Domingo, 26 de maio de 2019

Postado às 10h00 | 18 Abr 2019 | Redação RN é o segundo em redução de homicídios nos dois primeiros meses de 2019

Crédito da foto: Reprodução Segundo o INH, o estado registrou 212 homicídios nos 60 primeiros dias deste ano

O Índice Nacional de Homicídios criado pelo G1 aponta redução de 41,9% no número de assassinatos no Rio Grande do Norte nos dois primeiros meses de 2019 em relação ao mesmo período do ano passado. O levantamento faz parte do Monitor da Violência, uma parceria do G1 com o Núcleo de Estudos da Violência da USP e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

Segundo o INH, o estado registrou 212 homicídios nos 60 primeiros dias deste ano contra 365 no primeiro bimestre de 2018.

Ao portal do Grupo Globo, o coronel Francisco Canindé de Araújo Silva, secretário de Segurança Pública e da Defesa Social do Rio Grande do Norte, uma maior integração entre os órgãos públicos é um dos fatores por trás da queda.

“A redução dos índices de criminalidade (...) deve-se a um melhor planejamento das ações das instituições de segurança pública, uma maior integração – tanto das instituições do estado, como das instituições federais que estão aqui no Rio Grande do Norte, como a Polícia Federal, a Polícia Rodoviária Federal e as próprias Forças Armadas –, o apoio do Ministério Público e do Poder Judiciário, a abnegação dos policiais nessas ações, um maior controle do sistema prisional e, também, o apoio inconteste do governo do estado a todas essas ações de nossas instituições”.

Ainda de acordo com o levantamento, o Brasil teve uma queda de 25% no número de assassinatos nos dois primeiros meses deste ano em comparação com o mesmo período do ano passado.

De acordo com a ferramenta, houve 6.856 mortes violentas no primeiro bimestre de 2019. O dado só não comporta o Paraná. O governo do estado informa que os números de janeiro e fevereiro ainda estão sendo tabulados para posterior divulgação. Tirando o Paraná, houve 9.094 assassinatos no mesmo período de 2018. Ou seja, uma queda de 25%.

A queda é puxada principalmente pelos estados do Nordeste, que, juntos, registram a redução mais significativa do número de mortes (34%) – somente no Ceará o índice diminuiu 58%.

Segundo o G1, a ferramenta permite o acompanhamento dos dados de vítimas de crimes violentos mês a mês no país. Estão contabilizadas as vítimas de homicídios dolosos, latrocínios e lesões corporais seguidas de morte. Juntos, estes casos compõem os chamados crimes violentos letais e intencionais.

Os dados coletados mês a mês pelo G1 não incluem as mortes em decorrência de intervenção policial. Isso porque há uma dificuldade maior em obter esses dados em tempo real e de forma sistemática com os governos estaduais.

Crimes violentos no Brasil

Estado

1º bimestre de 2018

1º bimestre de 2019

Variação (em %)

Ceará

844

355

-57,9

Rio Grande do Norte

365

212

-41,9

Amapá

53

34

-35,8

Pernambuco

868

580

-33,2

Sergipe

198

139

-29,8

Paraíba

225

164

-27,1

Pará

697

510

-26,8

Alagoas

265

196

-26

Maranhão

298

221

-25,8

Santa Catarina

175

130

-25,7

Acre

81

61

-24,7

Distrito Federal

85

64

-24,7

Rio de Janeiro

964

734

-23,9

Bahia

1.050

841

-19,9

Minas Gerais

617

501

-18,8

Rio Grande do Sul

455

371

-18,5

Piauí

101

83

-17,8

Mato Grosso

155

138

-11

Tocantins

66

60

-9,1

Espírito Santo

222

203

-8,6

São Paulo

583

549

-5,8

Goiás

372

353

-5,1

Roraima

46

44

-4,3

Mato Grosso do Sul

82

79

-3,7

Amazonas

151

156

3,3

Rondônia

76

79

3,9

Paraná

não informado

não informado

-

Brasil

9.094

6.856

-24,6

Fonte: G1

Tags:

Rio Grande do Norte
RN
G1
homicídios
1º bimestre

voltar