Sábado, 18 de novembro de 2017

Postado às 19h15 | 13 Nov 2017 | Redação PSDB começa a deixar o governo Temer devolvendo o Ministério ds Cidades

Crédito da foto: Arquivo Bruno Araújo, indicado pelo PSDB, encaminhou carta ao presidente Michel Temer

Blog do César Santos

O PSDB está de marcha engatada para desembarcar do governo Temer (PMDB). Não há mais ambiente entre os antigos parceiros.

Seguindo o processo de voo do tucanato, o ministro das Cidades, Bruno Araújo (PSDB), encaminhou encaminhou nesta segunda-feira (13) ao presidente Michel Temer uma carta pedindo demissão do governo federal.

O PSDB está dividido entre uma ala que defende a permanência no governo federal e outra que quer desembarcar da gestão peemedebista.

Na carta de demissão, Bruno Araújo agradeceu a Temer a oportunidade de comandar a pasta responsável, entre outras coisas, pelo programa Minha Casa, Minha Vida e justificou a saída do governo ao fato de, segundo ele, já não haver dentro do PSDB "apoio no tamanho que permita seguir nesta tarefa".

"Agradeço a confiança do meu partido, no qual exerci toda a minha vida pública, e já não há mais nele apoio no tamanho que permita seguir nessa tarefa", escreveu o ministro na carta em que pede para deixar o primeiro escalão.

Bruno Araújo cumpriria agenda em Mossoró no início de dezembro, onde entregaria as 844 casas do residencial Maria Odete Rosado, construído com recursos do programa Minha Casa, Minha Vida.

Tags:

Crise
política
Bruno Araújo
Cidades
ministro
Michel Temer
Planalto

voltar