Sexta-Feira, 20 de julho de 2018

Postado às 11h45 | 12 Abr 2018 | Redação Santo Antônio concentrou quase 50% das violações contra menores no 1º trimestre

Crédito da foto: Ilustração Dos 30 casos confirmados, o Santo Antônio registrou 14 no 1º trimestre de 2018

O Conselho Tutelar da Criança e do Adolescente, da 33ª Zona do Município de Mossoró divulgou o Relatório de Atividades do órgão referente ao primeiro trimestre de 2018. O estudo apresenta dados dos atendimentos realizados entre janeiro e março.

De acordo com o levantamento, houve o registro de 30 casos confirmados por violações praticadas contra crianças ou adolescentes no município. Segundo o Conselho Tutelar, a área do Santo Antônio, que abrange também o Loteamento Santa Helena e o Conjunto Independência, concentrou 46% dos casos confirmados nos três primeiros meses do ano. O número de violações no bairro foi chegou a 14 no período.

O registro no Santo Antônio é bem maior do que o verificado em outros bairros da cidade. No Belo Horizonte e Santa Júlia houve o registro de três violações, cada. Boa Vista e Bela Vista tiveram dois casos confirmados. Nova Betânia, Santa Delmira, Redenção, Abolição I, Aeroporto I e II tiveram um registro, cada.

Dos 30 casos confirmados, 18 deles foram contra crianças ou adolescentes do sexo masculino e 12 do sexo feminino. Houve 16 violações contra crianças de 0 a 7 anos, 8 casos contra crianças entre 8 e 11 anos. Já entre 12 e 17 anos o número de violações foram seis no total.

Segundo o órgão, as violações que mais feriram os direitos das crianças e adolescentes no período foram: Negligência; Não matriculado; Suposto Abuso Sexual; Problemas relacionados à Saúde e Agressão Física. Lembra ainda que os maiores violadores dos direitos se encontram no seio familiar, ou seja, aqueles que têm o dever de proteger são os que mais praticam as violações de direitos.

O Conselho Tutelar informa que os dados consistem basicamente nos casos acompanhados mês a mês; perfil de violação por sexo; números de violações praticadas contra crianças e/ou adolescentes; números de agentes violadores de direitos contra crianças e/ou adolescentes; números de violações praticadas contra crianças e/ou adolescentes por bairro; denúncias do livro de registro por turno; denúncias do livro de registro por bairro; atendimentos diversos.

Tags:

Santo Antônio
bairros
violações contra crianças
violações contra adolescentes
Loteamento Santa Helena

voltar