Segunda-Feira, 22 de outubro de 2018

Postado às 11h00 | 10 Fev 2018 | Prefeitura aguarda repasse do governo para regularizar cirurgias

A Prefeitura de Mossoró está trabalhando para regularizar o pagamento da complementação dos hospitais prestadores de cirurgias eletivas de média e alta complexidade na cidade.

No Termo de Cooperação Técnica Financeira entre a Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) e a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) ficou definido que a Prefeitura de Mossoró se responsabilizaria por 40% dos custos das cirurgias de média complexidade e o Governo do RN com os outros 60%, uma vez que o município atende pacientes de outras regiões.

O Governo do RN é também o responsável por 100% dos custos das cirurgias eletivas de alta complexidade. No entanto, até o momento, nenhum valor foi repassado.

O Município está encaminhou nesta sexta-feira (9) a folha de pagamento da complementação dos atendimentos realizados no mês de novembro pelos hospitais Wilson Rosado, APAMIM e Liga Mossoroense de Estudos e Combate ao Câncer.

A Prefeitura está investindo nessa complementação um montante de R$ 809.552,14 cumprindo sua parte do acordo, mas o Governo do RN não encaminhou o valor da sua contribuição de RS 1.214.328,22.

Fonte: Prefeitura de Mossoró

Tags:

Prefeitura
Mossoró
governo
Rio Grande do Norte
cirurgias
recursos
saúde

voltar

AUTOR

César Santos é jornalista desde 1982. Nasceu em Janduís (RN), em 1964. Trabalhou nas rádios AM Difusora e Libertadora (repórter esportivo e de economia), jornais O Mossoroense (editor de política no final dos anos 1980) e Gazeta do Oeste (editor-chefe e diretor de redação entre os anos 1991 e 2000) e Jornal de Fato (apartir dos anos 2000), além de comentarista da Rádio FM Santa Clara - 105,1 (de 2003 a 2011). É fundador e diretor presidente da Santos Editora de Jornais Ltda., do Jornal de Fato, Revista Contexto e do portal www.defato.com.

COTAÇÃO