LEIA MAIS NO G1 - Brasília

">


Quinta-Feira, 19 de outubro de 2017

Postado às 11h15 | 11 Out 2017 | TCU sugere bloqueio de bens de Dilma por prejuízo à Petrobras

Crédito da foto: Arquivo Presidente cassada Dilma Rousseff fez parte do Conselho de Administração da Petrobras

O ministro Vital do Rêgo, do Tribunal de Contas da União (TCU), propôs nesta quarta-feira (11) o bloqueio de bens de ex-membros do Conselho de Administração da Petrobras, entre eles a ex-presidente Dilma Rousseff, para ressarcir a Petrobras pelo prejuízo de US$ 580 milhões causado pela compra da Refinaria de Pasadena, nos Estados Unidos.

A proposta foi feita durante a leitura do voto de Vital. Para que o bloqueio aconteça, é preciso que o plenário do TCU aprove a medida. A decisão deve ocorrer ainda na manhã desta quarta.

Além de Dilma, o ministro propôs o bloqueio de bens de Antônio Palocci, Claudio Luis da Silva Haddad, Fábio Colletti Barbosa, Gleuber Vieira e José Sérgio Gabrielli.

Todos eles eram membros do Conselho de Administração da Petrobras quando foi aprovada a compra de 50% da refinaria de Pasadena, em 2006. Na época, Dilma Rousseff era ministra da Casa Civil no governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e presidia o Conselho de Administração da estatal.

LEIA MAIS NO G1 - Brasília

Tags:

TCU
ministro Vital do Rêgo
Dilma Rousseff
Sérgio Gabrielli
Antônio Palocci
Lula
Petrobras

voltar

AUTOR

César Santos é jornalista desde 1982. Nasceu em Janduís (RN), em 1964. Trabalhou nas rádios AM Difusora e Libertadora (repórter esportivo e de economia), jornais O Mossoroense (editor de política no final dos anos 1980) e Gazeta do Oeste (editor-chefe e diretor de redação entre os anos 1991 e 2000) e Jornal de Fato (apartir dos anos 2000), além de comentarista da Rádio FM Santa Clara - 105,1 (de 2003 a 2011). É fundador e diretor presidente da Santos Editora de Jornais Ltda., do Jornal de Fato, Revista Contexto e do portal www.defato.com.

COTAÇÃO