Domingo, 23 de setembro de 2018

Postado às 16h00 | 03 Jul 2018 | Da Redação Município garante atuação de 70 equipes de Saúde da Família em Mossoró

Crédito da foto: PMM Mossoró conta com 70 equipes da Estratégia de Saúde da Família (ESF)

A Secretaria de Saúde de Mossoró se posicionou na tarde desta terça-feira (03) sobre a notícia envolvendo o descredenciamento de equipes da Estratégia de Saúde da Família (ESF) em cidades de todo o país.

Em matéria publicada no site da Prefeitura de Mossoró, o Município esclareceu que continua com o número de 70 equipes da ESF habilitadas na cidade e explicou que existem etapas que devem ser cumpridas até que uma equipe esteja apta à habilitação e credenciamento junto ao Ministério da Saúde (MS).

"Cada equipe da ESF é responsável por atender até 4.000 mil pessoas, priorizando a população carente. A exemplo do que ocorre em outras cidades pelo país, o número de equipes credenciadas acima do número de habilitadas não representa perda de recursos do MS. Trata-se de uma estimativa, onde o credenciamento garante que os municípios brasileiros possam atuar com número determinado de equipes. Mossoró poderia trabalhar com até 93", detalha a PMM.

"É importante destacar que depois de credenciadas as equipes precisam estar habilitadas, atendendo a critérios de composição com médicos, enfermeiros, dentistas, auxiliares de saúde bucal e técnico em enfermagem. A Estratégia de Saúde da Família, anteriormente conhecida por Programa de Saúde da Família (PSF), foi implantada no município no ano de 1998 pela então e atual prefeita Rosalba Ciarlini. Naquela época, ela e seus auxiliares identificaram a carência que os mossoroenses tinham em relação ao atendimento médico nos bairros, além da baixa cobertura da rede municipal de saúde e, por isso, resolveram implantar o PSF na cidade", acrescentou.

A PMM frisou ainda que a ESF tem como principal objetivo levar assistência à comunidade, descentralizando para áreas que até então não recebem atendimentos; e que a ESF quebra o distanciamento entre usuário e médico, ou seja, o médico, enfermeiro, técnico de enfermagem e agente de saúde tem contato direto com a comunidade, sabem com mais precisão da realidade de cada usuário.

Tags:

Saúde
Família
PSF

voltar