Domingo, 26 de maio de 2019

Postado às 09h30 | 11 Mai 2019 | Redação Governo discute com DNIT viabilidade de federalização de rodovias estaduais

Crédito da foto: Demis Roussos/ASSECOM Fátima Bezerra, se reuniu na tarde desta sexta-feira, 10, com o superintendente do DNIT, Daniel Dant

A governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra, se reuniu na tarde desta sexta-feira, 10, com o superintendente do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (DNIT), general Daniel Dantas.

A chefe do Executivo potiguar discutiu a viabilidade de federalização das rodovias RN-221 e RN- 404, duas estradas litorâneas de grande importância para o turismo na região da Costa Branca, que seriam transformadas em BR; dois trechos da RN-110, na divisa entre o Rio Grande do Norte e a Paraíba até o entroncamento da BR-427. Se as rodovias forem incorporadas pelo ente federal, o Estado ganhará em economia e os motoristas ganham vias com maior segurança e melhor mobilidade.

“O DNIT é uma instituição muito importante para o Rio Grande do Norte. Sem boas estradas não vamos fomentar a atividade econômica nem garantir a mobilidade com segurança e conforto para a população. Coincidentemente, esse tema nós também abordamos na audiência que tivemos em Brasília com o presidente da República, quando solicitamos a retomada de obras paralisadas e a garantia de regularidade de repasses financeiros para que as obras em curso não sofram paralisação” ressaltou a governadora.

Dentre as solicitações apresentadas, destaca-se a conclusão da duplicação da Reta Tabajara.

“Nós temos todo interesse em concluir as obras em andamento aqui no Rio Grande do Norte. Temos enfrentado alguns obstáculos, mas já estamos tomando as providências para solucionar e dar prosseguimento aos serviços. A Reta Tabajara, por exemplo, tivemos de fazer readequações no projeto original, o que interferiu na execução das obras. Nossa prioridade agora é com a duplicação da rodovia. A nossa expectativa é concluir tudo até 2021”, afirmou o superintendente do DNIT.

Tags:

viabilidade
rodovias estaduais
DNIT
federalização
Fátima Bezerra

voltar