Sábado, 18 de novembro de 2017

Postado às 10h45 | 12 Ago 2017 | Redação Empresa espera apenas assinatura de contrato para execução de serviços na Estrada do Cajueiro

Crédito da foto: Divulgação/Arquivo A empresa MinasPara Construção Eireli ME venceu a concorrência

A empresa MinasPara Construção Eireli ME, vencedora da licitação da Estrada do Cajueiro, espera apenas assinatura de contrato para execução de serviços na via federal, trecho do Rio Grande do Norte. A informação é de Francisco Heronildes da Silva Júnior.

Em contato com a reportagem, Francisco Heronildes disse que entrou em contato com a empresa vencedora e obteve a resposta de que espera apenas alguns trâmites. “Eu entrei em contato com o proprietário da empresa vencedora. Ele me disse que aguarda apenas a assinatura do contrato. Ainda não tem prazo para a assinatura”, disse.

Heronildes revelou ainda que existe a possibilidade da assinatura do contrato com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) do Rio Grande do Norte ser realizado em setembro.

A empresa MinasPara Construção Eireli ME venceu a concorrência, mas a construtora Progresso LTDA interpôs recurso administrativo tendo o mesmo sido julgado desprovido no dia 29 de maio do ano corrente.

A Estrada do Cajueiro liga Mossoró à região do Vale de Jaguaribe e sua construção facilita o escoamento da produção agrícola e mineral da região oeste do estado, além de proporcionar intercâmbio comercial entre o RN e o Ceará. A estrada compreende um trecho de 80 km da BR 437 que liga a Chapada do Apodi (RN) ao Vale do Jaguaribe (CE). Esta é uma reivindicação antiga, que busca asfaltar o trecho que tem 38 km no estado do Rio Grande do Norte e 42km no do Ceará.

A reivindicação defende o asfaltamento dos 38 quilômetros da Estrada do Cajueiro em território potiguar, a partir de Jucuri, zona rural de Mossoró. Os demais 42 quilômetros ficam no Ceará. A obra dará impulso ao progresso econômico e social de Mossoró e Oeste Potiguar.

A construção da Estrada do Cajueiro é uma reivindicação antiga das autoridades mossoroenses e do Rio Grande do Norte, uma vez que beneficiará o escoamento da produção de produtos produzidos na região oeste do estado. Diversas empresas instaladas na zona rural de Mossoró serão beneficiadas com uma estrada de qualidade.

Tags:

Estrada da Cajueiro; Mossoró; BR 347; DNIT

voltar