Domingo, 26 de maio de 2019

Postado às 09h45 | 12 Mar 2019 | Redação Dezesseis são mortos no RN no fim de semana e estado soma 281 crimes no ano

Crédito da foto: Reprodução Polícia teve muito trabalho no fim de semana em Mossoró

Fábio Vale/JORNAL DE FATO

Dezesseis pessoas foram mortas neste final de semana no Rio Grande do Norte. Os crimes registrados entre a última sexta-feira (8) e o domingo (10) aconteceram em 12 diferentes cidades potiguares. Os casos fizeram o estado chegar aos 281 assassinatos neste ano. Os dados são do Observatório da Violência (OBVIO/RN).

O levantamento disponibilizado pela entidade nesta segunda-feira (11) deu conta de que, do total de mortes no RN no fim de semana, duas aconteceram na sexta, cinco no sábado (9) e oito no domingo e que, dos 15 crimes, 14 vitimaram homens e apenas um resultou em óbito de uma mulher. Segundo o Obvio, Parnamirim, São Gonçalo do Amarante e Serra Caiada foram alvos de dois assassinatos cada.

O restante das mortes ocorreu nos municípios de Natal, Santa Cruz, Ceará-Mirim, Caiçara do Rio do Vento, Currais Novos, Sítio Novo, Japi, Bom Jesus e Mossoró, com um crime cada. As estatísticas do Observatório detalham também que, das 15 vítimas do final de semana, 12 foram mortas a tiros, duas por arma branca e uma carbonizada.

O mais recente balanço do Obvio mostra ainda que somente entre 1° de janeiro e 10 de março deste ano, 280 pessoas foram assassinadas em todo o estado potiguar, contra 429 no mesmo período do ano passado, 476 em 2017, 348 em 2016 e 306 em 2015. O comparativo aponta uma média de quase oito mortes por dia neste ano.

 

Mossoró passa dos 30 crimes com ataque que matou pai e criança e deixou mãe ferida

A segunda maior cidade do Rio Grande do Norte ultrapassou, neste fim e começo de semana, a marca de 30 assassinatos em 2019. Mossoró foi alvo, entre as madrugadas deste domingo e segunda-feira, de três homicídios. Em um dos ataques, um pai e uma criança morreram e uma mãe ficou baleada.

O crime que matou duas pessoas da mesma família aconteceu por volta das 2h30 da madrugada de ontem, na Rua São José, próximo ao muro do aeroporto de Mossoró, no bairro Boa Vista. A informação é de que homens armados invadiram uma residência após terem arrombado um portão e efetuado vários disparos de arma de fogo.

Os tiros atingiram João Alexandre Teixeira de Melo, de 26 anos de idade; a esposa dele, Mikarla Fhiama Ferreira, de mesma idade; e o filho do casal de apenas dois anos. Alexandre morreu no local. Mikarla e a criança ainda foram conduzidas para o hospital, mas somente a mãe sobreviveu. O atual estado de saúde dela não foi divulgado, até o fechamento desta matéria.

O relato é de que o alvo do ataque teria sido apenas Alexandre e que no local teriam sido encontradas cápsulas de diversos calibres. Os corpos do pai e da criança foram removidos para necropsia no Instituto Técnico-Científico de Perícia (ITEP), para serem liberados para velório e sepultamento. O caso deve ser investigado pela Polícia Civil, que deve apurar a autoria e a motivação do crime.

No outro homicídio, ocorrido na madrugada do dia anterior, uma mulher de 23 anos foi morta a tiros na calçada de uma residência no conjunto Santa Júlia, na região do residencial Alfredo Simonetti, no Abolição V. A vítima foi identificada como Karina Pascaly Soares Barros e já teria tido dois irmãos assassinados. Os crimes deste fim de semana fizeram Mossoró somar 32 assassinatos em 2019.

ASSINE E LEIA A EDIÇÃO IMPRESSA DO JORNAL DE FATO (84 - 3323-8900)

Tags:

RN
violência
polícia
assassinatos
Mossoró

voltar