Domingo, 17 de dezembro de 2017

Postado às 09h30 | 07 Dez 2017 | Primeira-dama surpreende ao anunciar saíde do governo Robinson

Crédito da foto: Assecom/RN Primeira-dama Julianne Faria assumiu posição de destaque no governo Robinson, através de ações da Sethas

A primeira-dama do Rio Grande do Norte, Julianne Faria, anunciou no seu endereço nas redes sociais (instagram) que está deixando o governo. Em longa postagem, a esposa do governador Robinson Faria (PSD) agradeceu a equipe que esteve com ela na Secretaria do Trabalho, Habitação e Assistência Social (SETHAS), citando o nome de cada um, mas não explicou os motivos da decisão.

No ao blog da Thaísa Galvão, a primeira-dama resumiu dizendo que está “cansada” e que a missão no governo está afetando a sua saúde.

O Diário Oficial do Estado, edição de hoje (7), não oficializou a saída de Julianne da titularidade da Sethas, nem apresentou nomeação para o cargo.

No entanto, a decisão é irreversível.

Apesar da questão de cansaço e saúde, alegada por Julianne, a sua decisão sugere especulações políticas, embora ninguém possa questionar os motivos tornados público pela própria primeira-dama.

Julianne sempre foi colocada como o “plano B” eleitoral do governador Robinson, dada a sua atuação nos bastidores e na aparição pública, através dos programas sociais do governo estadual.

MISSÃO

Julianne Faria entende que realizou um grande trabalho nesses quase três anos comandando a Sethas. Ela destaca programas como Restaurante Popular e Café Cidadão.

“Deixo um programa redondo de Restaurantes Populares! Expandi de 24 para 38, deixando processo licitatório de mais 18 restaurantes o que significa 775 mil almoços de qualidade para nossa população mês”, escreveu.

E destacou: “Do Café Cidadão, criado por mim e minha equipe, deixo 12 inaugurados e 10 licitados totalizando 340 mil refeições mês. Deixo pronto também o Sopa Cidadã (ceia proveniente da agricultura família) com 18 mil refeições mês.”

Tags:

Julianne Faria
primeira-dama
Robinson Faria
governo do RN
Sethas

voltar

AUTOR

César Santos é jornalista desde 1982. Nasceu em Janduís (RN), em 1964. Trabalhou nas rádios AM Difusora e Libertadora (repórter esportivo e de economia), jornais O Mossoroense (editor de política no final dos anos 1980) e Gazeta do Oeste (editor-chefe e diretor de redação entre os anos 1991 e 2000) e Jornal de Fato (apartir dos anos 2000), além de comentarista da Rádio FM Santa Clara - 105,1 (de 2003 a 2011). É fundador e diretor presidente da Santos Editora de Jornais Ltda., do Jornal de Fato, Revista Contexto e do portal www.defato.com.

COTAÇÃO