artrite reumatoide e a esclerose múltipla e no processo de diferenciação celular. A ausência deste nutriente favorece 17 tipos de câncer.

Além disso, a vitamina D age na secreção hormonal e em diversas doenças crônicas não transmissíveis, entre elas a síndrome metabólica que tem como um dos componentes o diabetes tipo 2.

Vitamina D Benefícios:

- Fortalece os ossos: a vitamina D é necessária para a absorção do cálcio pelos ossos. O cálcio é responsável por fortalecer ossos e dentes. A deficiência deste nutriente pode causar o raquitismo na infância e a osteoporose na vida adulta;

- Protege o coração: ela participa do controle das contrações do músculo cardíaco, necessárias para bombear o sangue para o corpo. Além disso, ela permite o relaxamento dos vasos sanguíneo e influencia na produção do principal hormônio regulador da pressão arterial, a renina;

- Gravidez segura: ela é muito importante para as gestantes. No primeiro trimestre a falta dela pode levar a abortos. Em casos de abortos múltiplos no início da gravidez, pode ser que o sistema imunológico da mãe esteja rejeitando a implantação do embrião. Como a vitamina D age no sistema imunológico, ela pode auxiliar nesse problema;

- Benéfica para os músculos: a vitamina D contribui para a força muscular, portanto, sua ausência leva a perda dessa força e aumenta o risco de quedas e fraturas..

Vitamina D, com a Cardiologista Claudinelli Aguilar

O sol em horários das 10 às 16 horas é essencial para a absorção da Vitamina D no organismo. De 15 a 20 minutos, e sua dose já estará sendo aproveitada, principalmente, nos ossos.

Estudos indicam que 80% dos adultos, sofrem com a deficiência da vitamina D, pela baixa exposição ao sol. Para resolver o problema, vale lançar mão da suplementação, tudo sob orientação profissional.

 

É fundamental e muito simples saber como anda o nível de Vitamina D em seu organismo ,basta que seu médico solicite um exame de sangue intitulado 25-Hidroxivitamina D. Mantenha a prática pelo menos a cada 180 dias, para monitorar o alcance das metas .É importante salientar que não há uma dose padrão para a reposição. Isso é individual e deve ser determinado pelo grau de deficiência aferida no exame de sangue. Por outro lado, é necessário acompanhamento médico e laboratorial dos níveis paratormônios (o hormônio da paratireoide) e de cálcio no sangue. Este último deve ser medido também na urina, para não ultrapassar os níveis saudáveis.

 

Tags:

vitamina. Saúde

voltar

Conexão Saúde

Ney Robson Vieira Alencar é especialista em Implantodontia com Pós-graduação em Prótese Dental/USP. Atende na Oral Clínica, localizada à Rua Pedro Velho, 99. Foi secretário de saúde do município de Alexandria (RN) e diretor-geral do Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM) em Mossoró (RN). Assina a coluna Conexão Saúde no Jornal de Fato e no Defato.com.