Quinta-Feira, 13 de dezembro de 2018

Postado às 10h30 | 24 Out 2018 | Coluna César Santos - 24 de outubro

Crédito da foto: Reprodução Eleitor vai às urnas cheio de dúvidas

ELEITOR E O VOTO NO ESCURO

Ei, você, leitor/eleitor, sabe qual é a proposta de Fátima Bezerra (PT) ou Carlos Eduardo (PDT) para tapar o “rombo” anual de R$ 1,3 bilhão na previdência estadual?

Não, com certeza.

Os dois candidatos ao Governo do Rio Grande do Norte evitam o tema como Satanás foge da cruz. Eles querem votos; tema polêmico tira votos.

Mas, quando assumir o governo em 1º de janeiro de 2019, o vencedor que sairá das urnas do próximo domingo, 28, vai se deparar com o monstro que consome de maneira voraz os recursos públicos.

Segundo dados da Secretaria do Planejamento e Finanças, a folha de aposentados e pensionistas fecha o mês com déficit de R$ 110 milhões. Para entender o que isso representa, de forma didática, o governo tem que transferir esse montante para pagar os inativos, descobrindo, por consequência, a folha dos servidores em atividade.

Não custa lembrar que o atual governo não consegue pagar os salários dentro do mês desde janeiro de 2016 e que até agora sequer quitou a folha do 13º salário de 2017.

O servidor passou por momentos bem difíceis entre o segundo semestre do ano passado e o primeiro semestre deste ano. Os que ganham acima de R$ 4 mil chegaram a passar mais de dois meses sem receber pagamento. Por consequência, a população pagou a conta, com a paralisação dos serviços públicos.

Greves como a dos professores da Uern deixaram estudantes quatro meses sem aula, ou da saúde pública que por mais de 100 dias afetou o atendimento nos hospitais do estado. Pior ainda foi a paralisação dos agentes de segurança, no final de 2017, que provocou o caos, com mais de 80 assassinatos em uma semana e mais de 800 ações criminosas como arrastões, assaltos, roubos e explosão de agências bancárias.

O pouco caso que os candidatos fazem nesse momento, não debatendo o delicado tema, terá custo alto quando assumir o governo. O problema não desaparece com toque de varinha de condão. O próximo governador também vai ter dificuldades de cumprir os compromissos básicos, como pagar salários e manter a máquina funcionando.

Portanto, não adianta se esquivar. A reforma da Previdência é necessária e urgente. O ajuste fiscal, sério a amplo, com medidas amargas, vai ter que ser feito. Não há outra saída.

Infelizmente, a campanha eleitoral que deveria colocar em debate essa agenda, vai terminar sem cumprir o seu papel.

 

FRASE

"É preciso respeitar as garantias individuais e as instituições brasileiras."

RAQUEL DODGE – Procuradora geral da República.

 

CONCURSO

 O prazo para inscrição ao concurso da Caern foi prorrogado até 4 de novembro. A companhia atendeu recomendação da Defensoria Pública em defesa dos direitos das pessoas com deficiência, que não eram contempladas no concurso. O certame oferece vagas para cargos de Administrador, Analista de Sistema, Contador e Economista e Técnico em Segurança do Trabalho.

 

ALTA ESCALA

 Os vereadores produziram em alta escala emendas ao projeto da Lei Orçamentária Anual (LOA) 2019. Foram 126 propostas para o aperfeiçoamento do projeto encaminhado pelo Executivo. As áreas de saúde, infraestrutura e social foram as mais contempladas. De acordo com o calendário, a votação em primeiro turno acontecerá no dia 13 de novembro, e a segunda votação no dia 21.

 

SOBE E DESCE

 A pesquisa Seta/Blog do BG que mostra que Fátima Bezerra (PT) caiu 4 pontos e Carlos Eduardo (PDT) subiu 4 pontos, provocou desânimo no dia passado no comando da campanha da petista. A diferença que era de 8 pontos no levantamento anterior do SETA, agora é de 4. A militância de Carlos Eduardo está empolgada.

 

EZEQUIEL X TOMBA

 Ezequiel Ferreira e Tomba Faria, ambos do PSDB, travam luta ­— por enquanto silenciosa — pela presidência da Assembleia Legislativa. Disputa acirrada. O resultado das urnas de domingo, 28, será o fiel da balança. Ezequiel apoia Fátima Bezerra (PT); Tomba está com Carlos Eduardo (PDT).

 

RETA FINAL

 Hoje tem a tradicional descida da Presidente Dutra, palco que marca as campanhas eleitorais em Mossoró. O percurso será feito pelos candidatos Carlos Eduardo/Kadu (PP), e os eleitores de Bolsonaro (PSL). Às 19h.

 

IGUAIS

 Haddad chamou o general Mourão de torturador; Bolsonaro disse que combate a "bandidos vermelhos" vai se dar na Lava Jato. E os dois juram que não atacam e que os ataques são sempre do outro lado. Fala sério, pô!

 

 É NOTÍCIA

1 - Mais uma pesquisa da corrida pelo governo do Rio Grande do Norte será divulgada hoje, do Instituto Consult contratado pela FM Nordeste de Natal. Números também para presidente.

2 - A 30ª Semana de Arte e Cultura Espírita de Mossoró segue hoje à noite, no Teatro Dix-huit Rosado, com o tema: "Herdar a terra, cuidar de si, do outro e do planeta", com Hércules Acil. Na parte cultural, show de Herbert Jiló & Sax. A partir das 19h.

3 - A cantora Cláudia Leite foi confirmada como a maior atração do tradicional Jegue Folia, micareta da cidade de Marcelino Vieira, no Alto Oeste. A festa acontece no mês de janeiro.

4 - O jornalista Rilder Medeiros, organizador da Feira do Livro de Mossoró, espera 50 mil pessoas visitando o evento literário neste ano. A feira será realizada de 30 de outubro a 4 de novembro.

5 - A Prefeitura de Mossoró recebeu mais uma remessa de insulinas. São 3 mil unidades da Tresiba e 1,5 mil da Novorapid. A distribuição gratuita começa hoje nas unidades de saúde.

Tags:

Eleitor
dúvida
RN
crise fiscal
previdência
Fátima Bezerra
Carlos Eduardo

voltar

Capacite-se: Cursos Sebraeb

AUTOR

César Santos é jornalista desde 1982. Nasceu em Janduís (RN), em 1964. Trabalhou nas rádios AM Difusora e Libertadora (repórter esportivo e de economia), jornais O Mossoroense (editor de política no final dos anos 1980) e Gazeta do Oeste (editor-chefe e diretor de redação entre os anos 1991 e 2000) e Jornal de Fato (apartir dos anos 2000), além de comentarista da Rádio FM Santa Clara - 105,1 (de 2003 a 2011). É fundador e diretor presidente da Santos Editora de Jornais Ltda., do Jornal de Fato, Revista Contexto e do portal www.defato.com.

COTAÇÃO