Quinta-Feira, 23 de maio de 2019

Postado às 07h15 | 08 Out 2018 | Redação Larissa Rosado não se reelegeu; cidade terá duas representações na Casa, com Isolda Dantas e Alysson Bezerra

Crédito da foto: Arquivo Larissa Rosado, que não renovou o mandato na Assembleia Legislativa

Mossoró perdeu sua representação na Assembleia Legislativa, assim como as tradicionais forças políticas da cidade ficaram sem espaços na Casa. A deputada estadual Larissa Rosado (PSDB) não conseguiu se reeleger neste domingo. Contudo, apesar da derrota da parlamentar, a cidade aumentou sua representatividade e contará dois deputados estaduais na AL a partir de janeiro do ano que vem: Isolda Dantas (PT) e Alysson Bezerra. Além deles, a cidade poderá contar com o respaldo de Dr. Bernardo, que ficou com a terceira maior votação, perdendo apenas para Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB) e Gustavo Carvalho. Dr. Bernardo é ex-prefeito de Almino Afonso e possui laços em Mossoró.

As eleições deste ano apresentaram resultado que indica que o eleitor quis deixar de fora alguns deputados estaduais que estavam, há anos, se reelegendo sistematicamente e resolveu apostar em alguns nomes novos. Um deles é Ricardo Motta (PSB), que chegou a ser presidente da Assembleia Legislativa, mas teve seu nome envolvido em escândalos de desvio de recursos da Casa e, por esse fator, fica fora. Renovação, para ter mais exatidão, foi a palavra de ordem.

Os que saíram, a mudança de partido pode ter tido efeito negativo para esta campanha. Larissa Rosado deixou o PSB e migrou para o PSDB. Outros sentiram o baque da ausência de força política que davam sustentação robusta. É o caso da deputada estadual Márcia Maia (PSDB), que tinha na sua mãe, a ex-governadora Wilma de Faria, sua principal incentivadora e puxadora de votos. Wilma faleceu há meses passados e deixou lacuna considerável na política potiguar.

O certo é que houve renovação de 20,8% na Assembleia Legislativa. Não conseguiram se reeleger, além de Larissa Rosado, Márcia Maia e Ricardo Motta e os deputados estaduais Gustavo Fernandes (PSDB) e Carlos Augusto Maia (PC do B).

 

Veja quem se elegeu

Ezequiel (PSDB) - 58.221 votos

Gustavo Carvalho (PSDB) - 47.543 votos

Dr. Bernardo (AVA)- 42.034 votos

Tomba Farias (PSDB) - 41.249 votos

Nelter Queiroz (MDB) -  40.717 votos

Hermano Morais (MDB) - 38.053 votos

Galeno Torquato (PSD) -  34.532 votos

George Soares (PR) - 34.249 votos

Raimundo Fernandes (PSDB)- 33.965 votos

Cristiane Dantas (PPL) - 33.860 votos

Kelps (SD) - 33.807 votos

Getulio Rêgo (DEM) -  33.475 votos

Isolda Dantas (PT) - 32.958 votos

Kleber Rodrigues (AVA) -  32.755 votos

Vivaldo Costa (PSD) -  32.638 votos

Albert Dickson Oftalmologista (PROS) -  31.696 votos

Souza (PHS) -  30.764 votos

Adjuto Dias (MDB)  -  28.697

Coronel Azevedo (PSL) - 27.606 votos

José Dias (PSDB) - 27.273 votos

Francisco do PT (PT) - 23.448 votos

Eudiane Macedo (PTC) - 22.333 votos

Allyson Bezerra (SD) -  20.223 votos

Ubaldo Fernandes (PTC) -  20.148 votos

Sandro Pimentel (PSOL) -  19.158 votos.

Tags:

Assembleia Legislativa
Mossoró
Isolda Dantas
Alysson Bezerra
Larissa Rosado

voltar