Sábado, 23 de março de 2019

Postado às 10h15 | 10 Jan 2019 | Coluna César Santos - 10 de janeiro

Crédito da foto: Fred Veras Presídio Federal de Mossoró recebe presos que tocaram fogo em Fortaleza

QUE DEUS NOS PROTEJA

O presídio federal de Mossoró recebeu 20 presos que estavam tocando fogo em Fortaleza, capital do Ceará. Chegaram na madrugada desta quarta-feira, 9, sob forte esquema que envolveu as estruturas da Força Nacional, Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal, Ministério da Justiça e Justiça Federal.

Os bandidos já estão guardados em Mossoró para não perturbarem o Ceará.

Da unidade prisional, regime RDD, segurança máxima, os bandidos não fogem. Daí, as autoridades amenizam o “presente de grego” para o já intranquilo povo mossoroense. Realmente, os presídios federais guardam elementos nocivos à sociedade em sete chaves; impossível fugir. Aliás, não há nenhum registro, até hoje, de que algum bandido tenha conseguido fugir das cinco unidades RDD do País, entre elas, a de Mossoró.

Beleza.

Agora, quem tem um mínimo de conhecimento do caos que é provocado em áreas onde existem presídios que concentram os bandidos mais perigosos do País, sabe do perigo que representa o desembarque dos 20 elementos que estavam provocando o terror no vizinho estado. Isso porque, a bandidagem se instala em torno da unidade prisional onde eles são colocados e, por consequência, a ação de marginais se espalha nas redondezas.

Não vai daqui o pessimismo, muito menos a intenção de amedrontar o já amedrontado povo de Mossoró e região. Parte daqui, sim, o alerta às autoridades de segurança pública do Rio Grande do Norte. Existe a ameaça de os ataques chegarem por essas bandas, uma vez que as facções criminosas estão espalhando o terror além Fortaleza, já tendo chegado a quase 40 municípios do interior, dentre eles, a vizinha Aracati, separada de Mossoró por apenas 78 quilômetros.

O fato é que o presídio federal sempre foi uma ameaça a cidade e região desde a sua inauguração pelos governos Lula (federal) e Wilma de Faria (estadual), no final da primeira década dos anos 2000. Não por coincidência a criminalidade explodiu a partir do depósito de bandidos de alta periculosidade, que foram transferidos do Sul do País para o “caldeirão do diabo” em Mossoró. O tráfico de drogas subiu a outro padrão, transformando quem vendia papelotes de maconha em “agentes distribuidores” de drogas pesadas. As consequências estão comprovadas nos índices de criminalidade, todos elevados às alturas nos últimos anos.

Pois bem. O alerta está feito. Que as autoridades de segurança multipliquem a vigilância. E que Deus nos proteja. Amém!

 

FRASE

"O João de Abadiânia é pura farsa, todo mundo sabe. Eu já fui lá e ele fugiu."

PADRE QUEVEDO – Frase dita no passado sobre o médium João de Deus, que hoje é réu por crimes de abuso sexual.

 

RN SUSTENTÁVEL

 O "RN Sustentável" vai ser transferido da Secretaria de Gestão de Projeto para a pasta do Planejamento e Finanças. Decisão da governadora Fátima Bezerra (PT) impõe nova mudança ao projeto concebido na gestão da ex-governadora Rosalba Ciarlini. Antes, Robinson Faria havia mudado para "Governo Cidadão". Agora, Fátima procura colocar o seu DNA. Quando a coisa é boa...

 

RN SUSTENTÁVEL II

 O projeto foi elaborado na gestão Rosalba com o objetivo de fortalecer dez cadeias produtivas da economia potiguar. O Banco Mundial aprovou o projeto e garantiu financiamento da ordem de 540 milhões de dólares. Com esses recursos é que obras importantes estão em andamento, como a construção do Hospital Materno-Infantil de Mossoró, na área do campus da Uern.

 

APAGÃO

 Os servidores da saúde paralisam hoje, por 24 horas, o Hospital Walfredo Gurgel, em Natal. No finalzinho da tarde, a categoria vota indicativo de greve a partir de 15 de janeiro. Protesto à falta de proposta do governo Fátima Bezerra (PT) para pagamento dos salários atrasados.

 

TARTAGURA

 Os agentes penitenciários vão reduzir a carga de trabalho em protesto ao atraso de salários. Atenderão apenas emergência. O sindicato da categoria atesta que os agentes não têm dinheiro sequer para se deslocar ao local de trabalho. É muito grave.

 

 PIROBOLOGIA

 A calamidade financeira, decretada no primeiro dia útil do governo Fátima Bezerra, até aqui, não surtiu qualquer efeito prático. Aliás, fora o barulho artificial, para apresentar o novo governo, o decreto nada produziu. Tá tudo do mesmo jeito, sem tirar nem pôr.

 

DINHEIRO NOVO

 A governadora Fátima Bezerra (PT) bate à porta do Banco do Brasil (BB), nesta sexta-feira, 11, para negociar operação financeira usando receitas de royalties dos próximos quatro anos. A audiência acontecerá na sede do banco, em Brasília.

 

 É NOTÍCIA

1 - A Secretaria de Finanças do município de Mossoró lançou o calendário do IPTU 2019. O contribuinte que deseja quitar em cota única, tem o prazo de até 29 de março, com desconto de 20%.

2 - Hoje, completa sete anos da morte de dom José Freire de Oliveira Neto, bispo emérito da Diocese de Mossoró. O religioso sucedeu dom Gentil Diniz Barreto em 1984, nomeado pelo papa Paulo VI, e foi sucedido por dom Mariano Manzana, em 2003.

3 - Nesta data, em 2001, era iniciada a obra do Ginásio Poliesportivo Pedro Ciarlini, com a marca da construtora Repav. Obra da terceira gestão da prefeita Rosalba Ciarlini (PP).

4 - A juíza Rosângela Rodrigues aceitou a denúncia contra João Deus e o médium vira réu pelos crimes de estupro de vulnerável e violação sexual. Ele nega e se diz vítima de "golpe".

5 - Morreu o padre Quevedo, aos 88 anos. O estudioso de parapsicologia tornou-se conhecido em todo o país com o bordão "Isso non ecziste", no quadro "Caçador de Enigmas", do Fantástico.

Tags:

Coluna
César Santos
JORNAL DE FATO
segurança
presídio federal
facções

voltar

AUTOR

César Santos é jornalista desde 1982. Nasceu em Janduís (RN), em 1964. Trabalhou nas rádios AM Difusora e Libertadora (repórter esportivo e de economia), jornais O Mossoroense (editor de política no final dos anos 1980) e Gazeta do Oeste (editor-chefe e diretor de redação entre os anos 1991 e 2000) e Jornal de Fato (apartir dos anos 2000), além de comentarista da Rádio FM Santa Clara - 105,1 (de 2003 a 2011). É fundador e diretor presidente da Santos Editora de Jornais Ltda., do Jornal de Fato, Revista Contexto e do portal www.defato.com.

COTAÇÃO