Segunda-Feira, 20 de agosto de 2018

Postado às 08h45 | 13 Jun 2018 | Redação Azul Linhas Aéreas realiza voo inaugural em Mossoró nesta quarta-feira (13)

O avião que vai fazer o voo inaugural em Mossoró será do modelo ATR, com capacidade para 70 pessoas. A maior parte dos passageiros é composta por pessoas de outras regiões do país. Aeroporto recebeu investimento de aproximadamente R$ 2 milhões

Crédito da foto: Marcos Garcia/Arquivo Aeroporto de Mossoró recebeu investimento de aproximadamente R$ 2 milhões

Ocorre nesta quarta-feira, 13, o voo inaugural que marca a reabertura do aeroporto Dix-sept Rosado, em Mossoró. A Azul Linhas Aéreas será a empresa responsável por levar o município à rota do transporte viário. As linhas serão entre Recife (PE) e Mossoró e funcionarão diariamente, beneficiando vários setores da economia da região.

De acordo com o empresário Carlos Gregório, proprietário de uma agência de viagens e turismo em Mossoró, em entrevista concedida recentemente à Rádio Rural de Mossoró (990 kHz), os mossoroenses só têm a ganhar com a reabertura do aeroporto. Ele disse ainda que para uma economia ser forte, precisa de um aeroporto operante.

“A gente sabe que o desenvolvimento econômico de uma cidade passa por um aeroporto ativo e operante. Vai facilitar o descolamento de nós mossoroenses para outros locais do mundo, como também para a chegada de investidores e empresários que têm interesse em ter comércio em Mossoró, e que sempre enfrentaram dificuldades para poder chegar à cidade”, comentou Carlos Gregório.

O avião que vai reinaugurar o aeroporto de Mossoró é um modelo tipo ATR, com capacidade para 70 pessoas. De acordo com as informações do empresário, mais da metade dos passageiros são pessoas que estarão em conexão. Ou seja, vêm de outras regiões do país e farão uma parada em Mossoró.

Os demais passageiros seriam de mossoroenses que compraram as passagens do trecho Recife–Mossoró. Carlos Gregório disse ainda que quase todos os assentos do voo de Mossoró–Recife (rota contrária) estavam comercializados até a semana passada.

O empresário destacou ainda que para trazer uma linha aérea diária para Mossoró requer muitos custos e que a decisão de incluir Mossoró no trajeto de operação da empresa demonstra a credibilidade no potencial da cidade. “Temos que lembrar que para uma companhia aérea abrir uma malha aérea requer muitos custos. E, com certeza, se ela veio para cá é porque ela acredita no potencial da cidade”, disse.

Mossoró será a 107ª base de operação da companhia e o 99° aeroporto do país a ser atendido pela empresa. Para obter estrutura capaz de receber os voos, foi necessário um investimento de aproximadamente R$ 2 milhões na recuperação do aeroporto Dix-sept Rosado, por parte do Governo do Estado.

Mossoró será a terceira base de operações a ser incluída na malha da Azul neste ano. A nova linha permitirá acesso da cidade do Rio Grande do Norte a todas as partes do Brasil e outros destinos internacionais, por meio das conexões que serão realizadas no município.

De acordo com as informações da empresa, os clientes que partirem de Mossoró poderão chegar a cidades como São Paulo por meio dos aeroportos de Viracopos e Guarulhos. Ainda será possível conectar-se a Belo Horizonte (Confins), Rio de Janeiro (Galeão), Fortaleza, Salvador, Juazeiro do Norte, Natal, Teresina, Maceió, Aracaju, Petrolina, São Luís, João Pessoa, Belém e também dois dos destinos internacionais operados pela empresa nos Estados Unidos, Fort Lauderdale e Orlando.

Tags:

Azul
Linhas Aéreas
voo inagural
Mossoró
aeroporto
Dix-Sept Rosado

voltar