Quinta-Feira, 16 de agosto de 2018

Postado às 11h00 | 08 Mai 2018 | Redação Governo do Estado suspende contrato com organizadora do concurso da PM

A medida de suspender o contrato com o IBADE foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) desta terça-feira (8). A suspensão considera recomendação do Ministério Público do Rio Grande do Norte. Certame contaria com mil vagas

Crédito da foto: Arquivo/Divulgação Suspensão foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) desta terça-feira

A Secretaria de Estado da Administração e dos Recursos Humanos (SEARH) resolveu suspender o contrato com o Instituto Brasileiro de Apoio e Desenvolvimento Executivo (IBADE) para organização do concurso público para provimento de 1.000 vagas de Praça da Polícia Militar do Estado do Rio Grande do Norte. A portaria foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) desta terça-feira, 8.

De acordo com o documento, a suspensão considera a recomendação do Ministério Público. O MP informa que todo o processo administrativo teve por fundamento um projeto básico referente à organização de três etapas e quatro provas do concurso, enquanto o contrato trouxe anexo um novo projeto básico referente à organização de uma etapa e duas provas do certame.

Para o MPRN, essa desconexão entre o projeto básico e o contrato viola flagrantemente as normas aplicáveis aos procedimentos licitatórios, inclusive às hipóteses de dispensa de licitação. “Tais ilegalidades levam à anulação do procedimento de dispensa de licitação e do subsequente contrato”, reforça a recomendação.

O termo de contrato foi firmado entre a Searh e o Instituto Brasileiro de Apoio e Desenvolvimento Executivo (Ibade). O projeto básico faz referência à realização de quatro etapas do concurso, especificadas como sendo provas objetivas, redação, exame médico admissional e teste de aptidão física, baseando todos os atos posteriores dentro desses parâmetros.

A SEARH diz que Instaurar processo administrativo para apurar a regularidade da contratação do instituto.

VEJA TAMBÉM: 

MPRN recomenda anulação do contrato para realização do concurso da PM

Governo do Estado devolve taxa de inscrição de concurso público da Polícia Militar

Governo tem 60 dias para publicar novo edital do concurso da Polícia Militar???????

Sentença confirma decisão liminar para republicação de edital de Concurso da PM???????

MPRN apura número reduzido de vagas para mulheres em concurso da PM???????

Secretária de Segurança garante edital da PM com mudanças para próximos dias???????

Concurso da PM do RN deverá exigir nível superior e habilitação para carro???????

Edital de novo concurso para a Polícia Militar no RN será de nível superior???????

Governo do Rio Grande do Norte suspende concurso público da Polícia Militar???????

Governo dispensa licitação e concurso da PM vai custar R$ 1,4 milhões???????

Inscrições do concurso público para a Polícia Militar começam nesta quarta-feira???????

Governo do RN publica edital de concurso público para a Polícia Militar???????

Enfrentando crise financeira, Governo do RN suspende concursos das polícias???????

O MPRN também requer que a Searh instaure novo procedimento de licitação ou de dispensa de licitação para a contratação dos serviços especializados de organização e realização de concurso público. O projeto básico deverá estar de acordo com os parâmetros delineados no mandado de segurança impetrado pelo MPRN junto à vara da 6ª vara da Fazenda Pública de Natal em janeiro deste ano.

A recomendação do MPRN relembra ainda que além da nulidade do procedimento já realizado, a decisão judicial proferida no mandado de segurança impetrado em janeiro imprimiu novos parâmetros para o concurso público da PM, com a exigência de outros requisitos para o ingresso no cargo, como a escolaridade de nível superior e a inclusão da nova etapa de avaliação psicológica.

Leia íntegra da portaria:

PORTARIA Nº 127/2018 – GS/SEARH

O SECRETÁRIO DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO E DOS RECURSOS HUMANOS, no uso das atribuições que lhe confere o artigo 54, inciso XIII, da Lei Complementar Estadual n.º 163, de 06 de fevereiro de 1999, que dispõe sobre a organização do Poder Executivo do Estado Rio Grande do Norte;

CONSIDERANDO a Recomendação nº 2018/0000158092 do Ministério Público do Rio Grande do Norte;

CONSIDERANDO que o Concurso Público referente ao Edital nº 002/2018-SEARH/PM, para provimento de 1.000 vagas do quadro de praças da Polícia Militar encontra-se suspenso, por meio da Portaria nº 029, de 26 de janeiro de 2018;

CONSIDERANDO que é dever da Administração Pública zelar pela legalidade dos seus atos,

RESOLVE:

Art. 1º. Suspender a execução do Contrato Administrativo n.º 31/2017, celebrado entre o Estado do Rio Grande do Norte e o Instituto Brasileiro de Apoio e Desenvolvimento Executivo – IBADE, para organização do concurso público para provimento de postos de Praça da Polícia Militar do Estado do Rio Grande do Norte.

Art. 2º. Instaurar processo administrativo para apurar a regularidade da contratação do Instituto Brasileiro de Apoio e Desenvolvimento Executivo – IBADE.

Art. 3º. Adotem-se, preliminarmente, as seguintes providências:

I – Aute-se a presente portaria, a Recomendação nº 2018/0000158092-MPRN, bem como a cópia do Contrato n.º 31/2017;

II – Expeça-se memorando ao Presidente da Comissão do Concurso, bem como ao Coordenador de Compras Governamentais, a fim de que prestem os esclarecimentos que entenderem necessários.

Art. 3º. Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.

PUBLIQUE-SE.

Gabinete do Secretário de Estado da Administração e dos Recursos Humanos, em Natal/RN, em 04 de maio de 2018.

Tags:

Polícia Militar
Governo
Rio Grande do Norte
concurso público
suspensão
contrato

voltar