Terça-Feira, 19 de junho de 2018

Postado às 08h30 | 14 Mar 2018 | Redação Baraúnas enfrenta o Globo precisando da vitória para não ser rebaixado

Crédito da foto: Andrei Torres/ABC O Baraúnas, do volante de Batata, não pode mais vacilar; agora é vencer ou vencer

O Baraúnas tem uma quarta-feira, 14, decisiva. O tricolor encara o Globo de Ceará-Mirim precisando vencer para manter o sonho de seguir na elite do futebol estadual, mas se perder ou até mesmo empatar, o Leão mossoroense vai escrever uma parte negativa na sua história, no caso o rebaixamento à segunda divisão. O duelo começa às 20h, no estádio Nogueirão.

A luta contra a “degola” é complicada para um time que ainda persegue a primeira vitória no campeonato, tendo 10 derrotas e um empate em 11 jogos realizados. Além de ter de vencer hoje à noite, o Baraúnas torce para o ABC derrotar o Força e Luz no final de semana, o que é bem provável, diante do favoritismo do alvinegro, mas precisará derrotar o Assu fora de casa, para na última rodada, diante do Força e Luz em Mossoró, realizar o “jogo da vida” contra o rebaixamento.

Portanto, são “três finais” para o Baraúnas, o que redobra a responsabilidade de uma equipe afetada principalmente pelo fator psicológico, considerando os últimos jogos. Quando sofre um gol se “desmorona”, não encontra forças para reagir, foi assim com o Potiguar e com o Santa Cruz de Natal e também em outros confrontos ao longo do campeonato.

Neste segundo turno, o clube se reforçou de alguns atletas experientes, mas passou boa parte do campeonato atuando com muitos garotos, que ainda buscam afirmação na carreira, e alguns outros jogadores considerados ultrapassados pela torcida e pela mídia.

Segunda a diretoria leonina, as dificuldades financeiras impediram de trazer atletas “cascudos” para qualificar o elenco, o que preservaria os garotos e deixaria o time mais equilibrado. Lembrando que os dirigentes ameaçaram não colocar o time no Estadual devido tais problemas, confirmando participação somente a 20 dias do início do evento.

Diante da crise financeira, o Baraúnas caminha para três meses de salários atrasados. Até aqui, os atletas receberam apenas um “vale”.

O técnico Higor César busca administrar a situação, tentando fazer que os atletas se concentrem e tenham resiliência. Ele é o quarto treinador da equipe na competição, depois da saída de Cícero Ramalho, Agnaldo Fidelis e Williams Rodrigues.

Suspenso pelo acúmulo de cartões, o defensor Johnson estará de fora. Em compensação, o zagueiro Nildo, recuperado de lesão, está à disposição. O meia Cristiano Teixeira é dúvida.

 

FICHA TÉCNICA

Horário – 20h

Local – Nogueirão

Árbitro – Pablo Ramon

Assistentes – Jean Márcio e Francisco de Assis da Hora

Baraúnas

Yuri, Alexsandro, Thiago Cametá, Selson e Nininho; Batata, Luiz Henrique, Mikael, Alexandre (Cristiano Teixeira) e Diego Mipibu; Diego Silva; técnico Higor César.

Globo

Rafael, Geovane, Negreti, Erivaldo e Renatinho Carioca; Reinaldo, Erick, Ronilson e Eduardo; Romarinho e Alex Sandro; técnico Renatinho Potiguar.

Tags:

Baraúnas
Globo
vitória
Campeonato Estadual
rebaixamento

voltar