Domingo, 18 de novembro de 2018

Postado às 13h45 | 04 Nov 2018 | Redação Semana de Conciliação da Justiça Federal deve realizar cerca de mil audiências no RN

Uma das inovações da Semana será a realização de oficinas sobre constelação sistêmica, voltadas para magistrados, servidores, conciliadores e procuradores, As oficinas tratarão da técnica voltada à justiça restaurativa e à solução de conflitos

Crédito da foto: Reprodução Semana de Conciliação será aberta nesta segunda-feira, 5

A Semana de Conciliação na Justiça Federal no Rio Grande do Norte, que começará nesta segunda-feira (5) e vai até o dia 9 de novembro, terá uma ampla programação contemplando cerca de mil audiências e também treinamentos voltados para a temática da justiça restaurativa e solução de conflitos, além de ações no voltadas à cidadania.

Cerca de mil audiências serão promovidas, entre pré-processuais, ou seja, aquelas que ainda não foram judicializadas, e as processuais.

Uma das inovações dessa nova edição da Semana Nacional de Conciliação será a realização de oficinas sobre constelação sistêmica, voltadas para magistrados, servidores, conciliadores e procuradores. As oficinas tratarão da técnica voltada à justiça restaurativa e à solução de conflitos, com aplicação também na gestão administrativa a partir do pensamento sistêmico.

Do período de 6 a 8 de novembro, a JFRN estará promovendo também uma feira dos conselhos federais, com o propósito de que essas instituições possam expor aos seus associados o trabalho realizado na sociedade.  Já estão confirmadas as participações dos Conselhos Regionais de Enfermagem, de Engenharia e Agronomia, de Medicina, de Educação Física, Contabilidade, Medicina Veterinária e Odontologia.

“Teremos uma programação especial, voltada para todos que fazem a JFRN, buscando um novo olhar para o conflito e para a gestão pública, especialmente para a gestão de pessoas, através do pensamento sistêmico, das contestações sistêmicas e da comunicação não violenta”, destacou a Juíza Federal Gisele Leite, coordenadora do Centro de Conciliação da JFRN.

Tags:

Conciliação
Justiça Federal
JFRN
Rio Grande do Norte
audiência

voltar