Sexta-Feira, 14 de dezembro de 2018

Postado às 14h45 | 11 Out 2018 | Justiça Federal manda o tucano Marconi Perillo pra casa

Crédito da foto: Reprodução Tucano Marconi Perillo tentou se eleger senador

Durou menos de 24 horas a prisão do ex-governador tucano de Goiás, Marconi Perillo. O Tribunal Regional Federal da 1ª Região, sediado em Brasília, concedeu nesta quinta-feira liminar em pedido de habeas corpus protocolado pela defesa de Perillo. A decisão prevê a liberação “imediata” do tucano, preso na véspra.

“Como adiantamos desde o primeiro momento, a prisão era ilegal, arbitrária e infundada e de certa maneira afrontava outras decisões de liberdade que já foram concedidas nesta mesma operação”, disse Antonio Carlos de Almeida Castro, o advogado de Perillo.

Candidato ao Senado, Perillo foi derrotado no último domingo. É acusado de receber R$ 12 milhões em propinas da Odebrecht. “A defesa não tem nenhuma preocupação com os fatos investigados e temos absoluta convicção na inocência plena do Marconi”, disse o advogado. “O que pedimos, desde o início, é o respeito às garantias constitucionais.”

Fonte: Blog do Josias de Souza

Tags:

Marconi Perillo
Justiça Federal
PSDB
ex-governador
Goiás

voltar

Capacite-se: Cursos Sebraeb

AUTOR

César Santos é jornalista desde 1982. Nasceu em Janduís (RN), em 1964. Trabalhou nas rádios AM Difusora e Libertadora (repórter esportivo e de economia), jornais O Mossoroense (editor de política no final dos anos 1980) e Gazeta do Oeste (editor-chefe e diretor de redação entre os anos 1991 e 2000) e Jornal de Fato (apartir dos anos 2000), além de comentarista da Rádio FM Santa Clara - 105,1 (de 2003 a 2011). É fundador e diretor presidente da Santos Editora de Jornais Ltda., do Jornal de Fato, Revista Contexto e do portal www.defato.com.

COTAÇÃO