Domingo, 26 de maio de 2019

Postado às 14h00 | 13 Mar 2019 | Redação PM trabalha com metade do efetivo no RN; Polícia Civil com menos de 30%

Crédito da foto: Cedida Números foram revelados pelo secretário de Segurança, coronel Francisco Araújo

Todas as instituições de segurança pública do Rio Grande do Norte estão com o efetivo defasado. Foi o que afirmou nesta terça-feira, 12, em entrevista no programa Hora Extra da Notícia (91.9 FM), o secretário de Segurança Pública e da Defesa Social do Rio Grande do Norte (Sesed-RN), coronel Francisco Araújo.

Conforme falou o coronel, existe uma previsão legal de que a Polícia Militar do RN possua um efetivo de 13.466 policiais. Como a lei é de 2010, ele avalia que esse número já deveria ter sido atualizado para 15 mil. Hoje, no entanto, a PM potiguar dispõe de um efetivo bem abaixo desse quantitativo, de apenas 7,8 mil policiais aproximadamente.

“Ela [a lei] foi feita há mais de dez anos e já dizia que era 13.466. Com o desenvolvimento econômico, o tamanho do Estado e tudo, hoje deveríamos ter no mínimo 15 mil policiais, então hoje nós estamos trabalhando com a metade. E tem um detalhe: a PM trabalha com a metade e a Polícia Civil trabalha com menos de 30%”, disse o coronel Araújo.

Ainda segundo o secretário, em 2010, quando a lei foi criada, a PM tinha um efetivo de 10,2 mil policiais. Nove anos depois, apesar de o Estado ter crescido em população, em serviços e em demandas, a corporação encolheu em cerca de 2,4 mil PMs.

Em razão do déficit, o secretário adianta que já há concursos públicos previstos. No caso específico da Polícia Militar, existe um certame em andamento com a previsão de 1 mil vagas, sendo 62 para mulheres e as demais para homens. Também está em andamento um concurso público para a Polícia Civil. Além disso, há uma garantia de recursos do Governo Federal da ordem de R$ 80 milhões para aquisição de equipamentos e mais R$ 40 milhões garantidos em emendas impositivas alocadas pelos parlamentares potiguares.

O programa Hora Extra da Notícia é apresentado pelo jornalista Danilo Sá e pelo advogado Aldo Clemente e vai ao ar de segunda a sexta, das 12h às 13h, na Rádio 91.9 FM.

Fonte: Assessoria

Tags:

Segurança
Efetivo
PM
Polícia Civil

voltar