Segunda-Feira, 21 de janeiro de 2019

Postado às 12h30 | 07 Jan 2019 | Redação Confira dicas para economizar consumo de energia durante o verão

Crédito da foto: Divulgação Com a chegada da estação mais quente do ano, o consumo de energia aumenta nas residências e comércio

Precisamente às 19h22 do dia 21 de dezembro começou o verão. Com a chegada da estação mais quente do ano, o consumo de energia, historicamente, aumenta nas residências e comércios.

Para evitar surpresas que podem comprometer o orçamento doméstico, a Companhia Energética do Rio Grande do Norte (COSERN) recomenda a adoção de medidas como uso eficiente dos equipamentos elétricos, principalmente os de refrigeração.

Comportamentos eficientes na utilização da energia, além da atenção aos desperdícios, são essenciais para que o consumidor evite surpresas, sem, necessariamente, abrir mão do conforto.

Confira abaixo algumas dicas que podem proporcionar economia no uso dos aparelhos domésticos:

- Retire o carregador de celular e demais equipamentos eletrônicos da tomada quando não estiver carregando;

- Desligue o condicionador ou climatizador de ar tão logo o ambiente esteja resfriado;

- Substitua os equipamentos de refrigeração de ambiente por ventiladores para manter o clima agradável;

- Mantenha os aparelhos limpos para evitar que a sujeira acumulada exija mais esforço do equipamento e maior gasto de mais energia;

- Mantenha o condicionador de ar na temperatura de conforto (entre 20°C e 23°C) e programe a função timer para desligar quando o cômodo já estiver resfriado;

- Freezers e geladeiras devem ser instalados longe do fogão e com espaço mínimo de 15 centímetros de paredes e armários;

- Observar a vedação da borracha da porta da geladeira;

- Coloque o chuveiro na posição verão;

- Evite utilizar churrasqueiras e grelhas elétricas;

- Troque as lâmpadas incandescentes e fluorescentes por LED;

- Desligue as luzes e eletrodomésticos de ambientes que não estão sendo utilizados;

- Na hora de adquirir novos equipamentos, procure os que apresentam selo Procel.

Fonte: Assessoria/Cosern

Tags:

Estado
Dicas
Consumo
Energia
Economia

voltar