Quarta-Feira, 21 de novembro de 2018

Postado às 08h45 | 09 Jul 2018 | Violência: números de 'guerra' no fim de semana em Mossoró

Crédito da foto: Reprodução Mossoró viveu um fim de semana de guerra com oito mortes

Mossoró viveu o "inferno" no fim de semana. Entre sexta-feira (6) e domingo (8) corpos foram empilhados no Itep, baleados deram entrada no Hospital Regional Tarcísio Maia e as forças de seguranças, para variar, não conteve a bandidagem.

Foram oito assassinatos no fim de semana. Mossoró chegou a 138 mortes violentos no ano.

Veja a reportagem do defato.com:

Mossoró registrou no último final de semana oito homicídios. Os crimes aconteceram entre a tarde da sexta-feira, 6, e a noite deste domingo, 8. Com estas mortes, o número de homicídios subiu para 138 no município em 2018.

O último deles ocorreu na noite deste domingo. A vítima foi identificada como Bruno Natanael Brito da Silva, de apenas 15 anos, foi morto a tiros na Rua João Antônio de Maria Sobrinho, no bairro Papoco.

Bruno Natanael Brito da Silva foi a 138ª vítima de homicídio do ano em Mossoró

Segundo informações, o adolescente saiu de casa de motocicleta com um amigo para pegar um sanduiche e foi surpreendido por três criminosos que estavam num carro tipo HB20 de cor clara. Natanael ainda foi socorrido, mas morreu a caminho da Unidade de Pronto Atendimento do Alto de São Manoel.

O trio procurava um desafeto para acerto de contas e que deveria está no local. Ainda não há informações do tipo de envolvimento que o jovem teria com esse homem procurado pelos criminosos

O homicídio de número 137 foi registrado na manhã de ontem. O corpo de Vitória Filgueira Moreira, 16 anos, foi encontrado às margens da RN 015 sentido Baraúna, na comunidade de Riacho Grande zona rural de Mossoró.

Vitória Filgueira Moreira foi a 137ª vítima de homicídio no ano em Mossoró

Ela residia na Vila Socorro, no bairro Doze Anos, e foi encontrada morta com um tiro transfixante na cabeça. A jovem estava com as mãos amarradas com uma blusa.

No sábado a noite, Vandercley Dantas da Silva, 37 anos, morreu vítima de disparos de arma de fogo. O crime aconteceu na Rua Nicácia Costa de Araújo, no bairro Santo Antônio. Este foi o 136º homicídio do ano na cidade.

Vandercley Dantas da Silva foi a 136ª vítima de homicídio do ano em Mossoró

Segundo informações, o homem saiu casa com sua esposa para fazer compras em um supermercado e quando retornava foi surpreendido por indivíduos que chegaram ao local em uma motocicleta. Ele foi alvejado com vários tiros de pistola ponto 40. Vandercley foi socorrido por populares para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro, mas não resistiu e morreu naquela unidade de saúde.

Railson Raniel dos Santos foi a 135ª vítima de homicídio do ano em Mossoró

Na tarde do sábado pai e filho foram assassinados no Abolição IV. As vítimas foram identificadas como Francisco Raniele dos Santos, 34 anos, e Railson Raniel dos Santos, 15 anos. O pai morreu no local e o filho quando era socorrido para o Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM). O atentado ainda deixou baleado Fagner Victor da Costa Nonato, de 18 anos.

Francisco Raniele dos Santos foi a 134ª vítima de homicídio do ano em Mossoró

Segundo informações, pai e filho estavam no posto de lavagem quando quatro homens chegaram em um carro branco. O quarteto anunciou o assalto e passou a atirar contra as vítimas. Raniele ainda tentou correr, mas caiu morto. Ele sofreu cerca de 10 tiros de pistola. O filho do dono do estabelecimento morreu a caminho do HRTM.

Sebastião Barbosa da Silva Neto foi a 133ª vítima de homicídio do ano em Mossoró

Já na noite da sexta-feira, 6, Sebastião Barbosa da Silva Neto, 19 anos, foi perseguido e morto. O crime aconteceu na Rua Pedro Gomes de Oliveira no Bairro Belo Horizonte. Ele estava na companhia de seu irmão identificado como Francisco Barbosa de Paiva, 33 anos. Os dois trafegavam em uma motoneta e passaram a ser perseguidos por indivíduos, que estavam em uma moto. Segundo a equipe de pericia, Sebastião Barbosa foi atingido com cerca de 10 tiros e morreu no local. Seu irmão foi baleado com cerca de 04 disparos.

No início da noite da sexta, o tecladista da Banda Inala, Leandro Pereira de Holanda, 37 anos, foi morto em uma tentativa de assalto ocorrida próximo a Praça da Funger, no conjunto Walfredo Gurgel em Mossoró.

Leandro Pereira de Holanda foi a 132ª vítima de homicídio do ano em Mossoró

Segundo populares, Leandro teria reagido a ação dos bandidos, sendo atingido por três tiros. Os assaltantes fugiram em seguida. O tecladista foi socorrido para a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) no Grande Alto de São Manoel, mas não resistiu aos ferimentos.

Ainda na sexta, o primeiro homicídio deste final de semana foi registrado na calçada de uma residência localizada na Rua Raimundo Galdino, no Bairro Boa Vista. A vítima Weslley Ewerton da Costa Bezerra morreu vítima de disparos de arma de fogo. Ele foi assassinado com cerca de cinco tiros.

Weslley Ewerton da Costa Bezerra foi a 131ª vítima de homicídio do ano em Mossoró

Segundo informações, Weslley lavava uma motocicleta quando dois indivíduos chegaram ao local. O garupa desceu e atirou várias vezes contra o preso de justiça.

Com informações do O Câmera, Fim da Linha e Passando na Hora

* Fotos extraídas do O Câmera

Tags:

Mossoró
insegurança
assassinatos
homicídios
polícia

voltar

Capacite-se: Cursos Sebraeb

AUTOR

César Santos é jornalista desde 1982. Nasceu em Janduís (RN), em 1964. Trabalhou nas rádios AM Difusora e Libertadora (repórter esportivo e de economia), jornais O Mossoroense (editor de política no final dos anos 1980) e Gazeta do Oeste (editor-chefe e diretor de redação entre os anos 1991 e 2000) e Jornal de Fato (apartir dos anos 2000), além de comentarista da Rádio FM Santa Clara - 105,1 (de 2003 a 2011). É fundador e diretor presidente da Santos Editora de Jornais Ltda., do Jornal de Fato, Revista Contexto e do portal www.defato.com.

COTAÇÃO