Terça-Feira, 18 de junho de 2019

Postado às 11h15 | 25 Mai 2019 | Redação Mobilização de apoio ao presidente Jair Bolsonaro acontece neste domingo

Crédito da foto: " Marcelo Camargo/Agência Brasil Manifestação é em defesa do governo Bolsonaro

Uma manifestação em apoio ao presidente Jair Bolsonaro está marcado para este domingo, 26, em todo o país. O movimento é organizado pelo PSL e partidários de Bolsonaro. Em Mossoró, o ato terá início às 15 horas na Avenida Presidente Dutra, altura do Posto de Ceguinho. O término será ao lado da Estação das Artes.

Os atos, previstos para dezenas de cidades, foram convocados pelos grupos mais radicais do bolsonarismo, num momento que o ex-capitão do Exército enfrenta, com menos de cinco meses no poder, uma queda drástica de popularidade e uma onda de contestação nas universidades.

A movimentação nacional acontece em defesa do governo Bolsonaro e da agenda política do presidente. Reforma da Previdência, CPI da Lava Toga, Lava Jato, aprovação do pacote anticrime do ministro Sérgio Moro, MP 870 e redução de ministérios são algumas pautas do dia, além de se posicionarem contra ação do centrão.

As manifestações deste final de semana viraram motivo de discordância entre os próprios apoiadores do presidente. Enquanto uns insistem em sair às ruas, outros sustentam que a convocação "não tem sentido". Apesar da divisão entre apoiadores de Bolsonaro, a expectativa é a de que milhares de pessoas saiam às ruas em defesa do governo.

A maior parte dos atos está marcada para cidades do Sudeste. Nela, são 127. Na sequência aparecem os municípios das regiões Sul (82), Nordeste (55), Centro-Oeste (27) e Norte (17). Fora do país, brasileiros organizam manifestações em Boston, Irving, Nova York, Miaim, Miramar, Newark e Washington, todas nos Estados Unidos. Haverá também em Buenos Aires, na Argentina, Toronto, no Canadá, Londres, na Inglaterra, e Lisboa e Viseu, em Portugal.

Após pensar inicialmente em participar dos atos, Bolsonaro voltou atrás e aconselhou os ministros a fazer o mesmo. Com isso, pretende evitar novos atritos com o Congresso. Mas uma parcela considerável de apoiadores insiste na importância das manifestações.

Tags:

Jair Bolsonaro
presidente
domingo
manifestação
protesto

voltar