Domingo, 19 de novembro de 2017

Postado às 10h15 | 13 Nov 2017 | Redação Terremoto na fronteira entre Irã e Iraque mata mais de 300

Crédito da foto: O tremor teve epicentro a 32 quilômetros da cidade iraquiana de Halabja

Um terremoto de 7,3 graus na escala Richter destruiu uma região de povoados com construções precárias na fronteira entre Irã e Iraque. Pelo menos 328 pessoas morreram e mais de 2,5 mil ficaram feridas, segundo autoridades iranianas, que apontam que o número de vítimas deve aumentar à medida que equipes de busca e resgate chegam a áreas remotas do país. A região mais atingida foi a província iraniana de Kermanshah, no oeste do país.

O tremor teve epicentro a 32 quilômetros da cidade iraquiana de Halabja, a uma profundidade de 23 quilômetros. Cerca de 30 réplicas, algumas de até 4,5 graus, foram sentidas em várias províncias iranianas.

O tremor principal foi sentido às 21h18 em Teerã (16h48 em Brasília). O diretor dos Serviços de Emergência iraniano, Pir Hosein Kolivand, afirmou que os trabalhos de resgate eram atrapalhados pelo fechamento de algumas estradas rurais. As cidades mais afetadas foram Ghasr Shirin, Sarpul e Azgale.

O número de vítimas aumentou rapidamente em relação aos primeiros relatos e era difícil quantificar os danos nos povoados atingidos, porque a comunicação por telefone e o serviço de distribuição de energia elétrica sofreram cortes. As equipes esperavam que ao amanhecer os danos ficassem mais evidentes. Segundo a CNN, tremores tão fortes na região não ocorriam desde a década de 1990.

Tags:

terremoto
Irã
Iraque
fronteira
Teerã

voltar