Quarta-Feira, 20 de junho de 2018

Postado às 07h45 | 13 Jun 2018 | Redação Anunciado pelo Real Madrid, técnico da Espanha é demitido às véspera da Copa

Crédito da foto: EFE O anúncio da demissão de Lopetegui foi feito na manhã desta quarta-feira

Às vésperas da Copa do Mundo, o técnico Julen Lopetegui foi demitido da seleção espanhola. A decisão foi anunciada pelo presidente da Federação Espanhola (RFEF.), Luis Rubiales na manhã desta quarta-feira, 13, pelo horário brasileiro, durante entrevista coletiva.

O anúncio de Lopetegui por parte do clube merengue desagradou a cúpula da RFEF. O mandatário esclareceu que ficou sabendo da ida do técnico ao Madrid cinco minutos antes do anúncio oficial.

“Se alguém quer estabelecer um relacionamento com alguém da Federação, tem que falar com o trabalhador e também com a Federação. É básico, porque é a equipe de todos os espanhóis, uma Copa do Mundo é a data máxima. Não podemos ficar de fora de uma negociação de um dos seus trabalhadores e descobrir cinco minutos antes de um anúncio público, fomos forçados a agir, disse.

Segundo informações, os jogadores pediram que o comandante continuasse, mas a decisão já estava tomada. Ainda não foi decidido quem substituirá Lopetegui. Com relação ao futuro treinador, Luis Rubiales disse não ter um nome, mas garantiu que terá novidades, no máximo, nesta quinta-feira.

“Sinto-me próximo aos jogadores e Julen. Eu conversei com eles e posso garantir que os jogadores e a comissão técnica nova farão todos os esforços, mas a situação é muito complicada. Não posso chegar aqui e falar que a situação não é difícil, pois é muito complicada”, falou Rubiales.

Ele completa: "Peço a todos os espanhóis que apóiem a equipe", disse Rubiales. "Todos estamos afetados. Tem que pensar no melhor para a entidade, para a RFEF e a seleção. A partir desta tarde, estaremos todos juntos para remar à frente".

A Espanha estreia nesta sexta-feira, 15, contra Portugal. A partida está marcada para as 15h, no horário de Brasília.

Tags:

Julen Lopetegui
Espanha
Real Madrid
demissão
anúncio
entrevista coletiva

voltar