Sexta-Feira, 14 de dezembro de 2018

Postado às 16h00 | 07 Out 2018 | Redação Suspeitos de crime eleitoral são presos em cidades do Rio Grande do Norte

Crédito da foto: PM/Divulgação Com o suspeito, foram apreendidos R$ 487,25 e 43 panfletos

Ao menos sete pessoas, até o momento, foram presas suspeitas de crime eleitoral em Santana do Matos, Pureza, Serra do Mel e Santa Cruz, Pendências e Caraúnas. Todos estavam distribuindo santinhos.

No início da tarde um homem foi detido em Santa do Matos. De acordo com a Polícia Militar, o suspeito foi pego distribuindo dinheiro e santinhos de um candidato a deputado estadual dentro de um colégio eleitoral. Ao todo, ele estava com R$ 487,25 e 43 panfletos. O homem foi conduzido à delegacia, pagou fiança e, em seguida, foi liberado.

Em Pureza, duas mulheres foram detidas suspeitas de boca de urna. Segundo a PM, as duas estavam uniformizadas com adesivos e botons de um candidato. Elas, ainda de acordo com a PM, disseram ter recebido R$ 40, cada uma, para pedir votos a eleitores.

No município de Serra do Mel, uma presidente de seção foi presa por distribuir santinhos. A ocorrência foi registrada por volta do meio-dia. Fiscais de partido que acompanhavam a votação perceberam que a presidente de seção 18, que funciona no Colégio Padre José de Anchieta estava entregando santinhos e denunciaram. Maria Edilene Rodrigues foi presa e encaminhada para a delegacia da cidade onde foi assinado um Termo Circunstanciado de Ocorrência. A mesa foi refeita para dar continuidade a votação.

Já em Pendências, uma advogada foi presa na manhã deste domingo entregando santinhos de candidatos. De acordo com o Ministério Público Eleitoral, o ato configura como boca de urna.

Segundo a Tribuna do Norte, a irregularidade foi flagrada por uma equipe da Polícia Civil, que patrulhava o centro da cidade. A equipe se deparou com um veículo bloqueando a passagem. A condutora conversava com um senhor. Neste instante, foi efetivada a entrega dos santinhos.

Segundo a reportagem, a advogada permitiu apenas a revista do veículo. No carro, havia ainda 158 santinhos idênticos aos que foram entregues ao senhor no momento do flagrante.

Mais cedo, uma pessoa foi presa na manhã deste domingo, 7, por transporte irregular de eleitores em Caraúbas durante uma ação do Ministério Público Eleitoral, com apoio da Polícia Militar.

Segundo apurações da Promotoria Eleitoral da comarca, o carro utilizado pertence a um vereador da cidade e contava com um grande volume de material de propaganda, além de um cheque no valor de R$ 700.

O condutor foi levado à Delegacia de Polícia de Caraúbas para adoção das medidas cabíveis na esfera policial. O veículo, o material e o cheque foram apreendidos.

Com informações do G1/RN, Portal No Ar, Tribuna do Norte e MPRN

Tags:

suspeitos
crime eleitoral
presos
Rio Grande do Norte
eleições

voltar