Quinta-Feira, 20 de junho de 2019

Postado às 10h30 | 10 Jun 2019 | Redação Operação Infiltrados: advogado é preso por tentativa de comprar sentença no RN

Crédito da foto: Reprodução Milnistério Público Estadual do RN

O advogado Allan Clayton Pereira de Almeida foi preso preventivamente na manhã deste segunda-feira (10) durante a Operação Infiltrados, detonada pelo Ministério Público Estadual. A ação investiga esquema de compra de sentença no Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN).

A investigação do MPRN é sustentada por interceptações de conversas no Whatsapp realizadas pelo Centro de Inteligência da Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social.

Segundo o Ministério Público, foram identificados diálogos suspeitos com Rodrigo Fernandes de Paiva, advogado e ex-assessor da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte (e sobrinho do Desembargador do TJRN Virgílio Fernandes de Macedo Júnior), e Flávio Humberto de Noronha Freire, ex-assessor do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte e ex-servidor da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte.

Os envolvidos foram alvo de mandados de busca e apreensão autorizados pelo juiz Guilherme Newton do Monte Pinto.

A operação também cumpriu mandato de busca e apreensão contra Isabel Cristina Gorgônio de Medeiros, esposa de Allan. Ela é ex-servidora da Assembleia Legislativa e candidata a deputada federal pelo PSD nas eleições de 2018.

Isabel Cristina foi responsável pelas movimentações bancárias do casal.

De acordo com as investigações Rodrigo e Flávio teriam prometido a Allan Clayton uma decisão favorável em processo relatado pelo desembargador Glauber Rego. Allan é apontado como sendo advogado do “Sindicato do Crime”.

O pagamento teria sido no valor de R$ 70 mil. Como não houve decisão favorável no TJRN, Allan passou a cobrar a devolução do dinheiro.

Tags:

Advogado
TJRN
MPRN
RN
operação Infiltrados

voltar