Sexta-Feira, 14 de dezembro de 2018

Postado às 18h00 | 16 Abr 2018 | Redação Governador diz que greve dos professores tem interesse político e eleitoral

Crédito da foto: Marcos Garcia/JORNAL DE FATO Governador Robinson Faria gravou entrevista para o Cafezinho com César Santos na sede do JORNAL DE F

BLOG DO CÉSAR SANTOS

O governador Robinson Faria (PSD) vê interesse político e eleitoral na greve dos professores da rede estadual de ensino do Rio Grande do Norte. O movimento, acredita ele, tem a influência da senadora Fátima Bezerra (PT), pré-candidata ao Governo do Estado, com objetivo de atingir a sua gestão em ano eleitoral.

No gabinete de trabalho do titular do blog, na sede do JORNAL DE FATO, Robinson disse que o governo tentou de todas as formas evitar a greve dos professores, apresentando cinco propostas para implantar o piso nacional do Magistério (reajuste de 6,81%), porém, o Sindicato dos Trabalhadores em Educação (SINTE-RN) não acatou nenhuma das propostas.

Como historicamente o Sinte-RN é ligado a Fátima Bezerra, inclusive, a desconfiança é de a petista esteja por trás da “greve política”, no entendimento do governador.

Os professores acataram uma proposta apresentada pelo desembargador Glauber Rêgo, do TJRN, que prevê a implantação do novo piso a partir da folha de abril, beneficiando primeiramente ao pessoal da ativa. A proposta também define que o retroativo de janeiro a março será pago em seis parcelas.

“Essa proposta apresentamos em uma das mesas de negociação, mas o sindicato acabou não aceitando”, questionou Robinson. Ele acredita que a greve dos professores terá um desfecho nos próximos dias, prevendo o retorno dos professores à sala de aula.

Robinson Faria gravou longa entrevista para o “Cafezinho com César Santos” que será publicada na edição de domingo (22). Ele fala sobre administração, política e sucessão.

ACOMPANHE OS BASTIDORES DA POLÍTICA NO BLOG DO CÉSAR SANTOS

Tags:

Robinson Faria
governador
greve
professores
Fátima Bezerra
PT
eleições

voltar