Quinta-Feira, 20 de junho de 2019

Postado às 10h15 | 11 Jun 2019 | Redação Prefeitura e Estado acumulam dívida e hospital vai suspender atendimento de UTI e cirurgias

Crédito da foto: Reprodução Hospital Wilson Rosado, em Mossoró

O Hospital Wilson Rosado (HWR) vai suspender os atendimentos da UTI pediátrica e as cirurgias cardíacas e ortopédicas, caso a Prefeitura de Mossoró e o Governo do Estado não apresentem uma solução para um débito de mais de R$ 15 milhões (40% do município; 60% do estado) nesta semana.

Outros atendimentos pelo Sistema Único de Saúde (SUS) também devem ser suspensos.

A direção do hospital reclama que há dois anos a prefeitura não paga as complementações, daí o acúmulo da dívida. O HWR afirma que há 60 dias o Governo do Estado pagou o “tcep” (cooperação entre estado e município, em que o estado complementa com 60%), mas até hoje (11) o repasse não foi feito pelo município.

Em nota, a direção do Wilson Rosado anuncia a decisão:

“Em virtude das nossas dificuldades, da exaustão financeira do HWR, resolvemos tomar algumas providências:

1) suspensão dos atendimentos da uti pediátrica, ainda esta semana.

2) suspensão das cirurgias cardíacas na próxima semana, após comunicar aos profissionais

3) Suspensão das cirurgias ortopédicas na próxima semana.

4) As cirurgias oncológicas serão mantidas até segunda ordem, pois entendemos que sua suspensão gera danais irreparáveis.

Tags:

Wilson Rosado
UTI pediátrica
Mossoró
Prefeitura
SUS

voltar