Terça-Feira, 19 de junho de 2018

Postado às 12h15 | 12 Mar 2018 | Redação Entre 20% e 30% dos carteiros aderiram a paralisação no 1º dia, diz sindicato

Crédito da foto: Cedida Os trabalhadores dos Correios entraram em greve por tempo indeterminado nesta 2ª

A reportagem do DE FATO.COM entrou em contato com a assessoria de comunicação do Sindicato dos Trabalhadores da Empresa Brasileira de Correios, Telégrafos e Similares do RN (Sintect/RN) soube o primeiro dia de paralisação da categoria em Mossoró.

Segundo a assessoria, o movimento na cidade não atingiu 100% de adesão. Nesta manhã, o cálculo era de entre 20% e 30% dos carteiros que aderiram a paralisação que teve início nesta segunda-feira, 12, em todo o país.

“As agências do Centro e a agência Santa Luzia não estão com o efetivo 100%. O CDD Mossoró e o do Abolição também estão com as entregas comprometidas devido a colegas paralisados. A adesão não foi de 100%, mas acredito que esteja na faixa de 20% a 30% dos carteiros dessas localidades que pararam. A adesão costuma crescer ao decorrer da greve”, informou.

O principal motivo para a greve é intenção da administração da estatal em modificar o Plano de Saúde dos ecetistas. Eles listam ainda outros ataques, como o fechamento de agências, a terceirização, a extinção do cargo de Operador de Triagem Transbordo e a suspensão de férias.

Os trabalhadores aprovaram greve por tempo indeterminado na última sexta-feira, 9. A decisão foi tomada pela categoria em assembleias realizadas em Natal, Caicó e Mossoró, na sede e nas subsedes da Entidade representativa, o Sintect-RN.

Tags:

Correios
Mossoró
carteiros
paralisação
greve
por tempo indeterminado

voltar