Quinta-Feira, 13 de dezembro de 2018

Postado às 11h45 | 02 Dez 2018 | Coluna César Santos - 2 de dezembro

Crédito da foto: Marcos Garcia/JORNAL DE FATO Dr. Edgardo Benavides trabalha na UBS do Barrocas aos 84 anos

POSTAGEM DO CIDADÃO DO POVO

No gabinete de trabalho do titular do blog, visita agradável do dr. Edgardo Benevides. Antes de iniciar longa e distraída conversa, ele apresenta “Postagens da Vida – Crônicas de Cyrus Benavides”, livro que seu filho advogado lançou no início de novembro, em Natal.

É o primeiro livro de Cyrus, mossoroense, advogado, professor e diretor do Ipem-RN.

Com selo da editora Offset, o livro reúne 127 textos publicados originalmente em suas redes sociais ao longo dos últimos sete anos. As crônicas mostram seu olhar sobre o cotidiano, sobre as relações humanas, sobre sua fé, sonhos, ideais, trabalho, amor, amizade, família, saudades, gratidão, origens, desafios.

Dr. Edgardo lembra, com orgulho, que parte da renda com as vendas do livro será revertida para a Legião da Boa Vontade (LBV) do Rio Grande do Norte.

Livro apresentado, e presenteado, dr. Edgardo emendou um papo agradável. Lembrou como a Medicina o fez trocar o Peru, seu país, pelo Brasil, a sua pátria.

Peruano de Huancabamb, província localizada na região de Piura, hoje com pouco mais de 123 mil habitantes, Edgardo chegou ao Brasil em 1957, trazendo na bagagem o segundo período do curso de Medicina, iniciado na Universidade Nacional Maior de São Marcos (UNMSM), em Lima. A primeira parada foi na fria Curitiba (PR). No ano seguinte, em 1958, se apresentou à Universidade Federal do RN (UFRN), onde se formou, tendo sido recepcionado pelo reitor Onofre Lopes. Morava na Casa do Estudante de Natal. Trabalhou e morou na capital, ao lado da esposa acariense Maria da Guia, com quem tem quatro filhos (Jânia, Adriana, Edgardo Filho e Cyrus Benavides).

Mas foi em Mossoró que o peruano mais mossoroense da história decidiu morar e fazer carreira. No seu currículo, a marca de mais de 6 mil partos e mais de 1.700 cirurgias realizadas ao longo de cinco décadas. Ele foi além, ao ensinar escoteiros a auxiliar na aplicação de vacinas nas ruas, treinou parteiras leigas a fazer parto normal, protegendo o feto, e encaminhar para maternidade quando necessário. Também dirigiu centro de saúde de Mossoró e a Regional de Saúde, além de ter atuado em Areia Branca.

Hoje, aos 84 anos, Edgardo Alberto Benavides Carrasco continua cuidando da saúde materno-infantil, atendendo na Nossa Clínica e na Unidade Básica de Saúde (UBS) do bairro Barrocas (zona norte de Mossoró).

Os títulos de cidadão norte-rio-grandense, natalense e mossoroense parecem menores do que a sua história em solo potiguar. Ele é um cidadão do povo.

 

FRASE

"Deixei a terra onde nasci, em busca de um sonho."

EDGARDO BENAVIDES – Médico peruano de 84 anos, a serviço da saúde dos mossoroenses.

 

HOMENAGEM

 O ex-deputado federal Betinho Rosado (PP) vai a Brasília para a solenidade de inauguração da galeria dos ex-presidentes da Frente Parlamentar da Agropecuária. Convidado pela atual presidente e futura ministra da Agricultura e Pecuária, deputada Tereza Cristina. Betinho, que está na galeria, tem reconhecido o seu trabalho em defesa do campo, a sua principal bandeira de luta.

 

GRANDE UERN

 A revista Guia do Estudante indica como "bem avaliados" 41 cursos de graduação da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) e indica como bons cursos para os candidatos a vagas nos vestibulares do Sisu. O reconhecimento da revista especializada, publicada pela Abril, é um tapa na cara daqueles que ainda insistem em agredir a nossa universidade de Mossoró e do RN.

 

DESESPERO

 O governador Robinson Faria (PSD) pediu ao presidente Temer (MDB) um "socorro" de R$ 194,6 milhões para amenizar a dívida com os servidores públicos. Os recursos, a título de ressarcimento, conforme documento enviado ao Planalto, evitariam uma dívida de R$ 1 bilhão com salários.

 

LEI KANDIR

 Robinson alega "sistemática crise fiscal e financeira" e diz que "não é consequência de atos praticados pela atual gestão governamental". Argumentou que o ressarcimento pelas perdas ocasionadas pela Lei Kandir é um direito dos Estados. O documento é datado de 22 de novembro, sem resposta.

 

COFRE VAZIO

 O Governo já assumiu que o Estado não tem caixa para honrar os salários de dezembro e o 13° de 2018. Também não sabe se vai pagar a folha completa de novembro e o restante do 13° de 2017. A folha de outubro foi concluída neste sábado (1°).

 

NÃO ERA ASSIM

 A governadora eleita Fátima Bezerra (PT) gritou "Peraí", ao ter tomado conhecimento dos números oxigenados da crise. Não foi por falta de aviso. A imprensa especializada havia alertado para o caos no fim do atual governo.

 

 É NOTÍCIA

1 - Neste domingo (2), tem a Micareta de Santa Luzia, descendo a Avenida Presidente Dutra, às 17h. O evento antecede a abertura oficial da festa da padroeira de Mossoró, nesta segunda-feira (3).

2 - Hoje (2), completa 12 anos da morte do médico e político Leodécio Fernandes Néo, fundador da Casa de Saúde e Maternidade Santa Luzia, inaugurada em 1965. Ele foi um dos fundadores do MDB de Mossoró e tentou, sem sucesso, eleger-se prefeito em 1976.

3 - A Rádio Globo Rio foi inaugurada por Roberto Marinho nesta data, em 1944. A maior audiência do país, hoje transformada em rede de emissoras. No RN, transmitida pela Cabugi de Natal.

4 - Morreu nesta sexta-feira (30), aos 94 anos, George H. Bush, 41° presidente dos EUA. O republicano ocupou a Casa Branca entre 1989 e 1993. Era pai de George W. Bush, também ex-presidente dos EUA.

5 - Nesta segunda-feira (3), completa nove anos da inauguração do Hiper Bompreço em Mossoró. Instalou-se na Avenida Diocesana, atraído pelo crescimento econômico da capital oestana.

Tags:

Dr. Edgardo Bonavides
RN
salário
servidor
Michel Temer
Robinson Faria

voltar

Capacite-se: Cursos Sebraeb

AUTOR

César Santos é jornalista desde 1982. Nasceu em Janduís (RN), em 1964. Trabalhou nas rádios AM Difusora e Libertadora (repórter esportivo e de economia), jornais O Mossoroense (editor de política no final dos anos 1980) e Gazeta do Oeste (editor-chefe e diretor de redação entre os anos 1991 e 2000) e Jornal de Fato (apartir dos anos 2000), além de comentarista da Rádio FM Santa Clara - 105,1 (de 2003 a 2011). É fundador e diretor presidente da Santos Editora de Jornais Ltda., do Jornal de Fato, Revista Contexto e do portal www.defato.com.

COTAÇÃO