Domingo, 23 de setembro de 2018

Postado às 10h15 | 10 Mai 2018 | Com troca no comando da Sesap, Mariano pede exoneração do HRTM

Crédito da foto: Reprodução Jarbas Mariano não aceitou interferência política na Saúde

O odontólogo Jarbas Mariano entregou o cargo de diretor-geral do Hospital Regional Tarcísio Maia, o maior e mais importante pronto-socorro do interior do Rio Grande do Norte.

Decisão irreversível.

A notícia dada em primeira-mão pelo repórter Pádua Júnior, da Rádio Difusora de Mossoró, foi confirmada agora pouco por Mariano ao titular do blog:

“Bom dia meu amigo. Passando para agradecer toda atenção que vc, sempre, dispensou a minha pessoa e informar que entreguei o meu cargo de diretor geral do HRTM. Obrigado por tudo e desculpa alguma falha minha. Abraço forte.”

Dois motivos pesaram na decisão.

Primeiro, Jarbas Mariano não admite interferência política na saúde, o que ficou exposto na exoneração do médico George Antunes do cargo de secretário de Saúde Pública do Estado (VEJA AQUI).

“O momento que é político, várias mudanças acontecendo na saúde, etc. então, refleti e achei melhor entregar o cargo”, escreveu em mensagem ao blog via WhatsApp.

Jarbas enalteceu as qualidades de George Antunes, deixando claro que não concordou com a sua exoneração. “Sempre me dei muito bem e aprendi muito (com George). Homem sério, competente e com uma vontade enorme de acertar”, destacou.

O segundo motivo foi pessoal. “Estou entrando em uma nova fase de vida. Meu filho mais novo, concluiu o curso de Odontologia e está precisando de mim na clínica, para um apoio, etc.”

Jarbas Mariano se encontra em Natal para resolver as pendências burocráticas na Sesap/RN, como último ato de diretor do Hospital Tarcísio Maio.

Não é a primeira vez que Mariano entrega o cargo. Em julho do ano passado, ele pediu exoneração depois de o governador Robinson Faria (PSD) ter feito mudanças em cargos de direção do Tarcísio Maia, para realizar acomodações políticas.

Na época, Robinson não aceitou o pedido e usou a tática de vencer Mariano pelo cansaço. Por quase seis meses, Mariano ficou como diretor demissionário, e como o governo não encontrou outro nome para o cargo, ele acabou cedendo e permanecendo na direção.

Agora é irreversível, garante.

Tags:

Jarbas Mariano
Hospital Tarcísio Maia
Mossoró
Sesap/RN
George Antunes

voltar

AUTOR

César Santos é jornalista desde 1982. Nasceu em Janduís (RN), em 1964. Trabalhou nas rádios AM Difusora e Libertadora (repórter esportivo e de economia), jornais O Mossoroense (editor de política no final dos anos 1980) e Gazeta do Oeste (editor-chefe e diretor de redação entre os anos 1991 e 2000) e Jornal de Fato (apartir dos anos 2000), além de comentarista da Rádio FM Santa Clara - 105,1 (de 2003 a 2011). É fundador e diretor presidente da Santos Editora de Jornais Ltda., do Jornal de Fato, Revista Contexto e do portal www.defato.com.

COTAÇÃO