Sexta-Feira, 19 de outubro de 2018

Postado às 09h30 | 17 Mai 2018 | Coluna César Santos - 17 de maio

Crédito da foto: Ilustração O Rio Grande do Norte contabilizou um total de 4.108 denúncias de violência sexual contra crianças e adolescentes em 2017

CUIDADO, MONSTROS EXISTEM

O Rio Grande do Norte contabilizou um total de 4.108 denúncias de violência sexual contra crianças e adolescentes ao serviço Disque 100 entre 2011 e 2017. A média de denúncias por ano no estado é de 587 nos últimos sete anos.

A deputada Márcia Maia (PSDB) levou os números para o plenário da Assembleia Legislativa, carimbados pelos dados divulgados pelo Ministério dos Direitos Humanos, órgão responsável pela gestão do serviço nacional de denúncias de violações de direitos no país.

Entre 2011 e 2017, o abuso sexual lidera as denúncias, seguido pela exploração sexual. Em 2017, por exemplo, foram 312 denúncias de casos de abuso sexual no RN. O número corresponde a 74,2% do total. Já os casos de denúncia de exploração sexual foram registrados 88 vezes, ou seja, quase 21%. As estatísticas ainda trazem denúncias relacionadas a estupro, grooming, pornografia infantil e sexting.

O estado contabiliza, em números absolutos, uma redução nas denúncias se forem levados em consideração os resultados do início da década. Contudo, no último ano, o estado viu um novo aumento do registro do número de denúncias de violência sexual contra crianças e adolescentes. Ou seja, em 2017, foram realizadas 14,6% denúncias a mais do que o total de registros no Disque 100 para esses casos do que no ano anterior. Os números saíram de 363 para 420.

A socióloga e presidente da Frente Parlamentar Estadual da Criança e do Adolescente, Márcia Maia, alerta que “é preciso fortalecer a rede nas mais diversas vertentes, como a regionalização da Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA), aperfeiçoamento das fragilidades no fluxo de informação, a capacitação de profissionais, fortalecimento dos conselhos tutelares, além da capacitação de profissionais e o protocolo de atendimento e acolhimento às pessoas atendidas no Sistema Único de Saúde.”

Em meio a esse cenário, uma audiência pública será realizada na Assembleia Legislativa para debater o tema nesta sexta-feira, 18, Dia Nacional de Enfrentamento ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. O debate acontece numa parceria dos parlamentares Márcia Maia, Ezequiel Ferreira (PSDB) e Hermano Morais (MDB).

Na oportunidade, será lançada uma campanha institucional com vídeo, gibis alertando para com o slogan “Para algumas crianças, monstros existem".

No Brasil, em 2017, foram mais de 22,3 mil denúncias de violência sexual contra crianças e adolescentes ao Disque 100.

 

FRASE

"O que esperar? Talvez, que Deus continue brasileiro e tenha piedade de nós."

NEY LOPES – Ex-deputado federal, no artigo "A farra eleitoral 2018", mostrando-se pessimista com o futuro das urnas.

 

CAÇA

Natal tem uma natureza bela, que atrai visitantes, mas tem uma parte que não está na internet nem nas redes sociais, que é a onda de criminalidade. Diagnóstico feito pelo policial militar Marcos Paulo da Cruz, que teve a sua esposa, também PM, Caroline Pletsch, morta por bandidos. Ele afirmou que na capital potiguar "policial é caçado". Neste ano, já são 13 PMs assassinados no RN.

 

MEU INSS

A partir da próxima segunda-feira, 21, a aposentadoria por idade e o salário-maternidade poderão ser pedidos por internet (Meu INSS) ou por telefone (135). A etapa de agendamento será eliminada para facilitar a vida dos usuários do Instituto da Previdência Social. Atualmente, o segurado precisa agendar uma ida a agência do INSS para levar documentos e formalizar o pedido.

 

CEI DO LIXO

Se as investigações se resumirem aos anos de 2016 e 2017, a Comissão Especial de Inquérito da Câmara Municipal não terá cumprido o papel de passar a limpo os contratos emergenciais da limpeza pública de Mossoró. Basta observar que 17 contratos e um volume de R$ 250 milhões movimentaram o luxo do lixo desde 2009.

 

SEGUE

Uma correção deve ser feita: até hoje, foram realizadas duas licitações da limpeza pública, ambas na gestão da ex-prefeita Fafá. Uma em 2005 e a outra em 2010, vencidas pela Sanepav. A terceira licitação está perto de ser concluída pela atual gestão.

 

NA MIRA

O Ministério Público moveu ação por improbidade contra o ex-prefeito Jaime Calado (MDB). O marido da deputada Zenaide Maia (PHS) teria dado prejuízo de R$ 1,7 milhão à Prefeitura de São Gonçalo do Amarante.

 

MIRANDA

O empresário Afrânio Miranda será o palestrante do Encontro Regional do PR em Pau dos Ferros, neste sábado, 19. Ele abordará o tema "Empreendedorismo e Trabalho". O Éden Club receberá filiados do PR de todos os municípios do Alto Oeste.

 

É NOTÍCIA

1 - Hoje, completa 14 anos da morte do ex-prefeito de Mossoró Alcides Fernandes da Silva, conhecido como "Alcides Belo". Era cearense de Pereiros, que adotou Mossoró para viver e constituir família.

2 - A Escola de Artes de Mossoró ganha o nome de Joãozinho Escóssia, por força de lei sancionada pela prefeita Rosalba Ciarlini. Justa homenagem a Joãozinho, que deixou seu nome marcado na cultura local de forma relevante. Ele faleceu em 2017.

3 - O supermercadista Júnior Rebouças marcou para a próxima quarta-feira, 23, a inauguração da sua nova loja. O Dia a Dia Super-Atacarejo está bem instalada na Av. Rio Branco.

4 - Os desembargadores Glauber Rêgo e Cornélio Alves vão dirigir o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RN) a partir de 1º de setembro, nos cargos de presidente e vice-presidente respectivamente.

5 - A Caern suspende hoje o abastecimento de parte de Mossoró e a totalidade de Assú, para manutenção de bombas da adutora Jerônimo Rosado. A água voltara às torneiras apenas no sábado.

Tags:

Coluna
César Santos
Márcia Maia
Assembleia Legislativa
exploração sexual
adolescente
criança

voltar

AUTOR

César Santos é jornalista desde 1982. Nasceu em Janduís (RN), em 1964. Trabalhou nas rádios AM Difusora e Libertadora (repórter esportivo e de economia), jornais O Mossoroense (editor de política no final dos anos 1980) e Gazeta do Oeste (editor-chefe e diretor de redação entre os anos 1991 e 2000) e Jornal de Fato (apartir dos anos 2000), além de comentarista da Rádio FM Santa Clara - 105,1 (de 2003 a 2011). É fundador e diretor presidente da Santos Editora de Jornais Ltda., do Jornal de Fato, Revista Contexto e do portal www.defato.com.

COTAÇÃO