VEJA TRECHO DO DEPOIMENTO NO VÍDEO

O empresário Marcelo Odebrecht diz ter usado a conta de propina que a empresa mantinha com o PT para adquirir um imóvel destinado a abrigar a sede do Instituto Lula. Além disso, teria repassado valor para pagar uma cobertura vizinha à do ex-presidente.

O ex-presidente negou as acusações. E aproveitou a oportunidade para dizer que o seu ex-ministro Antônio Palocci mentiu em depimento ao juiz Moro. "O Palocci mentiu aqui", afirmou, embora o interrogatório de hoje não tivesse ligação com o que denunciou Palocci.

 

DISCUSSÃO

O depoimento terminou em discussão entre Lula e Moro. Lula acusou o magistrado de agir com imparcialidade, e de ser refém da imprensa nacional.

“Não posso deixar de dizer que esses processos contra mim virassem vocês reféns da imprensa”, disparou Lula em suas considerações finais.

“Vou chegar em casa amanhã almoçar com 8 netos e uma bisneta de 6 meses. Posso olhar na cara dos meus filhos e dizer que vim a Curitiba prestar depoimento a um juiz imparcial?”, diz Lula.

Moro responde irritado.

“Não cabe ao senhor perguntar isso a mim. Mas de todo modo sim”, disse.

“Não foi o procedimento na outra ação”, rebateu Lula.

“Eu não vou discutir a outra ação com o senhor. A minha convicção é que o senhor foi culpado. Se fossemos discutir aqui, não seria bom para o senhor”, disse Moro.

Lula então, diz que tem que discutir sim. “Vou esperar que a justiça continue a fazer justiça nesse país”.

Moro interrompe, e encerra a gravação.

VEJA COBERTURA COMPLETA DO DEPOIMENTO DE LULA COM MAIS VÍDEOS

">


Sábado, 18 de novembro de 2017

Postado às 22h15 | 13 Set 2017 | Redação Depoimento de Lula não tem novidade e discussão faz Moro encerrar abruptamente

Crédito da foto: Reprodução Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi ouvido nesta quarta-feira pelo juiz da Lava Jato Sérgio

O ex-presidente Lula (PT) prestou depoimento ao juiz Sérgio Moro, que conduz os processos da Lava Jato em Curitiba, na tarde desta quarta-feira (13). Desta vez, na ação penal em que é acusado de receber propina da Odebrecht.

VEJA TRECHO DO DEPOIMENTO NO VÍDEO

O empresário Marcelo Odebrecht diz ter usado a conta de propina que a empresa mantinha com o PT para adquirir um imóvel destinado a abrigar a sede do Instituto Lula. Além disso, teria repassado valor para pagar uma cobertura vizinha à do ex-presidente.

O ex-presidente negou as acusações. E aproveitou a oportunidade para dizer que o seu ex-ministro Antônio Palocci mentiu em depimento ao juiz Moro. "O Palocci mentiu aqui", afirmou, embora o interrogatório de hoje não tivesse ligação com o que denunciou Palocci.

 

DISCUSSÃO

O depoimento terminou em discussão entre Lula e Moro. Lula acusou o magistrado de agir com imparcialidade, e de ser refém da imprensa nacional.

“Não posso deixar de dizer que esses processos contra mim virassem vocês reféns da imprensa”, disparou Lula em suas considerações finais.

“Vou chegar em casa amanhã almoçar com 8 netos e uma bisneta de 6 meses. Posso olhar na cara dos meus filhos e dizer que vim a Curitiba prestar depoimento a um juiz imparcial?”, diz Lula.

Moro responde irritado.

“Não cabe ao senhor perguntar isso a mim. Mas de todo modo sim”, disse.

“Não foi o procedimento na outra ação”, rebateu Lula.

“Eu não vou discutir a outra ação com o senhor. A minha convicção é que o senhor foi culpado. Se fossemos discutir aqui, não seria bom para o senhor”, disse Moro.

Lula então, diz que tem que discutir sim. “Vou esperar que a justiça continue a fazer justiça nesse país”.

Moro interrompe, e encerra a gravação.

VEJA COBERTURA COMPLETA DO DEPOIMENTO DE LULA COM MAIS VÍDEOS

Tags:

Lula
Sérgio Moro
Lava Jato
Odebrecht
depoimento
Palocci
Justiça Federal

voltar