Domingo, 26 de maio de 2019

Postado às 09h00 | 14 Mai 2019 | Máfia Capital prende arquiteto em Mossoró e ex-secretário em Caicó

Crédito da foto: MPRN Gaeco cumpre mandado de busca e apreensão em Caicó

A Operação Máfia Capital movimenta o Rio Grande do Norte na manhã desta terça-feira (14), com o Ministério Público e a Policia Militar cumprindo mandado de busca e apreensão e prisões em Caicó, na região do Seridó, e Mossoró, não Oeste potiguar.

A operação apura fraudes na contratação de veículos, maquinário e pessoal para coleta de lixo na cidade de Caicó, com o cometimento dos crimes de organização criminosa, fraude a licitações, peculato e corrupção ativa e passiva.

Além do RN, a operação cumpre mandados de prisão e de busca e apreensão nos Estados de São Paulo e Pernambuco. Um ex-secretário municipal de Caicó e dois empresários foram presos.

Em Mossoró foi preso o arquiteto Clélio Filho, em sua residência no condomínio Alaíde da Escóssia, Nova Betânia, bairro nobre da cidade. Ele havia sido preso recentemente, sob acusação de estelionato e falsidade ideológica.

Em Caicó, a polícia prendeu Abdon Maynard, ex-secretário municipal de. Outra pessoa foi presa, mas ainda não teve o nome revelado.

A operação Máfia Capital é desdobramento de três outras operações do MPRN: a Cidade Luz, deflagrada pelo MPRN em 2017 para investigar irregularidades no contrato de iluminação pública da Prefeitura de Natal, e as operações Blackout e Tubérculo, realizadas com os objetivos de apurar fraudes no contrato de iluminação pública da Prefeitura de Caicó.

A operação Máfia Capital foi deflagrada com o apoio da Polícia Militar potiguar e do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) dos Ministérios Públicos do Rio Grande do Norte, de São Paulo e de Pernambuco.

Promotores de Justiça e policiais militares cumprem os mandados de prisão e de busca e apreensão nas cidades de Caicó, Mossoró, Recife, Jaboatão dos Guararapes e São Paulo.

Tags:

Máfia Capital
Mossoró
arquiteto
Caicó

voltar

AUTOR

César Santos é jornalista desde 1982. Nasceu em Janduís (RN), em 1964. Trabalhou nas rádios AM Difusora e Libertadora (repórter esportivo e de economia), jornais O Mossoroense (editor de política no final dos anos 1980) e Gazeta do Oeste (editor-chefe e diretor de redação entre os anos 1991 e 2000) e Jornal de Fato (apartir dos anos 2000), além de comentarista da Rádio FM Santa Clara - 105,1 (de 2003 a 2011). É fundador e diretor presidente da Santos Editora de Jornais Ltda., do Jornal de Fato, Revista Contexto e do portal www.defato.com.

COTAÇÃO