Terça-Feira, 21 de novembro de 2017

Postado às 12h15 | 16 Jul 2017 | Redação Primeira-dama estreia programa de rádio para 'vender' imagem do governo Robinson

Crédito da foto: Ascom/RN Primeira-dama Juliane Faria, que é titular da Sethas, vai destacar programa sociais em primeiro prog

A Secretaria de Trabalho, Habitação e Assistência Social vai estrear programa de rádio nesta segunda-feira (17) para prestar contas à população das ações da pasta. O programa “Desenvolvimento Social do Rio Grande do Norte” terá dois minutos e meio e será veiculado semanalmente nas rádios Agreste (107,5 FM), Potengi (1210 AM) e Monte Alegre (87,9 FM), às 7h, 11h30, 15h30 e 18h30.

Segundo Julianne Faria, o programa é mais um canal para que a população conheça os projetos e programas da Sethas. “O gestor tem que prestar contas do seu trabalho, as pessoas querem saber onde está sendo investido o dinheiro público. Nós da Sethas temos muitas ações, somos uma secretaria que tem programas importantes como o Restaurante Popular, Central do Cidadão, as políticas de incentivo aos artesãos, o Programa do Leite e outros que estão em processo para implantação como o Transporte Cidadão. Isso tudo precisa ser mostrado”, explicou. “Divulgamos muito nas redes sociais e na imprensa como um todo, mas o rádio ainda é um importante veículo de comunicação no interior do Estado”, ressaltou a titular da Sethas.

Na estreia, Julianne Faria vai falar sobre a expansão de um dos maiores programas da Sethas, o Restaurante Popular. No início de sua gestão, em 2015, eram 24 unidades no Estado, mas foram abertos novos restaurantes totalizando hoje 32. Além disso, foi intensificada a fiscalização e padronizado o cardápio. “A cada semana vamos falar sobre um programa da Sethas, vamos mostrar nosso trabalho. Com muita criatividade estamos conseguindo desenvolver ações que estão beneficiado os potigures”, aponta Julianne.

O sinal do programa do Desenvolvimento Social do Rio Grande do Norte chegará a 110 municípios do Agreste, Trairi, Potengi, Mato Grande, Litoral Sul e Grande Natal. A ideia é expandir gradativamente a veiculação para outras regiões.

Tags:

voltar