Sexta-Feira, 19 de abril de 2019

Postado às 11h30 | 11 Fev 2019 | Redação Sensação de temperatura alta vai parar quando começar a chover, diz metereologista

Crédito da foto: Maricélio Almeida Onda de calor que assola Mossoró passará quando chuva começar a ocorrer na cidade

Edilson Damasceno/Da Redação

Mossoró tem registrado temperaturas que chegam a 35 graus, mas a sensação térmica indica que seria muito mais alta. E essa sensação de calor aumenta à noite, quando o tempo fica abafado. Mesmo em locais onde a ventilação é mais corrente, existe o valor em Mossoró. Mas será que é algo climático que se percebe apenas por aqui? A resposta, óbvio, é que não.

Todos os anos, em igual período, Mossoró passa pela mesma situação. Segundo o professor José Spínola Sobrinho, do Departamento de Climatologia da Universidade Federal Rural do Semiárido (UFERSA), não existe nada de anormalidade e ocorre um fator próprio do tempo chuvoso. “Todo ano acontece esse calor”, disse o professor, acrescentando que está quente porque o tempo fica bom para chuva. Disse que o que está interferindo é justamente porque está chovendo.

Nessa ótica, o professor afirma que a região da Amazônia é tida como quente justamente pelo fator da chuva. É que quando chove, inexiste a possibilidade de circulação do ar. E como a região é quente, a temperatura aumenta consideravelmente. No caso específico de Mossoró, o professor do Departamento de Climatologia da Universidade Federal Rural do Semiárido afirma que, além disso, a unidade relativa do ar está alta. “A sensação térmica é alta e fica abafado”, completou.

Se você está sentindo os efeitos do calor que assola Mossoró, é bom tomar algumas precauções. A principal delas é se hidratar, tomando água. Sim, porque o calor desidrata. E essa particularidade pode te levar ao hospital.

Spínola Sobrinho informou que é bom evitar a prática de exercício físico em horário compreendido das 10h às 14h. Disse ainda que é bom as pessoas ficarem atentas às crianças e aos idosos, que são mais afetados pela onda de calor e podem sofrer sérias consequências se ficarem submetidos à particularidade climática do momento.

O professor desaconselhou uma prática usada quando a umidade relativa do ar está baixa, que é a colocação de vasilhas com água no quarto. “A umidade do ar já está alta”, disse, acrescentando que essa alternativa não vai reduzir a temperatura. Pelo contrário.

Mas não precisa ficar preocupado: a sensação de calor não perdurará. É que, ainda segundo Spínola Sobrinho, as chuvas estão chegando e à medida que chover, disse o professor, o calor será amenizado. A questão é que agora raramente tem chovido. O tempo fecha, a temperatura aumenta justamente em razão da falta de circulação do vento. É só questão de dias. Até lá, é bom ingerir água, tomar banho e não se submeter ao sol nos períodos mais quentes do dia.

Tags:

temperatura
sensação
metereologista
chuva
Mossoró

voltar